Como fortalecer o posicionamento de marca no ambiente digital

Comece grátis!
Michelle Navarro
Michelle Navarro

Atualizado:

Publicado:

Para que empresas sejam vistas, lembradas e consideradas como opção de compra, é necessário investir em posicionamento de marca. E, hoje, o digital é o ambiente principal em que os esforços se concentram. Faz todo sentido, afinal, é difícil que um negócio não tenha boa parte de sua audiência presente por lá.

Como fortalecer o posicionamento de marca no ambiente digital
Guia Grátis

Como criar uma marca de sucesso

Conte-nos um pouco sobre você para acessar o conteúdo

Redes sociais, sites institucionais e mecanismos de pesquisa são os recursos mais importantes quando falamos de posicionamento de marca no digital. Estar nesses lugares vai garantir uma comunicação constante, assertiva e adequada com público. Sem isso, empresas vão falhar no relacionamento com o consumidor.

Este conteúdo vai tratar em maiores detalhes como o posicionamento no digital é importante para as marcas, trazendo dicas de como fazer isso de maneira sólida.Veja!

Não à toa, vemos algumas empresas tendo posicionamentos mais marcantes nos últimos tempos. Essa percepção nada mais é do que um reflexo acerca das possibilidades que o digital oferece para os negócios. E marcas relevantes sabem o que o público espera e, por isso, conseguem alimentar essa expectativa.

[Baixe agora] Como criar uma marca de sucesso

O posicionamento vai depender de inúmeros fatores. Primeiramente, é o próprio consumidor (seus valores, crenças e necessidades) que vai determinar como a empresa se comportará. Mas há também o caminho contrário: marcas definem seu posicionamento para captar determinado público.

Em ambos os contextos, o ambiente digital será a principal plataforma para que marcas consigam mostrar ao público o que acreditam e entregam. Da mesma forma, é por esses meios que o público poderá, ativamente, buscar aproximação e relacionamento com essas empresas, em uma proximidade que só o digital permite.

Valores sociais como grande base atual

Ao longo dos últimos anos, estratégias de posicionamento de marca precisaram ter uma compreensão do que o público considerava pauta relevante em cada época. É claro que esse não é o único fator que vai definir a personalidade e a comunicação de empresas. Mas, atualmente, é algo que não pode ser descartado.

Por exemplo, empresas têm colocado como estratégia central de sua comunicação a preocupação com a sustentabilidade no modelo de negócios. E, para muitos consumidores, essa abordagem é fator decisivo na hora da compra. Não à toa, essa preocupação tem crescido em diversos mercados.

Os valores sociais sempre foram um fator importante para conectar marcas a pessoas, mas, talvez, estejamos vivendo o período em que isso é mais relevante. Ao mesmo tempo, há também um olhar mais apurado do consumidor sobre quem se posiciona só para vender mais ou quem realmente tem isso como base do negócio.

Posicionamentos garantem longevidade

Marcas podem mudar posicionamentos ao longo de sua existência. Afinal, assim como a sociedade, empresas precisam evoluir para acompanhar as mudanças do mundo. Isso precisa ser visto como uma qualidade. E, pensando no longo prazo, é também uma necessidade para se manter relevante.

Não se trata de acompanhar tendências apenas, mas mostrar ao consumidor que aquela empresa é capaz de se modernizar para entregar exatamente o que seu público precisa. E isso não está só ligado a pautas sociais, mas também ao modelo de negócio, à linguagem usada pela empresa e à entrega de soluções certeiras.

Um bom exemplo são os bancos tradicionais. Nos últimos anos, essas instituições ganharam concorrentes fortes com a chegada da ideia de fintech e o surgimento dos bancos digitais. Isso fez com que grandes empresas já estabilizadas precisassem adaptar seu modelo de negócio e mudar seu posicionamento.

Para concorrer com os bancos digitais, os tradicionais adotaram uma linguagem mais fácil e uma estética mais descolada. Adaptaram seus serviços dando prioridade ao digital e, acima de tudo, mostraram-se mais receptivos às dores das personas. Tudo isso foi possível graças a um posicionamento totalmente repensado.

Necessidade de adaptação ao digital

Nos últimos tempos, foi também necessário pensar no marketing digital como grande base para as estratégias de posicionamento de marca. E isso resultou também em novas preocupações, como a geração de leads dentro desses ambientes. Hoje, não é mais algo novo, e sim um trabalho dinâmico.

Novas plataformas, recursos adicionados e mudanças constantes são uma realidade no digital. Isso influencia até mesmo as métricas utilizadas para mensurar o resultado de campanhas. É fundamental se manter sempre atualizado, o que é um desafio para os profissionais do setor.

Um bom posicionamento precisa considerar diferentes canais, como esses ambientes funcionam e as possibilidades que oferecem. É assim que a comunicação pode ser mais assertiva, garantindo conversões mais constantes, o que toda estratégia de marketing digital precisa considerar.

Qual é a sua importância para os negócios?

Para muitas empresas, entender o impacto do posicionamento de marca para os negócios pode ser o ponto de partida para trabalhar fortemente em boas estratégias. Nem sempre se discute os resultados e as possibilidades, mas elas são reais e é possível captar muitos ganhos com uma boa abordagem.

Falar para um público não é algo simples. É importante conhecer essas pessoas a fundo e, aí sim, preparar toda a estratégia de comunicação de relacionamento. No digital, ser preciso rende as conversões que o negócio deseja e os resultados que vão impulsionar a empresa.

A seguir, entenda a importância do posicionamento de marca no ambiente digital para as empresas.

Falar com o público certo

Falar para todo mundo ou só para quem importa? Pode parecer tentador optar por alcançar o máximo possível de pessoas, mas a realidade é que isso não funciona. Primeiro por conta dos custos, afinal, é caro falar com muitas pessoas diferentes.

Há também a necessidade de concentrar esforços e aplicá-los de maneira estratégica. Marcas têm muito mais chances de serem bem-sucedidas em sua comunicação se a direcionarem para quem realmente importa.

Todo negócio conhece seu público e, se sua empresa ainda não o entende o suficiente, precisa avançar nisso. Logo, esse conhecimento amplo é o que empresas precisam para ter uma abordagem assertiva e se relacionar com quem realmente faz sentido.

Gerar leads qualificados

Falar com o público certo nos leva a um objetivo importante: conquistar leads qualificados! São esses contatos que realmente têm interesse no que sua empresa vende e, muito possivelmente, vão se tornar compradores do seu produto.

Para conquistar esses leads, é necessário ter um posicionamento de marca alinhado às necessidades e desejos do seu público-alvo. E, a fim de ajudar nesse objetivo, um bom trabalho de growth hacking é também importante. É preciso também tratar sobre a dor da sua persona nas ações de comunicação nos meios digitais.

Ao fazer isso, o consumidor conseguirá entender que sua marca certamente tem a solução necessária para os problemas e desejos que essas pessoas têm. Isso vai gerar interesse de quem realmente é o seu cliente em potencial.

Ter marcas sólidas e com identidade estabilizada

Um dos pilares de marcas sólidas no mercado é ter uma identidade bem definida. Empresas devem ter uma cara e uma personalidade que são facilmente reconhecidas. Isso gera conexão e uma relevância importante no mercado.

Essa solidez se alcança com consistência no posicionamento. Desde que sua marca mantenha o estilo de linguagem, a identidade visual e o tom de voz, certamente, o público sempre saberá que está falando com aquela empresa.

Pode parecer um detalhe simples, mas é indispensável em um contexto onde há muita concorrência e grandes marcas disputando mercados. Manter-se sempre reconhecível e regular diante do consumidor fortalece, e muito, a relação com ele.

Crie seu primeiro kit de marca completo com o nosso  Gerador de Kit de Marca gratuito!

Ter direcionamento para o trabalho de branding

O trabalho de marketing e branding é fundamental em qualquer empresa que deseja ter sua marca expandida e forte no mercado. Mas, para escolher as ações e os caminhos adequados, é importante definir o posicionamento a ser seguido.

Por isso, tudo começa a partir do entendimento de como a marca deseja ser vista, ou seja, as ideias, conceitos e propósitos que quer projetar para o consumidor. Isso ajuda a seguir com o trabalho de reforço dessa identidade no longo prazo.

Branding pressupõe aumentar os pontos de contato entre marca e consumidores, melhorando o número de oportunidades de relações qualificadas. Há essa necessidade de ser fiel ao posicionamento, justamente, para garantir uma comunicação fiel à estratégia no futuro.

Quais são as vantagens de fazer um bom posicionamento de marca?

posicionamento da marca

Enxergar esse trabalho pode não ser tão fácil para alguns se esse exercício não passar pela avaliação das vantagens que traz. O posicionamento correto não é só um detalhe ou um capricho que não faz diferença. Se fosse assim, as principais marcas do mercado não seriam fiéis aos seus princípios e às suas identidades.

Há muitos ganhos concretos que um posicionamento adequado e bem estruturado pode gerar para uma empresa. Basta trabalhar de maneira incessante para criar essa imagem para sua marca e, no dia a dia, mantê-la com constância. Entenda melhor essas vantagens e o que representam para as empresas.

Fidelização de clientes

Clientes fiéis são altamente valiosos para qualquer negócio. Primeiramente, porque essas pessoas comprarão regularmente da sua empresa, já que estão fidelizadas. Além disso, você não precisa conquistá-las mais. Basta trabalhar no engajamento, o que custa muito menos do que ter que trazer um novo cliente para seu negócio.

A fidelização é uma consequência natural de um bom trabalho de comunicação, com foco em manter marcas dentro de um posicionamento específico. Quando há consistência e respeito a essa proposta, a tendência é que mais pessoas se identifiquem. É isso que vai gerar a fidelização do público.

Reconhecimento no mercado

Mercados competitivos sempre contam com empresas altamente dedicadas a gerar engajamento e consciência de marca no público. Afinal, quem não é visto, não é lembrado! E para competir nesses contextos, é preciso igualar os esforços, o que passa pelo trabalho de posicionamento de marca, algo simplesmente indispensável.

Quanto mais uma empresa atua para mostrar sua identidade para o público, maiores são as aberturas para exposição e interações. Criar esse ambiente favorável é importante para crescer no imaginário popular e ganhar espaço relevante entre as opções do público. Isso é reconhecimento em sua melhor forma!

Controle da imagem

Um ponto interessante em relação ao trabalho de posicionamento é que ele permite às marcas "controlar" a maneira como são vistas. É claro que isso pode sofrer interferências, mas posicionar-se garante uma projeção bem definida de como a empresa deseja ser vista. Isso, claro, se o trabalho é bem feito.

Então, não há melhor maneira de garantir uma visão da sua empresa por parte do público que não seja construindo essa imagem da maneira certa. Só assim você consegue comunicar sua estratégia da maneira clara e criar a "cara" que desejar para o negócio.

Atualmente, pensar em posicionamento de marca é algo que não pode ser feito sem considerar o online. A verdade é que uma grande parte das ações acontecerá por lá, principalmente por conta das redes sociais. Seu público está nessas plataformas e é por lá que mantém maior proximidade com o negócio.

Sendo assim, há algumas práticas que simplesmente não podem ser ignoradas na hora de se posicionar online e garantir que isso vai gerar os resultados esperados. A seguir, listamos algumas das ações mais importantes e explicamos como cada uma delas impacta positivamente o posicionamento de marcas.

1 - Defina o público-alvo

Comece sabendo quem tem interesse no que você vende. Isso será meio caminho andado para conseguir um posicionamento de marca realmente válido. Se você sabe para quem está falando, saberá exatamente como falar para essas pessoas.

Definir o público-alvo do seu negócio é uma tarefa que deve ser feita com ajuda de pesquisas. Você pode abordar quem está interagindo com suas redes sociais ou, simplesmente, fazer um levantamento de acordo com quem já é cliente do negócio.

O público-alvo é um conceito que capta informações demográficas, como gênero, idade, onde essas pessoas estão, qual é a classe social majoritária, entre outras informações. Isso deve ser o suficiente para reconhecer quem é seu consumidor.

2 - Defina sua linguagem

Depois de compreender melhor seu público-alvo, é hora de definir qual é a linguagem a ser usada nas suas estratégias de posicionamento. Isso é fundamental para que haja uma conexão maior entre as ações da sua marca e seu consumidor.

A linguagem pode ser de vários estilos, desde as mais tradicionais até as mais descoladas e com uma abordagem mais jovem. Essa escolha vai depender de duas questões: para quem você está falando e qual é o seu mercado de atuação.

Por exemplo, se você é um escritório de advocacia, sua linguagem precisa ser mais séria, com a complexidade dependendo, por exemplo, do nível de instrução educacional dessas pessoas. Agora, se sua marca vende roupas de banho, então, essa linguagem pode ser mais leve.

3 - Defina um diferencial competitivo

Diferenciais competitivos são elementos importantes para o posicionamento de marcas. Muitas empresas usam isso a seu favor para se "vender" diante dos concorrentes. Para o público, é interessante saber quais são esses diferenciais.

Nem sempre, no entanto, esse detalhe é realmente impactante para o público, mas ainda assim a empresa pode transformar o diferencial em algo realmente grande. Tudo vai depender de como é feito isso com ajuda do branding e marketing.

O posicionamento da marca pode tanto girar em torno desse diferencial ou explorá-lo constantemente como marca registrada daquela empresa. É sempre importante saber captar esse detalhe e trabalhá-lo do ponto de vista publicitário.

4 - Invista em marketing

Marketing é o que vai garantir que seu posicionamento, primeiramente, faça sentido de acordo com sua estratégia de marca e seu público-alvo. É esse trabalho que também garantirá que o posicionamento realmente alcance sua audiência.

Sem marketing, marcas não conseguem ter relevância online justamente pela falta de abordagem estratégica. Assim, como consequência, também não há relacionamento com o público e falta também o engajamento.

Investir em uma estratégia de marketing que contemple os 8 Ps e pensar no posicionamento de marca é a maneira de fazer sua estratégia contemplando todos os pontos essenciais. Só assim é possível conseguir consciência de marca e engajamento com o público.

como criar uma marca de sucesso

5 - Selecione assuntos relevantes

Principalmente por conta da possibilidade que as redes sociais dão para que marcas consigam falar com o público, tratar sobre alguns temas é essencial. Mas, o mais importante é que esses assuntos façam sentido para a audiência da marca.

Se uma empresa se posiciona como ecologicamente correta, temas como sustentabilidade, reciclagem e consumo consciente precisam ser abordados de maneira natural na comunicação. São tópicos que ajudam a concretizar o posicionamento da empresa.

Realizar essa curadoria de assuntos é uma etapa essencial da estratégia de posicionamento e deve garantir resultados em termos de engajamento. Assim, marcas sólidas e com bom alcance podem ser construídas.

Quais são os tipos de posicionamento de marca?

Marcas podem também optar por aderir a posicionamentos tradicionais, que muitas empresas costumam seguir. São maneiras estratégicas de conseguirem se colocar no mercado e, principalmente, chamarem atenção do público por conta de alguma característica específica. Historicamente, é algo que funciona muito bem.

Preço

O posicionamento de marca com base no preço deixa muito claro como aquela empresa se destaca: cobrando menos do que seus concorrentes. É claro que, para que isso seja algo concreto, a marca precisa praticar valores realmente mais baixos.

Entretanto, há uma contrapartida neste tipo de posicionamento. É possível que a marca passe a ser percebida como apenas uma empresa que vende barato, mas não necessariamente um negócio que é capaz de entregar qualidade. É preciso agir estrategicamente para colher os benefícios dessa tática sem criar uma impressão errada nos consumidores.

Diferencial

Marcas devem ser sempre capazes de mostrar seus diferenciais, algo que pode vir por meio do atendimento, de uma tecnologia utilizada em seus serviços, na qualidade de determinado produto, ou qualquer outro ponto. Seja lá o que for, isso é seu destaque.

Por ser um detalhe único, esse diferencial é um excelente pretexto para que a marca o utilize como forma de promoção de si própria. Portanto, uma boa parte da estratégia de posicionamento vai girar em torno desse diferencial competitivo.

Monopolização

O termo monopólio remete constantemente a algo negativo, mas nem sempre é o caso. Uma empresa pode crescer tanto, ou ser pioneira, e acabar sendo dominante a ponto de parecer que detém o monopólio sobre determinado mercado ou produto.

Quando isso acontece de maneira natural, a percepção será positiva. Por isso, pode ser utilizada como um fator de posicionamento de marca. Se mostrar como a número 1 e dominante vai parecer algo bom e seu público vai considerar a empresa referência principal no mercado.

Benefícios

Algumas empresas são capazes de entregar benefícios únicos na maneira como se relacionam com seu público. Isso pode vir por meio de programas de fidelidade, descontos recorrentes, produtos de difícil acesso, entre várias outras possibilidades.

Esses claros benefícios precisam ser trabalhados na estratégia de inbound marketing e branding da empresa. Então, uma boa escolha pode ser transformar isso em um fator que influencie no posicionamento da empresa diante de seu público.

Como um bom posicionamento de marca impacta os resultados do seu negócio?

Resultados. Essa palavra é o que direciona estratégias, escolhas e ações dentro das empresas. Afinal, nenhum negócio é criado apenas para existir, sem gerar faturamento e lucro concreto. Ainda assim, resultados vêm também por meio do crescimento da empresa, o que vai resultar nesse retorno em dinheiro.

Por isso, ao falarmos de posicionamento de marca e como isso afeta nos resultados da empresa, é essencial passar por todos os ganhos que são obtidos. Os principais que podemos listar são:

  • vendas com maior recorrência;
  • aumento do ticket médio do negócio;
  • maior alcance das campanhas de marketing;
  • maior adesão por parte do público;
  • crescimento consistente da marca.

O posicionamento de marca online pode ser visto como algo essencial, uma vez que suas vantagens e possibilidades ajudam empresas a alcançarem seus objetivos. Entre os principais ganhos, o aumento da consciência de marca e o relacionamento qualificado com os consumidores estão entre os principais.

Curtiu este conteúdo e quer aprender sobre outros assuntos importantes na gestão de marketing da sua empresa? Então assine a newsletter da HubSpot e receba outras sugestões de posts diretamente no seu e-mail!

Nova call to action
Tópicos: Branding

Artigos relacionados

Somos comprometidos com a sua privacidade. A HubSpot usa as informações que você nos fornece para entrar em contato sobre conteúdo, produtos e serviços relevantes. Você pode cancelar a assinatura dessas comunicações a qualquer momento. Para ter mais informações, consulte a nossa Política de Privacidade.

Veja como criar uma marca de sucesso com este guia gratuito

Marketing software that helps you drive revenue, save time and resources, and measure and optimize your investments — all on one easy-to-use platform

START FREE OR GET A DEMO