Todo fim de ano é a mesma coisa: o planejamento para o ano seguinte se faz necessário e urgente. Mas como ser eficiente nesse ponto? A cada momento a gente se surpreende com novos direcionamentos do mercado, certo? Por isso, ficar de olho nas tendências de marketing para 2023 faz toda diferença.

O segredo também é entendê-las sob a ótica do seu negócio. Afinal de contas, nem toda tendência de marketing precisa ser implementada em sua empresa. Nesse sentido, o conhecimento de seus clientes — como hábitos e preferências — permite que você molde as tendências de mercado a favor do seu público, colhendo melhores resultados.

E-book Grátis

Tendências 2023: um guia completo sobre o que está por vir e como se conectar com seus clientes

Conte-nos um pouco sobre você para acessar o conteúdo

Neste artigo, nós reunimos tanto os novos rumos do marketing para 2023 quanto as tendências que rolaram em 2022, inclusive para redes sociais. Acompanhe para entender o que de fato vai fazer sentido para sua empresa!

As principais tendências de marketing

Já faz algum tempo que estamos vivendo uma verdadeira revolução no mercado de consumo e no comportamento dos consumidores. Empresas e profissionais estão buscando formas de se adaptar a essa nova realidade, e o marketing tem um papel fundamental nesse processo.

As expectativas, objeções e exigências do público estão diferentes, então, as ações e campanhas desenvolvidas pelas empresas precisam estar alinhadas a essa nova realidade para que a marca seja atrativa para o consumidor.

Ao mesmo tempo, é necessário seguir as tendências da própria sociedade e as inovações que estão surgindo. Com o avanço cada vez mais intenso da tecnologia, hoje ela está presente em todos os setores, e o marketing tem nos recursos e nas ferramentas tecnológicas grandes aliados para sua eficiência. A automação e a inteligência artificial são grandes tendências do marketing digital.

Não podemos esquecer, também, que hoje os dados são grandes tesouros, indispensáveis para que as equipes de marketing e vendas consigam ter uma atuação cada vez mais precisa e eficiente.

Mais recentemente, entrou em vigor a Lei Geral de Proteção de Dados, que também transformou o modo como as informações dos clientes são coletadas, manuseadas e armazenadas.

Inclusive, já faz algum tempo que o cenário cookieless está sendo adiado, mas essa é outra nova tendência que vai afetar o marketing. Ela precisa ser considerada nas estratégias futuras, assim como o metaverso, que está ganhando cada vez mais seu espaço e é um ambiente promissor.

Novas gerações e uma nova sociedade

Os valores da sociedade também passaram por uma transformação muito intensa. As questões sociais e ambientais estão sendo cada vez mais debatidas e são de grande relevância para o consumidor escolher as marcas e os produtos para o seu dia a dia.

Gerações a partir dos millenials têm essa característica muito em evidência. São pessoas que se preocupam com a inclusão das minorias e a garantia dos direitos para esses grupos, que estão engajadas com questões relacionadas à preservação do meio ambiente e à sustentabilidade (outro nome para isso é ESG, ou iniciativas nas áreas de Environmental, Social and Governance).

Elas valorizam muito mais a qualidade de vida, a saúde e o bem-estar. Por isso, adotam filosofias como o veganismo e desejam interagir com marcas e consumir produtos que também levantam essas bandeiras, como no caso das práticas de produção que não envolvem testes em animais, prezam por materiais reciclados, utilizam fontes renováveis de energia, empresas que praticam a diversidade e a inclusão, e assim por diante.

Tudo isso mostra para qual lado o marketing digital precisa caminhar, a maneira como as campanhas devem ser elaboradas, a identidade que as marcas precisam construir, a postura que devem adotar e a maneira como conduzir seus processos.

Consumo digital e delivery

O período pandêmico também foi um grande divisor de águas. Antes da pandemia, as pessoas estavam gradativamente aderindo às compras online, mas quando a crise sanitária surgiu, esse processo se intensificou de uma forma muito expressiva.

As empresas tiveram que inovar e se reinventar para atender a uma nova realidade. O marketing digital se tornou uma prioridade, já que as pessoas passaram a utilizar a internet até mesmo para as tarefas e consumos mais básicos.

Com isso, foi preciso também elaborar novas campanhas e ações para atrair esses clientes, investir em um atendimento diferenciado, se preocupar com a captação de dados e informações, além de manter a comunicação com esses clientes no digital. As relações foram transformadas de forma radical, e isso se tornou parte do comportamento e das expectativas do consumidor.

O delivery se destacou e ditou uma nova tendência para o marketing e o setor de vendas: foi preciso direcionar os esforços para evidenciar essa modalidade de serviço.

Tudo isso aponta para as tendências para o marketing 2023. A análise de dados, o chatbot, a inteligência artificial, a hiperautomação e a personalização são algumas das estratégias e das ferramentas que estarão em evidência no ano que vem.

As principais tendências de marketing em 2022

Mais do que gerar lucro para a empresa, os profissionais de marketing precisam estar de olho em movimentos mundiais. É aí que já destacamos a primeira tendência que vigorou em 2022, veja só!

1. Propósito além do faturamento

É claro que o lucro é essencial a qualquer empresa, mas um propósito de marca se faz necessário, além da forma correta de comunicá-lo às pessoas. Essa foi uma tendência de mercado em 2022 apontada pela Deloitte em relatório.

Assim, é preciso que o propósito dos negócios vá além da maximização dos lucros. Então, não só ao time de marketing, mas a toda a empresa, cabe repensar desde a entrega do produto até o engajamento dos funcionários e da comunidade.

A verdade é que marcas de alto crescimento que se comprometem de forma holística com um propósito e refletem as necessidades das partes interessadas estão ganhando uma vantagem competitiva.

Esse cuidado não precisa existir apenas em grandes nomes, como Magazine Luiza ou Natura. Pequenos negócios também podem e devem trabalhar a favor da comunidade em que se inserem, ok?

2. Foco na experiência

A tecnologia de voz tem alterado e muito a jornada dos clientes. Por isso, essa foi uma tendência de marketing em 2022, mas que vem de anos anteriores. E o que muda, agora?

Vale a pena usar dados para personalizar a experiência dos usuários, o que vai trazer um nível maior de satisfação, evitando perdas. Nesse sentido, as empresas devem mostrar que o cliente vai encontrar com elas o que realmente precisa, ou seja, um produto ou serviço desenvolvido para satisfazer necessidades específicas.

Pensando em conteúdos, pilar essencial do Inbound Marketing, é preciso tornar as peças mais diretas e optar por intertítulos com perguntas — que se assemelham ao modo como as pessoas fazem sua busca. Assim, o usuário consegue fazer uma pesquisa sem interromper suas atividades.

3. User-generated Content (UGC)

Em tradução livre, esse é o conteúdo gerado pelo usuário, que pode ser um vídeo, um texto de blog, fotos, comentários, entre outros. O User-generated Content é uma das estratégias de marketing digital grátis que vale a pena usar.

Pense só, se você tem um e-commerce com produtos próprios, é muito interessante deixar um espaço para que seus clientes insiram comentários atestando a eficiência dos itens.

Essa área do site às vezes vale mais do que muitas ações e ainda pode gerar novas peças, seja para as redes sociais ou para campanhas pagas. Por isso, dar voz aos usuários é uma das tendências para negócios em 2022.

Você ainda pode apostar em vídeos ou pedir para que seus clientes contem sobre a experiência com sua solução no blog — essa, inclusive, é uma prática bem comum no setor de tecnologia.

4. Relacionamento via bots

Foi-se o tempo em que as empresas contavam apenas com um setor de atendimento composto por humanos. Veja bem: ele segue sendo necessário, mas você precisa ir além!

Por isso, destacamos mais uma das tendências do marketing em 2022: o relacionamento via bots, que deve estar inserido nas mais diversas camadas da sua empresa. Na página de atendimento e FAQ, ele é crucial, mas isso vai além, viu?

Em uma página de compras, o chatbot pode marcar presença para melhorar as jornadas de compra, otimizando-as e tornando o ciclo de venda mais curto. Ele também tem lugar garantido na página inicial do site e no blog, onde pode indicar leituras que vão acelerar essa jornada.

De qualquer forma, o chatbot precisa do upgrade da inteligência artificial, para que as pessoas sintam que estão falando com pessoas e não desistam da sua marca porque o bot deixa a desejar. O nosso CRM oferece uma ferramenta gratuita para a criação de chatbots.

5. Social selling

tendências de marketing 2023

As redes sociais são uma forma de nos socializarmos, certo? Ainda mais em tempos de pandemia, o aumento do tempo em que ficamos online foi notório. Por isso, a interação nas redes sociais trouxe um upgrade na hora de vender.

Em vez de os vendedores buscarem a todo o custo a venda, encontrando pessoas que têm o perfil de cliente ideal, a venda via redes sociais, ou social selling, parte da compreensão sobre o que engaja essas pessoas. Assim, a marca aumenta sua credibilidade naturalmente.

social selling ressalta uma tendência de marketing digital em 2022 ou qualquer ano: os relacionamentos e o cliente no centro das ações, ok?

6. Marketing interativo

É essencial conhecer seu público — qualquer estratégia de marketing fica mais certeira conforme você tem dados precisos sobre as pessoas. É assim que o marketing interativo desponta como uma das melhores formas de agregar informações.

As peças de marketing interativo são variadas, como quizzes ou assessments, campanhas de e-mail com diversos links clicáveis para melhorar a segmentação, calculadoras, entre outras.

Veja que o marketing interativo se torna uma fonte de first-party data, ou seja, sua empresa se torna detentora das informações sobre os clientes, o que, em tempos de LGPD, também é uma das tendências de marketing para 2022 e além!

As tendências de marketing digital 2022 para redes sociais

Aqui, separamos 3 itens essenciais.

1. Conteúdo gerado por usuário

Mais uma vez, certo? Use vídeos, fotos e depoimentos em suas campanhas para trazer mais proximidade com os clientes. Isso vale para o Instagram ou qualquer rede.

2. Marketing de influência

Escolha influenciadores que fazem sentido para o seu negócio. Mais que quantidade de seguidores, o engajamento é a peça-chave.

3. Bite-sized video content

São vídeos curtos que ensinam algo ao seu usuário. Trabalhe peças que engajem e sejam diretas.

Conheça as principais tendências para 2023

Algumas das tendências de marketing digital que se destacaram em 2022 continuam valendo para 2023. Chegou a hora de você entender quais rumos o segmento vai tomar no ano que vem para definir estratégias mais alinhadas ao seu público e ao seu tipo de negócio. Confira o futuro do marketing e direcione seus esforços e investimentos para o caminho certo.

1. Conteúdo em vídeo

Um estudo realizado pela Kantar Ibope Media mostrou que os brasileiros têm preferência pelo consumo de conteúdos no formato de vídeo. Não é à toa que, em 2021, 63% do investimento publicitário realizado no Brasil foi em conteúdos em formatos de vídeo.

No que diz respeito ao marketing digital, a tendência mostra que agora os vídeos curtos estão mais em alta. Antes, as pessoas disponibilizavam em média 18 minutos para os conteúdos de vídeo, mas a partir de 2020 a disposição para ver se tipo conteúdo reduziu para cerca de 7 a 10 minutos.

De toda forma, os vídeos precisam fazer parte das suas ações de marketing em 2023. Só em 2021, os internautas gastaram 740 milhões de horas navegando por aplicativos que oferecem esse tipo de conteúdo.

Esse grande crescimento já era de se esperar, uma vez que a internet é um ambiente dinâmico e os vídeos oferecem essa praticidade e o entretenimento que as pessoas estão buscando. São conteúdos mais fáceis de consumir em comparação com os textos.

2. Marketing responsivo

Não é novidade que marcas e empresas precisam apostar em um design responsivo na hora de criar os seus próprios sites. Não podemos ignorar que o uso de dispositivos móveis tem predominado, mas as telas maiores também continuam sendo utilizadas.

É por isso que para o marketing digital 2023 existe uma preocupação crescente com a responsividade, para que seja possível responder de uma forma rápida e adequada para os usuários, independentemente do meio que eles escolheram para interagir com os conteúdos.

Porém, não se trata de apenas ter um layout responsivo no site ou no blog. Precisamos considerar a responsividade do conteúdo em si, que envolve a maneira como o texto é oferecido. Ele também precisa estar sempre bem visível, com uma hierarquização que possa ser identificada sem dificuldades em diferentes dispositivos. A tipografia, por sua vez, deve garantir a adaptação à tela.

Imagens e vídeos são mais dois detalhes que precisam ser pensados para que seja possível redimensionar conforme a apresentação selecionada. Até mesmo o modo como a Call to Action (CTA) é criada deve considerar a adaptação em diferentes dispositivos, inclusive, pensando tanto no mouse quanto nos dedos como métodos de input interativo.

3. Microinfluenciadores

A tendência dos influenciadores não desapareceu, mas passou por algumas mudanças entre os conceitos de marketing que vão vigorar em 2023. Agora, a grande sacada é a aposta nos microinfluenciadores.

A parceria com grandes influenciadores já foi a estratégia principal para muitas marcas e continua sendo em várias delas. Mas em vez de tentar influenciar um número alto de pessoas, a tendência para 2023 é aproveitar a identificação que o público tem com pessoas comuns, digamos assim.

O público deseja se conectar com pessoas que parecem gente da gente; aquelas que passam uma mensagem mais sincera e verdadeira, que vivenciam a realidade do dia a dia e não são figuras intocáveis com uma vida que parece impossível de alcançar.

O segredo não é agradar o grande público, mas sim a persona, fazendo com que ela se identifique com esses microinfluenciadores para que a sua marca passe valor para ela.

4. Marketing de podcast

Você já deve ter percebido que os cortes de podcast invadiram as redes sociais. É claro que agora isso também se tornou uma das ferramentas de marketing para 2023, e você pode apostar nesse segmento que não para de crescer.

O podcast é uma forma de alcançar novos públicos e expor marcas. Se tornou uma tendência porque se trata de um conteúdo que é fácil de ser consumido, já que o usuário pode apenas escutar.

O marketing de podcast funciona muito bem porque as ações não exigem que o usuário mantenha muita concentração, como deve acontecer em outros canais. Isso em falar que não é preciso fazer um investimento muito grande para a produção desse tipo de conteúdo.

5. TikTok

O TikTok foi uma grande explosão e mostrou que veio para mudar a forma como os conteúdos em vídeo são criados. Como você viu, existe uma tendência entre os usuários de consumir vídeos mais curtos, e é por isso que o TikTok decolou.

Em 2021, ele foi o aplicativo mais baixado e somou mais de 1 bilhão de usuários ativos em todo o mundo. Embora o montante seja menor do que o do Facebook e do Instagram, o engajamento dos usuários no aplicativo é muito maior.

Em 2022, a realidade não mudou. O Tik Tok continuou sendo o aplicativo mais baixado em todo o mundo. No primeiro trimestre do ano, foram 175 milhões de downloads. Em fevereiro do mesmo ano, foi anunciado que os vídeos postados na plataforma teriam uma duração ampliada para até 10 minutos, aumentando ainda mais a sua concorrência em relação ao YouTube.

Tudo aponta para ainda mais sucesso, e é por isso que essa rede social é uma forte tendência para o marketing digital 2023.

6. Personalização

Dados e informações estão se mostrando cada vez mais valiosos, não somente para a geração de leads, mas também para oferecer uma experiência diferenciada para o consumidor, com um atendimento que alcança suas expectativas.

Com o uso da inteligência artificial, por exemplo, é possível personalizar essas experiências identificando as preferências de cada um dos usuários. Isso garante um engajamento ainda maior em sites ou aplicativos, e até mesmo nas redes sociais.

A automação e a omnicanalidade podem contribuir para oferecer uma experiência personalizada, já que permitem uma comunicação mais clara e a identificação de cada um dos usuários.

O importante é não esquecer que pessoas desejam ser tratadas como pessoas, querem ser reconhecidas e ter suas necessidades atendidas de uma forma individual. Portanto, personalize e personalize para atrair, cativar e fidelizar o público.

7. Diversidade

A diversidade é um tema em alta no mercado de trabalho. As empresas têm cada vez mais percebido a importância de criar times de profissionais com diferentes perfis para obter resultados ainda melhores para seus produtos e serviços. Inclusive, métricas têm sido adotadas pelas organizações para monitorar o seu próprio quadro de colaboradores e verificar se ele preza ou não pela diversidade.

Mas não é somente na oferta de vagas de trabalho que existe essa tendência. O marketing precisa considerar a pluralidade em 2023 porque essa é uma bandeira que tem sido levantada na sociedade atual.

O objetivo é fazer com que as pessoas se identifiquem com uma determinada marca ou produto, então, precisamos ter uma abordagem que permita alcançar indivíduos com diferentes perfis.

Outro detalhe muito importante é a acessibilidade digital. Ela ainda não é praticada pela maioria das empresas, mas precisa ser colocada em pauta, já que no Brasil existem 17,3 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência. São 6,5 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência visual severa, o que interfere na sua interação com os conteúdos digitais.

É importante considerar ainda outras condições, como as deficiências auditivas, a dislexia e a epilepsia. Tudo isso implica no modo como será construído o conteúdo oferecido para o público, atendendo uma diversidade maior de usuários.

Agora que você está por dentro das tendências de marketing para 2023, é o momento de entender quais delas fazem sentido para sua empresa. Assim, você pode colocar a mão na massa e fazer o seu negócio crescer!

Essa tarefa vai ficar mais simples se você aprender um pouco mais sobre hiperautomação com este e-book gratuito que preparamos. Faça o download gratuito!

tendências 2023

 tendências 2023

Originalmente publicado 15/11/2022 07:00:00, atualizado Novembro 15 2022

Temas:

Estratégias de Marketing