22 min remaining

O que é a geração de leads?

Indiscutivelmente, os leads são a base do seu negócio. Se ninguém está interessado nas informações que você divulgou, se você não tem ninguém na sua lista de e-mail, se você não tem pessoas fazendo fila para comprar seu produto ou serviço, dá para dizer que você tem um negócio? Não exatamente.

É a parte de aquisição de leads que requer uma certa estratégia. Então, como você deve fazer isso?

A verdade é que existem muitas maneiras de gerar leads para a sua empresa: formulários de inscrição, eventos ao vivo, campanhas por e-mail, mídias sociais etc. A lista vai além. A publicidade paga é uma maneira de gerar leads, bem eficiente, por sinal (se executada do jeito certo). Os anúncios de cadastro do Facebook oferecem uma maneira de fazer publicidade para o seu público em dois dos sites de mídia social mais populares: Facebook e Instagram.

Os anúncios de cadastro do Facebook não precisam ser a única plataforma a ser utilizada para a sua estratégia paga, mas explicaremos mais adiante por que você não deve deixá-los de fora.

Este guia mostra como configurar e otimizar seus anúncios de cadastro do Facebook, fornece algumas técnicas de direcionamento de público e dá exemplos de anúncios pagos eficazes que você pode seguir.

Vamos começar com uma definição simples de lead e uma visão geral da geração de leads.

O que é um lead?

Um lead é um cliente em potencial que expressou algum interesse na sua empresa, produto ou serviço ao concluir uma ação. Essa ação pode ser o preenchimento de um formulário de inscrição, uma pessoa que vem falar com você em um evento ou alguma outra forma de envolvimento. O que os designa como um lead é que eles oferecem explicitamente suas informações pessoais (por exemplo, nome, e-mail, número de telefone etc.) a você em troca de algumas informações valiosas.

Os fundamentos da geração de leads

Se os leads são pessoas que expressam interesse no seu produto ou serviço, a geração de leads é o processo de atrair e converter visitantes em leads.

Para nós, profissionais de marketing, isso significa encontrar maneiras de obter leads em potencial interessados em nossos produtos e serviços. Sabemos que gerar leads não é ficar disparando mensagens sobre o produto para o mundo. Em vez disso, encontrar leads significa fornecer ao seu público ferramentas e informações úteis e relevantes para ajudá-los a resolver problemas, ou seja, problemas que seu produto pode resolver. Quando você faz isso, atrai leads de qualidade que provavelmente acabarão se tornando seus clientes.

Pense nisso em termos de um ciclo.

 inbound-methodology-flywheel

 

Seus prospects vão passar por um processo conhecido como a jornada do comprador, que consiste em três fases que acabam resultando em um novo cliente.

  1. A fase um, ou estágio de conhecimento, é quando você atrai estranhos para a sua empresa fornecendo conteúdo útil.
  2. A fase dois, ou estágio de consideração, é quando esses estranhos começam a gostar de você, a confiar em você com o tempo e, por fim, convertem-se em leads.
  3. A fase final, o estágio de decisão, desenvolve-se à medida que você cultiva seu relacionamento com os leads até que eles se tornem seus clientes.

É útil ter a jornada do comprador em mente ao configurar seus anúncios de cadastro do Facebook.

Agora que já abordamos o ciclo de vida do cliente, vamos falar sobre como você consegue leads.

Como conseguir leads

A maneira mais tradicional de conseguir leads é por meio de um formulário de lead no site, que coleta informações do interessado em troca de algo de valor. Um formulário de lead é simplesmente uma maneira de coletar informações, como um endereço de e-mail, nome, número de telefone ou informações de contato; geralmente, é algo assim:

lead-form-facebook-lead-ads

Esta é uma versão simples de um formulário de lead; o seu pode ter mais alguns campos. Independentemente disso, a prática de usar formulários de lead é bem simples. Veja um exemplo de como isso funciona na HubSpot.

Confira nosso criador de formulários, desenvolvido para gerar leads.

Primeiro, criamos um conteúdo incrível para usar como uma oferta que os leads em potencial podem querer ler. Por exemplo, um modelo de SEO na página. Sempre buscamos um conteúdo que seja bem sincronizado com um segmento de nosso público-alvo; neste exemplo, profissionais de marketing digital que desejam usar estratégias de SEO para impulsionar a demanda por seus negócios.

oferta de geração de leads

Em seguida, criamos uma página de destino onde o conteúdo fica centralizado. Nela, o usuário envia informações por meio de um formulário para receber a oferta.

formulário de lead

Depois que o usuário envia seu nome e endereço de e-mail, esses dados são armazenados em nossa ferramenta de gerenciamento de relacionamento com o cliente (CRM), o que nos permite enviar informações mais relevantes e qualificá-las para nossa equipe de vendas, se aplicável.

Os formulários de lead são uma prática padrão. Você pode usá-los em qualquer lugar para gerar leads, até em sites de mídia social, o que nos leva aos anúncios de cadastro do Facebook.

Saiba mais sobre a geração de leads.

Por que fazer o direcionamento de leads no Facebook?

Como profissionais de marketing, nosso trabalho é conhecer pessoas onde elas passam seu tempo e não o contrário. O Facebook tem 2,32 bilhões de usuários ativos diariamente, o que significa que seus clientes em potencial provavelmente estão ativos na plataforma.

Com tantas pessoas usando o Facebook e interagindo nele todos os dias, o site social é um ótimo espaço on-line para você gerar leads organicamente ou por meio de promoções pagas, o que torna o marketing no Facebook ideal para conseguir leads.

 

O que são os anúncios de cadastro do Facebook?

Em um caminho de conversão de geração de leads tradicional, os usuários são direcionados para uma página de destino onde preenchem um formulário. Eles podem ter primeiro interagido com suas informações através de um anúncio ou publicação no Facebook, por exemplo, e depois, para inserir suas informações, tiveram de sair do Facebook para ir para a página de destino no seu site.

Esse método pode ser ótimo para encontrar leads de alta qualidade, pois você atrai pessoas dispostas a deixar o que estão fazendo para preencher um formulário e obter sua oferta. Mas, e se a pessoa estiver apenas ligeiramente interessada na sua oferta, o que pode ser o caso se for a primeira vez que ela ouviu falar de você ou sobre você? Ela pode não querer sair do Facebook apenas para preencher o seu formulário.

É aí que entram em cena os anúncios de cadastro do Facebook.

Os anúncios de cadastro do Facebook possibilitam que os usuários permaneçam na plataforma para enviar seu formulário de lead. Em vez de enviar os usuários para uma página de destino externa, os prospects podem acessar sua oferta sem sair do aplicativo do Facebook, o que é fundamental para aumentar as conversões.

Isso significa que você pode capturar informações de leads da plataforma do Facebook e evitar o desconforto de um caminho de clique mais longo para o usuário.

Como os anúncios de cadastro do Facebook funcionam?

Os anúncios de cadastro do Facebook funcionam de forma semelhante a qualquer outro anúncio pago. Primeiro, você configura um anúncio por meio do Gerenciador de Anúncios do Facebook. É possível personalizar os recursos de direcionamento, os ativos do criativo e o orçamento para garantir que o anúncio alcance o público certo.

Então, o Facebook usa as informações que você inseriu para mostrar seus anúncios para pessoas que podem vir a ser seus clientes em potencial.

O anúncio é exibido no Feed de Notícias do usuário. É semelhante a uma publicação orgânica do Facebook, mas é designado como "publicação patrocinada".

Facebook-lead-ads-sponsored-ad

Os anúncios de cadastro funcionam através da promoção de uma oferta de geração de leads. Por exemplo, digamos que sua empresa queira aumentar o número de inscrições para o seu produto; a sua oferta pode ser um cupom com um código de desconto.

Como qualquer outra oferta, o usuário precisa enviar suas informações pessoais por meio de um formulário de lead para ter acesso ao código, exceto com os anúncios de cadastro do Facebook, pois esse formulário fica residente no aplicativo do Facebook.

Quando um usuário encontra o seu anúncio e clica no CTA, o Facebook exibe um formulário que é preenchido automaticamente com suas respectivas informações (uma ótima maneira de deixar o processo mais tranquilo, pois há menos campos para preencher). Então, seu anúncio no Facebook entrega o código no aplicativo por meio de uma mensagem de agradecimento ou por e-mail, dependendo de como você designou o fluxo de leads.

Agora, o seu novo lead tem o seu código de desconto, e você tem um novo cliente em potencial para cultivar e qualificar.

Faça o curso gratuito de Anúncios no Facebook ministrado por especialistas da HubSpot.

Benefícios dos anúncios de cadastro do Facebook

Os anúncios de cadastro do Facebook têm alguns benefícios importantes para você, anunciante, e seus prospects. Ao solicitar informações pessoais a um prospect, é importante remover o máximo de barreiras possível. Os anúncios de cadastro do Facebook ajudam você a encontrar o seu público onde ele está.

Aqui estão alguns benefícios do uso de anúncios de cadastro do Facebook:

Funcionalidade nativa. Com os anúncios de cadastro, os usuários podem enviar suas informações por meio de um formulário preenchido automaticamente sem sair da plataforma. Você evita a interrupção da experiência do usuário ao manter seu lead no Facebook, que não precisa sair da plataforma para ir ao seu site e depois voltar.

Responsividade em dispositivos móveis. Os anúncios de cadastro do Facebook são particularmente bons para dispositivos móveis. O aplicativo já está configurado para usuários de celular; por isso, você pode ter certeza de que seus anúncios também estarão. Isso significa que, qualquer que seja o dispositivo onde seus leads em potencial estiverem vendo os anúncios, eles poderão preencher o seu formulário sem problemas.

Coleta de dados simples. Os anúncios de cadastro também são vantajosos para o anunciante, pois capturam as informações dos clientes em potencial sem a necessidade de criar uma nova página de destino ou caminho de conversão. Tudo o que você precisa para conseguir um novo lead está na plataforma, e os dados podem ser facilmente integrados ao seu CRM.

Segmentos altamente direcionados. Os anúncios de cadastro do Facebook possibilitam uma segmentação altamente direcionada, como interesses, dados demográficos e muito mais. Isso significa que os leads adquiridos com os anúncios do Facebook já são altamente qualificados para o seu produto ou serviço.

Como configurar um anúncio de cadastro do Facebook

Agora vamos à parte divertida: configurar o seu primeiro anúncio de cadastro do Facebook. Você já conhece os benefícios do uso de anúncios de cadastro, então vamos começar. Primeiro, verifique se os campos de formulário que sua empresa planeja usar estão alinhados com as políticas de anúncios de cadastro do Facebook. Depois que isso for verificado, você estará com tudo pronto para começar a criar a sua campanha paga.

Você deverá ter o seguinte:

  • Acesso de administrador à sua Página comercial no Facebook
  • Sua conta comercial do Instagram conectada à sua Página
  • A URL da página de política de privacidade no seu site
  • Uma imagem ou ativo de criativo para destacar seu anúncio no Feed de Notícias do usuário

Em seguida, execute estas etapas na ordem.

1. Abra o Gerenciador de Anúncios.

Essa será a etapa mais simples. Entre na sua conta do Facebook e vá para o Gerenciador de Anúncios. Clique em "Criar".

2. Selecione o objetivo da campanha.

Em seguida, você verá uma tela solicitando o objetivo da sua campanha de anúncios. Como estamos criando um anúncio de cadastro, selecione "Geração de cadastros", e a página será exibida com a próxima opção.

Observação: você verá uma opção para "Mudar para criação rápida" no canto superior direito. Clique nesse botão se não precisar ser guiado no processo de criação. Essa opção é para o anunciante avançado que está familiarizado com os anúncios de cadastro do Facebook. Caso contrário, fique na "Criação guiada".

Facebook-Lead-Ads

3. Dê um nome à sua campanha de anúncios.

Recomendamos ser o mais detalhado possível aqui e incluir o objetivo da campanha no nome para que você possa comparar seus resultados com a meta original.

Facebook-Lead-Ads

 

Em seguida, você irá para o seu conjunto de anúncios, onde adicionará detalhes demográficos sobre seu público-alvo e selecionará as opções correspondentes à sua persona. Vamos dar dicas de cada uma dessas opções.

4. Conjunto de anúncios

Pense no conjunto de anúncios como o cesto que contém todos os seus anúncios para uma persona específica. O nome do seu conjunto de anúncios deve refletir isso. Exemplo: Confecção de Calçados Sally — 25 a 34 anos — Formação universitária. Adicione quantos descritores forem necessários. Se tiver uma planilha de persona, você pode simplesmente dar ao conjunto de anúncios o nome da sua persona e fazer referência à planilha quando necessário.

5. Página comercial no Facebook

Use a lista suspensa para determinar em qual categoria de Página comercial do Facebook o conjunto de anúncios se encaixa. Sua empresa pode ter várias Páginas comerciais. Caso contrário, sua Página já deve estar selecionada.

6. Criativo dinâmico

Essa opção permite carregar vários ativos de criativo separadamente para o Facebook gerar automaticamente a combinação ideal de título, imagem, CTA e outros componentes a serem exibidos para subsegmentos do seu público. Use essa opção se não estiver criando uma imagem de anúncio completa com a qual queira fazer testes A/B por conta própria.

7. Público

Você pode selecionar todas as características e traços da sua pessoa-alvo para esse conjunto de anúncios, desde a idade até os interesses. É aqui que a segmentação exclusiva do Facebook se mostra útil: você pode selecionar um público com base em seus respectivos interesses, comportamento ou dados demográficos. Pode também optar por excluir pessoas com base em determinados critérios para não desperdiçar investimentos valiosos em publicidade. Por fim, você pode selecionar conexões com base em como as pessoas interagiram com a sua empresa no passado.

Conforme você for adicionando mais recursos de direcionamento, o indicador de "Tamanho do público" à direita mostrará o tamanho total do público que você está tentando alcançar. O Facebook usa todas essas informações para escolher a quem enviar seu anúncio, para que você obtenha o máximo de retorno para o seu orçamento. Vamos explorar mais detalhes dessas opções na nossa seção de direcionamento.

Facebook-Lead-Ads-audience

8. Posicionamentos

Aqui você pode determinar onde seu anúncio será posicionado, seja no computador ou no celular, no Facebook ou no Instagram, no feed ou na coluna lateral. O Facebook também permite que você selecione "posicionamentos automáticos" e determinará onde posicionar o seu anúncio com base no desempenho.

Seu objetivo é determinar onde o seu anúncio tem melhor desempenho e, então, posicioná-lo ali de forma mais constante. Você pode conseguir isso de duas maneiras: definir seu anúncio para posicionamento automático por um determinado período e analisar os resultados ou selecionar o posicionamento que corresponda melhor ao seu público-alvo. Por exemplo, um público mais jovem pode passar mais tempo no celular, enquanto um grupo demográfico de certa idade pode passar mais tempo no computador. Por isso é tão importante conhecer o seu público: você está sempre fazendo as melhores suposições no começo, antes de testar e otimizar.

9. Orçamento e programação

Aqui você pode selecionar a média que quer gastar por dia e por quanto tempo quer que seu anúncio seja veiculado. Os anúncios do Facebook funcionam em um sistema de leilão, portanto, escolha um orçamento que pareça razoável com base em pesquisas anteriores. Alguns objetivos da campanha permitem selecionar se você deseja dar lances para custo por clique (CPC) ou custo por mil impressões (CPM), mas a meta de geração de leads é definida como CPM. Qualquer que seja a sua escolha, lembre-se de verificar o anúncio periodicamente para garantir que seu desempenho esteja de acordo com seus objetivos.

Depois disso, você passará à criação do seu primeiro anúncio. Mostraremos como navegar nessa seção e algumas práticas recomendadas.

10. Nome do anúncio

Esse é o nome interno do seu anúncio que o ajudará a manter um controle à medida que for criando diferentes anúncios no conjunto de anúncios. Sugerimos uma estrutura de nomenclatura hierárquica na qual você liste o tipo de campanha, o público e um descritor do anúncio. Por exemplo: "Geração de leads - Confecção de Calçados Sally - Fundo amarelo".

11. Identidade

Isso será pré-selecionado com base no seu conjunto de anúncios; entretanto, se estiver anunciando no Instagram, será necessário incluir a conta na qual você deseja anunciar.

12. Formato

Você tem duas opções aqui: carrossel ou imagem única. Um carrossel possibilita o uso de duas ou mais imagens roláveis com títulos variados. Essa é uma ótima opção para exibir várias ofertas de produtos ou despertar interesse exibindo etapas ou partes de uma imagem dividida em um carrossel. Uma única imagem é basicamente isso mesmo, ou você pode usá-la para exibir uma apresentação de slides em um único quadro.

13. Mídia

Carregue seus ativos de criativo aqui. Você pode escolher entre um vídeo (podem ser gifs, sim) ou uma imagem. Você também pode carregar até seis versões do seu anúncio para serem exibidas. Isso é útil porque você pode determinar qual tipo de anúncio converte melhor. Lembre-se apenas de fazer pequenas alterações em cada variação para poder fazer o teste A/B corretamente.

Saiba como criar anúncios de vídeo do Facebook.

14. Texto

Insira o título, o texto do anúncio, a descrição do link e a URL relevante aqui. O Facebook gerará uma prévia do seu anúncio à direita para que você possa ver como ele ficará em vários posicionamentos.

Facebook-Lead-Ads

15. Inserir o formulário

Os anúncios de cadastro do Facebook são uma plataforma eficaz porque permite conversões nativas, o que significa que a conversão pode ocorrer no próprio aplicativo. Nesta seção, você seleciona o formato, o texto e o estilo do formulário. Os campos de formulário são totalmente personalizáveis para você reunir as informações de que precisa. É aqui também que você insere o link para a página da sua política de privacidade que selecionou no começo. Por fim, você personaliza sua tela de agradecimento e adiciona o link do seu site, caso seu novo lead queira visitá-lo após a conversão.

Após essa etapa, confira a sua campanha publicitária e a envie para análise. Uma vez aprovado, seu anúncio começará a ser veiculado e a coletar leads.

Um guia para a estratégia de direcionamento de anúncios do Facebook

Agora que vimos os aspectos básicos de como configurar seu anúncio, você pode estar se perguntando: "Para quem devo fazer o direcionamento com os anúncios de cadastro do Facebook?".

Ou seja, como devem ser seus filtros de público no Gerenciador de Anúncios?

Facebook-Lead-Ads-Audience

Há muitas maneiras diferentes de configurar o direcionamento do público para uma determinada campanha publicitária e há cinco filtros à sua disposição para isso: localização, dados demográficos, interesses, comportamentos e conexões. Cada um desses filtros está na seção "Público" do seu Gerenciador de Anúncios.

Facebook-Lead-Ads-Ad-Set

Vamos explorar cada um deles.

Localização

Use essa configuração para fazer o direcionamento dos usuários pela localização de onde eles moram, visitaram ou para onde estão viajando. Você também pode incluir localizações fora dessa área ou excluir localizações dentro dela, caso não se enquadrem em seus critérios. O objetivo é se concentrar nas áreas onde seus clientes em potencial estão e excluir o restante para maximizar seu orçamento.

Por exemplo, digamos que você tenha uma loja de varejo localizada em Connecticut e queira enviar mercadorias para Rhode Island e Massachusetts. Você não deve desperdiçar seu investimento em anúncios direcionados para pessoas na Califórnia ou mesmo em Nova Jersey. Então, você deveria selecionar "pessoas que moram nos Estados Unidos" e incluir Connecticut e os outros dois estados para onde envia seus produtos, já que esses são os únicos consumidores que teriam acesso a eles. Por outro lado, se você tem uma loja de comércio eletrônico, pode ampliar seus parâmetros para qualquer lugar para onde envie produtos.

Dados demográficos

Pense na sua buyer persona [Não tem uma? Clique aqui para criar uma buyer persona.] e no público-alvo da sua campanha. A maioria de seus clientes atuais são mulheres? Você está procurando expandir o mercado dos seus produtos entre estudantes universitários? Use dados demográficos como faixa etária, gênero e idioma para aprimorar as características da sua persona-alvo.

Aqui estão alguns exemplos dos dados demográficos que você pode escolher para restringir seu público-alvo:

  • Faixa etária
  • Gênero
  • Idioma
  • Escolaridade
  • Renda
  • Afiliação política
  • Trabalho
  • Status de relacionamento

É por isso que conhecer sua persona é tão importante: os anúncios de cadastro do Facebook ajudam a preservar seu orçamento ao direcionar seu marketing para usuários que se encaixem nos seus critérios, em um nível de detalhe que pode chegar até à bebida favorita.

Interesses

Os interesses ajudam você a restringir seu público-alvo a quem expressou ou demonstrou interesse pelo que você está comercializando. Ou seja, se você tem uma loja de bicicletas, seu público-alvo pode ter assinado um compromisso de diminuir sua pegada de carbono. Ou eles podem estar em busca de uma nova bicicleta.

Aqui estão alguns exemplos de interesses específicos para direcionamento:

  • Trabalha em um determinado setor
  • Assistiu a um balé
  • Tem filhos e/ou cônjuge
  • Pratica yoga ou levantamento de peso
  • Gosta de cozinhar
  • Joga futebol

Comportamentos

Anúncios orientados por comportamento estão entre os mais poderosos para usar em campanhas de geração de leads. Alguém que tenha expressado interesse no seu setor, produto ou serviço de alguma forma está mais qualificado para se tornar um lead (e um cliente, claro). Por exemplo, digamos que alguém tenha lido recentemente um de seus posts do blog ou visto alguns produtos no seu site. Você pode usar comportamentos para direcionar seus anúncios para essa pessoa. Também pode usar esse recurso para comportamentos mais amplos, como usuários de tablets ou pessoas que clicaram em qualquer CTA no aplicativo.

Aqui estão alguns exemplos de direcionamento comportamental:

  • Leu um artigo no seu site
  • Abandonou seu carrinho de compras
  • Usa um dispositivo móvel específico
  • Comemorou uma data recentemente
  • Usa transporte público para ir trabalhar
  • Interessa-se por conteúdo de futebol

Conexões

A última categoria principal de recursos de direcionamento é por meio de conexões. Ela se volta para os usuários conectados ao seu negócio de alguma forma. Pode incluir pessoas que seguem a sua Página no Facebook, usaram seu aplicativo ou participaram de seus eventos. Use esse recurso de direcionamento para incluir ou excluir pessoas que já interagem com a sua marca, dependendo do objetivo da sua campanha.

Veja algumas maneiras de usar conexões nas configurações de direcionamento:

  • Amigos de pessoas que usaram seu aplicativo
  • Pessoas que responderam ao seu evento
  • Usuários que curtiram a sua Página ou amigos deles

Agora vamos ver como desenvolver uma estratégia de direcionamento para cada campanha que você veicular. Basicamente, isso consiste em definir uma meta para sua campanha e conhecer sua buyer persona como a palma da mão. Você precisará começar de forma ampla e depois chegar aos detalhes.

Veja como sugerimos que você realize sua campanha publicitária:

  1. Primeiro, decida o público-alvo da sua campanha. É uma campanha adequada para seus clientes, como um cupom para uma data comemorativa, ou uma oferta mais relevante para quem ainda não conhece a sua marca? Faça o direcionamento correspondente.
  2. Então, use as ferramentas demográficas e de conexões para definir os recursos de direcionamento com base no que faz mais sentido para a campanha.
  3. Em seguida, use dados comportamentais e de interesses para restringir seu público, dependendo da amplitude do seu orçamento. Se tiver um orçamento pequeno, use recursos de direcionamento mais restritos para tentar alcançar os melhores prospects possíveis. Se tiver um orçamento maior, você poderá usar dados de direcionamento mais amplos. Lembre-se de que você ainda quer fazer o direcionamento apenas para quem tem maior probabilidade de se interessar pelo que você está promovendo.

Saiba como otimizar seus anúncios do Facebook para obter mais conversões.

Otimizar seus anúncios de cadastro do Facebook

Criar e publicar seu anúncio de cadastro do Facebook é apenas o começo. Você entenderá melhor o que funciona para o seu público à medida que o anúncio for veiculado. Por isso, testar, analisar e otimizar seus anúncios é fundamental para a obtenção de leads qualificados.

Veja abaixo uma lista de recursos que ensinam quais métricas acompanhar, o que essas métricas significam e como rever sua estratégia de anúncios para alcançar suas metas de leads.

Use-os para aprender a otimizar sua Página do Facebook e seus anúncios de cadastro.

As 20 métricas de anúncios do Facebook que os profissionais de marketing devem saber

Como saber se sua campanha no Facebook realmente valeu a pena

O processo de 5 etapas que a HubSpot usa para otimizar os custos de publicidade no Facebook

O guia definitivo para o marketing no Facebook

Este experimento com anúncio no Facebook gerou US$ 1,1 milhão

Vídeo ou imagens: qual tem melhor desempenho em anúncios no Facebook?

O que aprendemos gastando US$ 100 mil em anúncios no Facebook

Exemplos de anúncios de cadastro na prática

A essa altura, você já sabe como configurar o seu próprio anúncio de cadastro do Facebook e por que ele é vantajoso para a sua empresa. Mas como é um bom anúncio do Facebook e como esses anúncios são configurados?

Vamos fazer um exercício. Finja que você é um usuário do Facebook por um momento. Imagine-se rolando a tela do seu Feed de Notícias, vendo publicações de amigos, fotos e atualizações de status.  

Então, você se depara com esta publicação patrocinada:

Exemplo de anúncio de cadastro

Você se interessa pela oferta e decide que quer se inscrever. Clica no CTA e, em vez de ir para um site totalmente diferente, este formulário pop-up é exibido:

exemplos de anúncios de cadastro

Após pressionar "Enviar", uma janela de confirmação é exibida e você tem a opção de clicar fora do pop-up e voltar ao seu Feed de Notícias para continuar navegando.

exemplo de anúncio de cadastro

Se você procura mais informações imediatamente, o fluxo de anúncios também oferece a opção "Ver site", que leva a uma página de destino onde você pode obter mais informações sobre a empresa.

exemplo de anúncio de cadastro

Como você pode ver, a experiência do usuário do fluxo de leads de um anúncio de cadastro do Facebook é muito mais simples do que seria se você tivesse de interromper a navegação para ir para um site externo onde preenche e envia um formulário, e depois voltar ao que estava fazendo no aplicativo.

Veja outro exemplo de uma experiência do usuário de melhor qualidade proporcionada por um anúncio de cadastro do Facebook.

exemplo de anúncio de cadastro

exemplo de anúncio de cadastro

exemplo de anúncio de cadastro

exemplo de anúncio de cadastro

O que fazer com seus leads pós-conversão

Vimos como conseguir leads por meio dos anúncios de cadastro do Facebook, mas o que você faz com as informações que recebeu? Faz uma chamada de acompanhamento imediatamente? Baixa um arquivo .csv e analisa seus dados? São tantas as opções!

A resposta curta: entregue o que foi prometido e depois cultive seus leads. Você pode pensar nisso como um namoro, onde você encanta seu lead para fechar uma venda. Ou seja, você faz o acompanhamento com informações relevantes, pede feedback, tira dúvidas e se envolve com os leads até eles decidirem que você é a melhor opção para resolver o problema deles.

Isso tudo faz parte do seu ciclo de marketing, no qual quanto mais valor você fornece, mais confiança você desenvolve em seu novo lead e maior é a probabilidade de ele estar disposto a comprar de você e recomendá-lo a outras pessoas.

Mas como?

Você precisa de um lugar para armazenar seus novos leads e um sistema que facilite o acompanhamento deles. Embora seja ótimo enviar um e-mail para cada novo lead individualmente, isso se torna um problema em uma campanha bem-sucedida de anúncios de cadastro, na qual você gera centenas ou até milhares de leads.

Os sistemas de gerenciamento de relacionamento com o cliente (CRM), como a HubSpot, permitem armazenar, controlar, monitorar e acompanhar os leads, para que você possa cultivá-los de maneira eficaz. Muitos CRMs permitem que você se conecte diretamente com os anúncios de cadastro do Facebook para que, toda vez que você obtiver um lead da sua campanha, ele seja enviado diretamente para o seu CRM. Com essa opção, você libera seu tempo para se concentrar em otimizar suas campanhas e agregar valor aos novos leads.

Experimente o nosso CRM grátis para gerenciar, controlar e envolver seus novos leads do Facebook.

Depois que você sincronizar os novos contatos com o CRM, sua equipe de vendas e marketing poderá cultivá-los e fazer o acompanhamento com base na oferta de anúncio para a qual eles se inscreveram.

Tudo pronto para converter

Os anúncios de cadastro do Facebook não são tão misteriosos quanto você imaginava. Com uma buyer persona bem definida, uma estratégia de direcionamento específica e um CRM de boa reputação, você poderá obter todos os leads necessários para alcançar seus clientes em potencial e expandir seus negócios.

Saiba como criar anúncios de sucesso no Facebook

Originalmente publicado 26/09/2019 09:00:00, atualizado Setembro 30 2019