Autonomia é o que não falta ao consumidor de hoje. A qualquer momento, seja qual for o local, uma pessoa consegue usar seu celular para pesquisar o mesmo tipo de produto ou serviço em diferentes plataformas. E essa variedade de opções existe graças ao marketing multicanal.

Veja como aplicar uma estratégia Omnichannel na sua empresa

Muitas empresas tiram proveito da abordagem para gerar novas oportunidades de negócio. Em um mundo altamente conectado, você precisa saber como entregar os diferenciais da marca em todos os meios de comunicação utilizados pelo público.

Continue a leitura do artigo para explorar melhor o assunto. Vamos mostrar por que a estratégia multicanal é tão valiosa e como implementá-la de forma eficaz.

A ideia é estar e participar ativamente dos locais frequentados pelas pessoas que você precisa atingir. Como, atualmente, o consumidor tem a possibilidade de navegar por diversos meios, vale a pena ampliar as formas de comunicar aquilo que a sua empresa oferece e está desenvolvendo.

É possível, por exemplo, produzir conteúdos informativos e anúncios para distribuir por meio de tráfego pago nas redes sociais, a fim de atrair mais clientes. Também é importante pensar em maneiras de manter o interesse dos grupos que já vêm acompanhando o trabalho da marca.

Ou seja, não basta diversificar os pontos de contato com o público e começar a lançar as novidades. Você precisa analisar o potencial de cada canal, definir as ferramentas que serão usadas e renovar as práticas com frequência, de modo que as abordagens permaneçam convincentes.

O marketing multicanal traz benefícios a todos os envolvidos nas estratégias. Do lado dos clientes, os ganhos vêm com a facilidade para tirar dúvidas sobre determinada oferta e obter as soluções desejadas. As empresas acabam colhendo melhores resultados, dos quais falaremos no próximo tópico.

Quais são as principais vantagens?

Garantir presença em canais independentes traz muitas oportunidades, tanto para quem está começando a empreender quanto para os nomes já consolidados no mercado. Quando apoiada em um bom planejamento, a multicanalidade pode proporcionar as seguintes vantagens:

Maior potencial de atração de clientes

A diversificação dos pontos de contato com o público faz com que o seu negócio chegue a muito mais pessoas. Pense que nem todos os consumidores utilizam o mesmo conjunto de redes ou gostam de frequentar os mesmos estabelecimentos físicos.

Assim, para que nenhum potencial cliente fique de fora, é bom elaborar e disparar anúncios em espaços variados. Se a primeira impressão em relação à marca for positiva, você aumenta a chance de um visitante de site ou loja ficar por perto, até se tornar fidelizado.

Aumento da conversão de vendas

Essa vantagem resulta da anterior, pois, com mais pessoas chegando até a sua empresa, é provável que o número de vendas aumente. É claro que os diferenciais precisam estar sempre bem claros e condizentes com aquilo que você já vem entregando.

Hoje, é cada vez maior a quantidade de compras e contratações de serviços pela internet. Isso significa que as marcas têm uma fonte inesgotável de plataformas para interagir e conquistar novos clientes. Cabe aos gestores estarem abertos a investir em diferentes canais.

Entendimento aprofundado da persona

O marketing multicanal também traz pistas importantes sobre o comportamento e as preferências dos consumidores. Não é o que toda empresa deseja para desenvolver soluções que realmente agradem? Pois saiba que o monitoramento constante dos pontos de contato pode ser bastante útil.

Ao conferir as ações realizadas em cada meio, você consegue compreender as principais dores e expectativas do público, além de descobrir quais espaços são priorizados nas negociações. Com base nisso, fica mais fácil definir estratégias que mantenham as pessoas conectadas à marca.

Ganho de credibilidade e destaque

Se você fosse cliente, estranharia a situação de visitar uma loja e, ao pesquisar sobre ela em determinadas redes, perceber que não há nenhum resultado disponível. A falta de presença nos principais meios de comunicação pode trazer sensação de insegurança.

Perceba que as empresas reconhecidas costumam estar ativas em todo tipo de canal. Logo, é importante se inspirar no trabalho de grandes marcas para conquistar seu espaço. Recursos como sites, blogs e perfis comerciais precisam estar completos.

Como implementar essa estratégia?

Para que traga bons resultados, o marketing multicanal deve ser aplicado em diferentes etapas. Todas podem ser revistas com o passar do tempo, já que a ideia é estar sempre adequando as práticas às mudanças do mercado, hábitos dos consumidores e outras questões que impactam o negócio.

Conheça o seu público

O primeiro passo é se debruçar nos detalhes que formam o perfil do comprador. Para isso, você pode coletar feedbacks de atuais clientes e analisar os dados que resultam dos atendimentos e processos de venda em diferentes meios.

O conhecimento do público vai ajudar a segmentar as personas para acertar nas propostas enviadas a cada grupo. Sua empresa poderá, por exemplo, personalizar os anúncios de acordo com as preferências dos clientes para aumentar a chance de conversão.

Mapeie os recursos necessários

Como toda estratégia, a multicanalidade exige preparo e ferramentas específicas para que funcione. Isso significa que você precisa levantar os custos com o treinamento das pessoas envolvidas, a adoção de tecnologias e a gestão de diferentes trabalhos. O monitoramento dos resultados será constante, por isso, o ideal é montar uma equipe que possa se dedicar de forma exclusiva.

Padronize a linguagem e o visual

O marketing multicanal precisa transmitir os valores e os diferenciais da empresa em todas as interações com a audiência. Não importa se o meio de comunicação for mais formal ou despojado, ele precisa estar adequado à imagem que o negócio quer transmitir.

Assim, tenha o cuidado de padronizar a linguagem e o visual em todos os pontos de contato com o público. Preserve recursos como cores, logos e símbolos para produzir materiais e compor páginas ou vitrines. Você também precisa se certificar de que o atendimento seja igual em ambas plataformas.

Teste a navegabilidade

Boa parte dos canais se concentram no mundo virtual. Por isso, é importante verificar se as publicações e os anúncios estão funcionando em diferentes dispositivos. Pense que alguém pode usar o celular para pesquisar, depois passar para o notebook ou até assistir a um vídeo de lançamento na televisão.

Uma empresa mobile friendly evita problemas por facilitar a experiência dos clientes em qualquer tipo de site, aumentando a satisfação e a vontade de continuar consumindo. Sabendo disso, procure fazer testes antes de divulgar qualquer tipo de material.

Mensure os resultados

É difícil prever bons caminhos se você não sabe o que tem funcionado e o que precisa ser revisto na estratégia. Para não tomar decisões no escuro, faça uso de indicadores que permitam analisar os resultados em diferentes períodos.

Aos poucos, as ações vão se adequando e melhorando o retorno por parte da audiência. Pense que os esforços aplicados na mensuração serão compensados com menos retrabalho e despesas nas próximas campanhas.

Como escolher os canais mais interessantes?

Nem todas as redes são atrativas para determinadas empresas. A definição dos meios usados para se conectar com o público vai depender de alguns fatores, como estudo da persona, identificação dos espaços preferidos pelos clientes e análise de tendências.

O marketing multicanal pode ser aplicado em vários espaços, físicos ou virtuais. Cabe a você avaliar as funcionalidades de cada ambiente para fazer uma seleção que beneficie os negócios. Não se esqueça, claro, de considerar as variações no modo de buscar e consumir informações.

Se boa parte da audiência é composta por pessoas mais velhas, por exemplo, você deve garantir que a comunicação exista em canais comumente adotados por esses grupos. Eles incluem desde as tradicionais ligações por telefone até as trocas de mensagens via e-mail ou SMS.

Caso a maior parcela de clientes seja composta por jovens, a presença em redes como Instagram e YouTube se torna quase que obrigatória. O ideal é combinar a avaliação dos perfis que compõem seu público-alvo à observação do que está em alta no mundo do consumo.

Nova call to action

Como integrar os canais?

Ampliar os pontos de contato e padronizar a comunicação pode não ser suficiente para lidar com a concorrência. Foi pensando em formas de melhorar ainda mais a interação com o público que diversas empresas passaram a integrar seus canais.

Essa estratégia tem nome: omnichannel, ou omnicanalidade. Trata-se de um aprimoramento do marketing multicanal porque consiste em manter todos os meios sempre alinhados. O objetivo é garantir que o cliente consiga cumprir sua jornada a qualquer momento, sem obstáculos ou quebras na conexão.

Para que a proposta funcione, a empresa precisa fazer com que todos os processos envolvidos na compra ou contratação possam acontecer em qualquer canal. Isso inclui fases como a pesquisa, o pagamento e até o recebimento dos produtos no endereço do cliente.

A omnicanalidade otimiza o processo de vendas ao atualizar cada etapa da negociação. Assim, se alguém encontra determinado item no site de um e-commerce e decide retirá-lo na loja física da marca, por exemplo, os funcionários responsáveis pela entrega da encomenda serão informados.

Destacamos que a integração demanda atualização constante de dados, portanto, o ideal é aplicá-la com o auxílio de um software específico. Já existem sistemas de gestão de relacionamento com o cliente (CRM) que se integram a outras ferramentas para reunir inúmeras informações em um só lugar.

Quais erros devem ser evitados?

Existem boas práticas que valem tanto para a abordagem omnichannel quanto para o marketing multicanal. Da mesma forma, há falhas comuns a essas estratégias que precisam ser combatidas desde as primeiras fases de implementação. Veja abaixo os 3 erros que você deve evitar a todo custo.

1. Falta de interação

Não adianta caprichar na composição dos canais de contato se não houver uma troca produtiva com quem visita esses ambientes. Ao ignorar as mensagens com as dúvidas e sugestões do público, você perde a chance de se conectar e estabelecer uma relação duradoura.

Depois que a audiência perceber qualquer sinal de desinteresse por parte da marca, nem mesmo o melhor anúncio será capaz de atrai-la de volta. Por isso, é importante criar condições para manter o diálogo ativo em todos os meios de contato. Isso vale para todas as fases, desde a primeira abordagem até o pós-vendas.

2. Informações desatualizadas

Outro erro perigoso na aplicação do marketing multicanal é o descuido com a alimentação das páginas, como blogs, feeds de redes sociais e catálogos de produtos. Quem se depara com esse tipo de falha sente receio de consumir com a marca e logo perde a vontade de negociar.

Assim como deve apostar nas interações constantes para engajar o público, você precisa atualizar o que divulga nos diferentes espaços. Publique conteúdos com frequência, revise os dados expostos nos canais e faça com que as novidades cheguem ao conhecimento das pessoas. Isso vai mantê-las ligadas à empresa e mais propensas a fazer compras recorrentes.

3. Acompanhamento insuficiente

Como dissemos, a mensuração dos resultados tem papel relevante no funcionamento da estratégia. Além de apontar o que precisa ser melhorado, demonstra quais tarefas apresentam desempenho exemplar. O reconhecimento daquilo que vem gerando frutos é algo que motiva as equipes a darem o seu máximo.

Quando o acompanhamento é reduzido ou sofre pausas prolongadas, você corre o risco de deixar informações importantes de lado. Ou seja, por mais promissora que uma ação possa parecer, nunca deixe de avaliá-la em detalhes. A consulta dos relatórios precisa se tornar um hábito dentro do ambiente de planejamento.

Tudo pronto para adotar o marketing multicanal em seus negócios? Procure o suporte da tecnologia em todas as fases da implementação. Ao contar com ferramentas rápidas e seguras, você e sua equipe ganham tempo extra para pensar em formas de atender os clientes com mais qualidade, do jeito que eles esperam.

Gostou do conceito de omnichannel e quer saber mais sobre o potencial dessa estratégia? Baixe agora o nosso guia para aprender tudo sobre o assunto!

Omnichannel: como integrar ações de marketing, vendas e relacionamento

 Omnichannel: como integrar ações de marketing, vendas e relacionamento

Originalmente publicado 06/05/2022 07:00:00, atualizado Maio 06 2022