Já não é mais novidade que uma empresa deve ter um site de vendas para promover os seus produtos e serviços, certo? Afinal, com as mudanças nos hábitos dos consumidores, a presença online virou uma premissa fundamental de quem quer alcançar bons resultados no seu negócio.

Para você ter uma ideia melhor da importância das vendas online, em 2021, o e-commerce brasileiro apresentou um crescimento de 27%, em comparação ao ano anterior. Isso representou um faturamento de R$ 161 bilhões e a expectativa é de que essa tendência de alta se mantenha em 2022.

Saiba quais são os indicadores de performance de vendas que você precisa  acompanhar!

Diante dessa perspectiva, se a sua empresa não tem um site de vendas — ou está precisando fazer uma reformulação — siga a leitura do artigo. Nele, mostraremos os motivos que reforçam a importância de possibilitar a compra online aos seus clientes. Além disso, apresentaremos um passo a passo para criar um site de vendas de sucesso e algumas dicas de como vender em outros canais. Vamos lá?

Veja os motivos para investir em um site de vendas

Os dados apresentados anteriormente comprovam algo que é muito falado: a mudança de comportamento do consumidor. O acesso a informações, hoje, é instantâneo e isso tem impacto direto na forma como consumimos bens e serviços.

A seguir, apresentamos algumas razões para você investir em um site de vendas no seu negócio. Acompanhe!

Jornada de compra

jornada do comprador se inicia, em sua maioria, na internet. Em geral, as redes sociais e os sites de buscas são os principais pontos de partida para a realização de compras online.

Se o seu negócio não está presente nos canais digitais, você perderá inúmeras oportunidades de vendas. Isso porque o potencial cliente poderá não ter conhecimento sobre os produtos ou serviços oferecidos pela sua empresa, o que inviabiliza qualquer acordo.

Visibilidade

O universo digital é uma excelente vitrine para a sua marca, produtos e serviços. Afinal, de qualquer lugar do mundo, sete dias da semana, vinte e quatro horas por dia, as pessoas podem encontrar o seu site de vendas e, claro, realizar uma compra.

Em outras palavras, isso significa que você tem maior visibilidade e isso, por si só, já é uma grande vantagem de ter um site de vendas.

Acompanhamento de métricas

O desenvolvimento de estratégias e ações digitais de um negócio pode ser acompanhado em tempo real. Dados sobre quantos acessos tem o seu site de vendas, a receita gerada, quais os produtos são mais desejados e como os usuários estão respondendo à anatomia de design do seu site são facilmente obtidos.

Dessa forma, você consegue entender rapidamente quais são as estratégias que estão tendo bons resultados e quais devem ser evitadas no seu negócio.

Facilidade para realizar mudanças

Caso algo não esteja indo conforme o planejado, as mudanças podem ser feitas rapidamente. Outra vantagem do digital, e que você já conhece, é a capacidade de fazer alterações e testes a fim de aumentar as vendas e, assim, obter melhores resultados.

Em uma loja física, por exemplo, você não tem tanta flexibilidade para realizar mudanças sem impactar a rotina dos vendedores ou consumidores. Por isso, elas devem ser planejadas com cuidado para não criar transtornos na sua empresa.

Custos reduzidos

Por último, mas não menos importante, vivemos uma severa crise econômica mundial. Manter um ponto de venda físico requer um grande investimento e seu custo recorrente de manutenção é alto. Enquanto na internet é possível colocar no ar um site de vendas com um investimento relativamente baixo.

Relacionamento com os clientes

Quando você tem um site de vendas, deve produzir conteúdos relevantes e que eduquem a sua audiência. Com isso, as pessoas começam a confiar na sua marca, o que contribui para a melhoria no relacionamento com os clientes. Além disso, o seu negócio começa a ganhar autoridade e passa a ser visto de maneira positiva no mercado.

Diante dessas razões para investir em um site de vendas, você já está convencido a desenvolver a presença digital do seu negócio? Se a resposta for sim, continue a leitura para conhecer um passo a passo de como criar a sua página e, assim, alcançar bons resultados.

Um bom site de vendas deve ser pensado considerando fatores sobre o mercado, seu público e, claro, ferramentas tecnológicas. Por isso, para ajudar você nesse processo, criamos um passo a passo completo. Confira!

1. Defina o seu nicho de mercado

O seu site é um canal de comunicação com o público. Por isso, é preciso, antes de qualquer coisa, entender para quem você deseja vender. É importante ir além da definição do seu público-alvo e construir a sua persona. Assim, será possível deixar a linguagem de acordo com esse perfil.

Mesmo que a empresa já atue no offline — com pontos de venda físicos — é essencial entender se o público que você atingirá com o site de vendas é o mesmo da loja física. Ademais, essa compreensão também auxiliará na escolha da melhor plataforma de vendas, investimento em mídia paga e a seleção de produtos e serviços a serem vendidos virtualmente.

2. Faça um estudo de mercado

Quando um empreendedor decide abrir uma loja em um shopping ou em um endereço específico, é comum a realização de uma pesquisa de mercado para avaliar as possibilidades de investimento, uma vez que o valor é alto. No virtual, os custos para o site de vendas começar a sua operação são menores. Mas não é por isso que não é importante fazer um estudo de mercado.

Nessa etapa da criação de um site de vendas é importante identificar, primeiro, os seus concorrentes e quais os produtos oferecidos por eles. Além disso, é importante saber os respectivos valores cobrados.

Se você está começando uma nova empresa é importante ver se há demanda para a sua futura oferta. Para isso, é interessante usar ferramentas de busca de palavras-chave, como o Google Trends.

Durante o estudo de mercado, também busque entender quais são os canais de comunicação usados pelo seu público. Assim, você entende se é interessante ter presença nas redes sociais e quais delas podem trazer mais retorno ao seu negócio.

3. Escolha o tipo de site

Você pode tanto desenvolver o seu próprio site do zero quanto utilizar alguma plataforma de hospedagem e gerenciamento do conteúdo. Ou ainda fazer apenas uma página de vendas com um formulário para obter os dados dos interessados em ser seu cliente. Essa última opção é indicada para quem presta serviços.

Para fazer a escolha de qual caminho seguir é preciso considerar, principalmente, o budget que você tem.

O funcionamento do fluxo de recebimento dos pedidos de compra, processo de pagamento e acompanhamento até a entrega precisam ser considerados na definição de uma plataforma de hospedagem ou ter atenção redobrada na hora do desenvolvimento do site pelo seu time de TI.

4. Considere a experiência do usuário

A experiência do cliente é muito importante para o sucesso e crescimento de uma empresa. Por isso, o template escolhido tem que conversar com a sua persona e facilitar o processo de tomada de decisão, comparação de preços e produtos.

O processo de pagamento, o oferecimento de cupons de desconto e a redução do número de cliques para finalizar a compra são fatores que garantem uma boa experiência para o seu cliente. Como excelente exemplo disso, temos a Amazon, em que é possível comprar com apenas um clique.

Quanto mais você conhecer a sua persona, mais informações você terá para trabalhar e, com isso, é possível fazer a entrega de uma excelente experiência.

5. Otimize o SEO do seu site de vendas

A otimização de SEO garante a mais visibilidade do seu site de vendas na internet. Afinal, hoje, o Google tem a função “Shopping”, que usa técnicas de SEO para ranquear produtos buscados pelos seus usuários.

Então, garanta que o nome cadastrado e a descrição dos seus produtos estejam otimizados. O SEO também deve ser trabalhado com a linkagem interna e externa para o seu site de vendas.

Crie, edite e gerencie o seu site com o CMS Hub!

Conheça outros canais que podem ser usados e integrados

Agora que você já sabe como criar um site de vendas, é importante conhecer outros canais que podem ajudar a impulsionar os seus resultados. Acompanhe!

Redes sociais

No mundo, mais de 4,6 bilhões de usuários acessam as redes sociais regularmente. Com base nessa informação fica fácil entender por que a sua empresa deve estar presente nessas mídias para impulsionar as vendas.

Portanto, verifique quais são as redes que fazem mais sentido para o seu negócio e desenvolva uma estratégia efetiva. Além disso, não deixe de linkar o perfil do seu negócio para o site de vendas e, assim, ter maior alcance e visibilidade dos seus produtos ou serviços.

Outra dica importante é que, para ter sucesso nesse canal de vendas, você deve adotar algumas estratégias como:

  • criar conteúdos de qualidade;
  • responder às dúvidas dos clientes;
  • ter uma identidade visual;
  • investir em campanhas;
  • usar fotos que despertem o interesse do público.

Além disso, faça um planejamento das suas publicações e crie um calendário de postagens para que os seus seguidores tenham sempre conteúdos relevantes para acompanhar e, assim, se sintam motivados a se engajar com a sua página.

Afinal, se você não tiver periodicidade nos seus posts, dificilmente o seu perfil terá uma audiência engajada.

E-mail marketing

Muitas pessoas acreditam que o e-mail marketing é uma estratégia de vendas que ficou no passado. Porém, isso não é verdade. Afinal, por meio desse canal, você consegue nutrir uma lista de potenciais clientes que podem ser direcionados para o seu negócio, aumentando as possibilidades de vendas.

Para ter uma boa estratégia de e-mail marketing, você deve adotar ações como:

  • construir uma lista de e-mails, a partir de técnicas para captar mailing como landing pages e pop-ups, por exemplo;
  • definir uma boa estratégia de comunicação, que deve considerar aspectos como o público do negócio e a linguagem adequada;
  • criar um bom template para que os usuários consigam identificar a sua empresa e o conteúdo oferecido facilmente;
  • investir em ferramentas de automação de e-mail marketing para que os conteúdos sejam disparados automaticamente para a sua base de leads.

Ao adotar essas ações, você consegue direcionar o público para o seu site de vendas e, com isso, impulsionar os seus resultados.

Marketplaces

Atualmente, existem os marketplaces, que são plataformas em que você pode cadastrar os produtos ou serviços oferecidos pela sua empresa e, assim, impulsionar as suas vendas.

Porém, para garantir que o seu negócio seja encontrado pelos usuários dessas plataformas, você deve adotar ações como:

  • ter preços competitivos;
  • fazer uma boa apresentação dos seus produtos, com fotos interessantes e descrições detalhadas;
  • ter uma boa categorização dos itens, para que os consumidores consigam encontrar os seus produtos com facilidade.
  • conquistar boas avaliações dos clientes, pois muitos consumidores consideram essas opiniões antes de finalizar uma compra online.

Enfim, independentemente dos canais de vendas utilizados pela sua empresa, é importante que sejam integrados para proporcionar uma boa jornada de compra para o consumidor e garantir um maior nível de satisfação com o seu negócio.

Google Ads

O Google Ads também é uma das estratégias de vendas que você pode utilizar no seu negócio. Por meio de anúncios em outros sites, e nas redes de display ou de pesquisa você pode fazer com que os seus produtos ou serviços apareçam para o público certo e consiga impulsionar as suas vendas.

Porém, para garantir maior sucesso na sua taxa de conversão, você deve adotar algumas ações. Veja:

  • definir métricas de vendas para acompanhar as estratégias como taxa de cliques, taxa de conversão, custo por clique, entre outras;
  • usar a palavra-chave no título do anúncio, afinal é por meio desse termo que o seu site pode ser encontrado, além de utilizar frases de venda;
  • direcionar o público para a página certa com bons argumentos de vendas, pois, caso contrário, pode gerar frustração e perda de vendas;
  • usar o customer match, que nada mais é que fazer o upload de uma lista de e-mails de pessoas que já interagiram com a sua marca e, portanto, têm maiores possibilidades de conversão.

Como você pode ver existem diversos canais de vendas que podem ser utilizados para impulsionar as vendas do seu negócio. O ideal é escolher aqueles que fazem mais sentido para a sua empresa e adotar as estratégias mais eficientes para alcançar melhores resultados.

Conheça o CMS Hub

Descubra como integrar os canais de vendas da sua empresa

Agora que você já sabe como criar um site de vendas e quais são os diferentes canais que podem ser utilizados na sua empresa, é importante saber como fazer a integração dessas estratégias para garantir uma boa experiência de compra.

E é aí que vem a importância da adoção de uma estratégia multicanal. Por meio do seu uso, é possível combinar múltiplos canais de interação e suporte aos clientes.

Para você ter uma ideia da sua relevância, cerca de 72% dos consumidores fazem pesquisas nas lojas físicas antes de finalizarem a compra no ambiente virtual. Dessa forma, se a experiência em um canal for completamente diferente da outra, é possível que o cliente fique insatisfeito com a sua empresa e, na pior das hipóteses, ainda passe a ser um detrator da sua marca.

Por isso, é importante que você tenha uma boa integração entre os canais de vendas do seu negócio. Para isso, você pode investir em ferramentas especializadas como o HubSpot CRM.

Veja algumas dicas de como implementar um bom processo de vendas

Para implementar um processo de vendas eficiente no seu negócio, seja online ou off-line, você deve adotar alguns passos. A seguir, apresentamos os principais. Acompanhe!

Defina o processo

Ter um processo bem definido é essencial para a sua empresa. Afinal, os trabalhos das equipes de diferentes setores, como marketing e vendas, devem estar alinhados para que tudo funcione da maneira esperada.

Por exemplo, o time de marketing deve desenvolver estratégias para impulsionar o resultado da área de vendas. Caso não tenha um alinhamento entre esses setores, o seu processo pode estar defasado ou com algumas lacunas que podem estar prejudicando a sua eficiência.

Para evitar que isso aconteça, você deve definir com clareza todas as ações que devem ser adotadas em cada etapa da jornada de compra dos seus clientes. Além disso, não deve esquecer do pós-vendas, que costuma ser negligenciado por muitas empresas. Isso tudo levando em consideração tanto a experiência no seu site de vendas quanto no seu ponto físico, se houver.

Use ilustrações

Você sabia que a aprendizagem é potencializada por meio de estímulos visuais? Isso mesmo! Por isso, é importante utilizar representações esquemáticas do seu sales process para que todos os colaboradores compreendem exatamente quais são as suas etapas, bem como quais são os times responsáveis por cada uma.

Dessa forma, é possível compartilhar todos os objetivos com a equipe e fazer com que todos adotem ações para alcançá-los.

Faça treinamentos

A realização de treinamentos constantes é fundamental em qualquer negócio. Afinal, durante esses momentos são compartilhados aprendizados e experiências que facilitam (e muito!) a rotina dos colaboradores de qualquer setor da sua empresa, do Sales Operations até o Financeiro.

Portanto, se o seu empreendimento tem um ponto físico, um site de vendas ou os dois, você não pode deixar de investir em capacitações. Nesse aspecto, o Sales Enablement é fundamental. Além da aprendizagem, esses encontros são fundamentais para o conhecimento das tendências do mercado, de novas técnicas de vendas, das ferramentas que serão utilizadas e para garantir o maior alinhamento entre os seus colaboradores.

Invista em ferramentas especializadas

O uso de ferramentas especializadas e que oferecem um dashboard de vendas, além de facilitar a rotina dos seus colaboradores e aumentar a produtividade da sua empresa, ajuda na padronização e na maior eficiência do seu processo de vendas.

Uma das soluções que você pode utilizar é um CRM (Customer Relationship Management). Por meio do uso de ferramentas como essa, você pode centralizar todas as informações dos seus leads em um só lugar e, a partir daí, fazer projeção de vendas e definir quais são as melhores estratégias que devem ser adotadas em cada etapa do processo. Com isso, o seu negócio só tem a ganhar.

Além disso, se você tem um site de vendas, saiba que investir em um CMS (Content Management System) pode fazer toda a diferença. Afinal, essa ferramenta permite que você mantenha a sua página no ar e alcance boa performance, sem a necessidade de contar com uma equipe de TI. Interessante, não?

Saiba como o CMS da HubSpot pode ajudar o seu negócio

A criação de uma boa experiência para os seus clientes de forma simples e rápida está diretamente relacionada à plataforma que você usa para gerenciar o seu site de vendas. Sabendo disso, a HubSpot criou o CMS Hub, que é um sistema de gestão de conteúdo de sites completamente integrado com o nosso CRM e os outros recursos da HubSpot.

Os usuários conseguem fazer otimizações de SEO e personalizar os temas sem a necessidade de acionar a equipe de TI. Além da parte criativa, o CMS Hub também disponibiliza uma série de relatórios para acompanhamento e análise da performance do site, conteúdos e campanhas da sua empresa no digital.

Como você pode perceber, ter um site de vendas é fundamental para os negócios que têm o objetivo de se destacar dos concorrentes e alcançar bons resultados. Porém, para garantir uma boa performance na sua página, é importante adotar as estratégias adequadas, acompanhar as tendências do mercado e investir em ferramentas especializadas, como as da HubSpot.

Se você está em busca de melhores resultados no seu negócio, você pode conhecer o CMS Hub e começar a usar essa ferramenta na sua empresa. É só fazer a solicitação de demonstração gratuita e começar a criar o seu site de vendas agora mesmo. Até a próxima! Nova chamada à ação

 GET HERE

Originalmente publicado 27/mai/2022 6:30:00, atualizado Maio 27 2022

Temas:

Estratégia de Vendas