Podemos dizer que não é mais questionável a importância de uma empresa ter um site de vendas dos seus produtos e serviços. Ainda mais após a pandemia por conta da COVID-19 — as categorias de bem de consumo chegaram a ter suas vendas dobradas.

Avalie seu site com nossa ferramenta gratuita.

Mas mesmo antes do fechamento do comércio por conta do Coronavírus, as compras por sites de vendas já apresentavam crescimento no Brasil. E, apesar de compras online ser algo relativamente novo seus números são bastante impressionantes.

De acordo com o estudo Webshoppers da Ebit, em 2019 o comércio eletrônico cresceu 16% em relação ao ano anterior. As transações online resultaram, no Brasil, em um faturamento de R$61,9 bilhões.

Se a sua empresa não tem um site de vendas — ou está precisando fazer uma reformulação — siga a leitura do artigo. Mostraremos a você os motivos que reforçam a importância de possibilitar a compra online a seus clientes, além de um passo a passo para criar um site de vendas de sucesso.

Porquês de investir em um site de vendas

Os dados apresentados anteriormente comprovam algo que é muito falado: a mudança de comportamento do consumidor. O acesso a informações, hoje, é instantâneo e isso tem impacto direto na forma como consumimos bens e serviços.

A jornada do comprador inicia, em sua maioria, na internet. A mesma pesquisa da Ebit revela que as redes sociais e os sites de buscas são os principais pontos de partida para a realização de compras online.

Além disso, o universo digital é uma excelente vitrine para sua marca, produtos e serviços. Afinal, de qualquer lugar do mundo, sete dias da semana, vinte e quatro horas por dia, as pessoas podem encontrar seu site de vendas e, claro, realizar uma compra. Em outras palavras, isso significa que você tem maior visibilidade.

O desenvolvimento de estratégias e ações digitais de um negócio pode ser acompanhado em tempo real. Dados sobre quantos acessos têm o seu site de vendas, receita gerada, quais os produtos são mais desejados, como os usuários estão respondendo à anatomia de design do seu site, são facilmente obtidos.

Caso algo não esteja indo conforme o planejado, as mudanças podem ser feitas rapidamente. Outra vantagem do digital, e que você já conhece, que é a capacidade de fazer alterações e testes a fim de obter melhores resultados.

Por último, mas não menos importante, vivemos uma severa crise econômica mundial. Manter um ponto de venda físico requer um grande investimento e seu custo recorrente de manutenção é alto. Enquanto na internet, é possível colocar no ar um site de vendas com um investimento relativamente baixo.

Convencido a desenvolver sua presença digital e vendas online, vamos a um passo a passo completo para criar o seu site vendas.

Um bom site de vendas deve ser pensado levando em consideração fatores sobre o mercado, seu público e, claro, ferramentas tecnológicas. Por isso, para ajudar você nesse processo criamos um passo a passo completo. Confira!

1. Defina o seu nicho de mercado

O seu site é um canal de comunicação com o público. Por isso é preciso, antes de qualquer coisa, entender para quem você deseja vender. É importante ir além da definição do seu público-alvo e construir a sua persona. Assim, será possível deixar a linguagem de acordo com esse perfil.

Mesmo que a empresa já atue no offline — com pontos de venda físico — é essencial entender se o público que você atingirá com o site de vendas é o mesmo da loja física. Ademais, essa compreensão também auxiliará na escolha da melhor plataforma de vendas, investimento em mídia paga e a seleção de produtos e serviços a serem vendidos virtualmente.

2. Faça um estudo de mercado

Quando um empreendedor decide abrir uma loja em um shopping ou em um endereço específico é comum a realização de uma pesquisa de mercado para avaliar as possibilidades de investimento, uma vez que o valor é alto. No virtual, os custos para o site de vendas começar a sua operação são menores. Mas não é por isso que não é importante fazer um estudo de mercado.

Nessa etapa da criação de um site de vendas é importante identificar, primeiro, os seus concorrentes e quais os produtos que são oferecidos por eles. Bem como os respectivos valores cobrados.

Se você está começando uma nova empresa é importante ver se há demanda para a sua futura oferta. Para isso, é interessante usar ferramentas de busca de palavras-chave, como o Google Trends.

Durante o estudo de mercado também busque entender quais são os canais de comunicação usados pelo seu público. Assim você entende se é interessante ter presença nas redes sociais e quais delas podem trazer mais retorno ao seu negócio.

3. Escolha o tipo de site

Você pode tanto desenvolver o seu próprio site do zero, quanto utilizar alguma plataforma de hospedagem e gerenciamento do conteúdo. Ou ainda fazer apenas uma página de vendas com um formulário para obter os dados dos interessados em ser seu cliente. Essa última opção é indicada para quem presta serviços.

Para fazer a escolha de qual caminho seguir é preciso levar em consideração, principalmente, o budget que você tem.

O funcionamento do fluxo de recebimento dos pedidos de compra, processo de pagamento e acompanhamento até a entrega precisam ser considerados na definição de uma plataforma de hospedagem ou ter atenção redobrada na hora do desenvolvimento do site pelo seu time de TI.

4. Atente-se a experiência do usuário

Experiência do cliente é muito importante para o sucesso e crescimento de uma empresa. Por isso, o template escolhido tem que conversar com a sua persona e facilitar o processo de tomada de decisão, comparação de preços e produtos.

O processo de pagamento, oferecer cupons de desconto e reduzir o número de cliques para finalizar a compra são fatores que garantem uma boa experiência do seu cliente. Como excelente exemplo disso, temos a Amazon, em que é possível comprar com apenas um clique.

Quanto mais você conhecer a sua persona, mais informações você terá para trabalhar a fim de fazer a entrega de uma excelente experiência.

5. Otimize o SEO do seu site de vendas

A otimização de SEO garante uma maior visibilidade do seu site de vendas na internet. Afinal, hoje, o Google tem a função “Shopping” que usa técnicas de SEO para rankear produtos buscados pelos seus usuários.

Então, garanta que o nome cadastrado e a descrição dos seus produtos estejam otimizadas. O SEO também deve ser trabalhado com a linkagem interna e externa para seu site de vendas.

Como o CMS da HubSpot pode te ajudar

A criação de uma boa experiência dos seus clientes de forma simples e rápida está diretamente relacionada a plataforma que você usa para gerenciar o seu site de vendas. Sabendo disso, a HubSpot criou o CMS Hub, que é um sistema de gestão de conteúdo de sites.

Os usuários conseguem fazer otimizações de SEO, personalizar os temas sem a necessidade de acionar a equipe de TI. Além da parte criativa, o CMS Hub também disponibiliza uma série de relatórios para acompanhamento e análise da performance do site, conteúdos e campanhas da sua empresa no digital.

Se você está buscando uma plataforma como essa, você pode conhecer o CMS Hub. É só fazer a solicitação de demonstração gratuita e começar a criar o seu site de vendas agora mesmo.

website-grader

Originalmente publicado 6/ago/2020 12:32:47, atualizado Agosto 06 2020

Temas:

Inside Sales