Coca-Cola, Apple, McDonalds e até a Tesla têm algo em comum que vai além do sucesso e longevidade. São empresas com um propósito de marca bem definido e tão estruturado, que ele está em tudo que fazem — e, mesmo que não pareça claro, faz parte da sua essência.

[Baixe agora] Como criar uma marca de sucesso

Mas isso quer dizer que um dos pilares para o sucesso é ter um propósito de marca? Ele pode não ser o responsável unânime, mas auxilia bastante para que a empresa tenha um direcionamento, além de ajudar no engajamento e no planejamento estratégico de marketing.

Sabemos que, hoje, isso é fundamental. Então, quer saber como implementar o seu? Por aqui, vamos mostrar o que é o propósito de marca e como colocá-lo em prática. Confira!

O que é propósito de marca?

Confundido quase sempre com missão, o propósito da marca diz por que a empresa existe. Isto é, sua essência, o motivo por que foi criada e o que ela quer que o mundo experimente quando utilizados seus produtos ou serviços. Por isso, é muito importante que ele esteja claro pra que os clientes o percebam, sendo um dos primeiros fundamentos pra guiar as ações do negócio.

Qual é a importância de ter um?

Um número considerável de pessoas é mais guiado pelos ideais da marca do que exatamente pelo preço. Essa não é uma afirmação vaga: de acordo com Ana Couto Branding, 70% preferem consumir de empresas que têm a mesma compatibilidade de aspirações que as suas.

E qual é a melhor maneira de apresentar os seus ideais? É claro que é pelo propósito da marca. Afinal, é nele que estão os objetivos da empresa, além de ser a maneira mais evidente de mostrar no que a marca acredita.

Quais são os benefícios do propósito de marca?

Só por deixar claro qual é o objetivo da existência da empresa, já é possível entender um dos seus principais benefícios para um negócio.

Saber por que sua marca existe é uma das melhores ferramentas para tomar decisões mais alinhadas, além de ser fundamental para uma estratégia de marketing bem-sucedida. Porém, os benefícios vão além. Vamos apresentar quais são os principais a seguir!

1 - Aumento das vendas

Um pensamento importante sobre vendas, especialmente quando se trata do online, é a importância da identificação. Existem milhares de pessoas na internet e, mesmo que seu produto seja o melhor, você nunca conseguirá atrair todo mundo. Não só porque seu marketing pode ser ineficiente, mas também porque nem todos se identificam com o que seu negócio representa, com o storytelling que está contando.

Ter um propósito de marca bem definido auxilia nessa questão. Não porque você comercializa seus produtos e serviços pra todos, mas porque existe uma identificação verdadeira do cliente com a sua marca — portanto, as chances de fechar uma compra são maiores.

2 - Mais engajamento

Antes da internet, o consumidor era bem passivo, tinha poucos canais pra reclamar e ser visto, seja pela empresa ou por outros compradores. Agora, a internet é um grande canal para que ele possa mostrar a sua insatisfação, como também para acompanhar a marca com muito mais proximidade.

Isso trouxe uma nova responsabilidade às empresas, pois elas precisam desenvolver uma relação com o cliente e necessita de gerar engajamento. Porém, para isso, a identificação é fundamental. E aí entra o propósito da marca!

Quando o cliente vê que seus ideais estão relacionados com a marca, ele se sente parte dela. Isso o torna mais engajado em não só comprar seus produtos, mas também divulgá-los espontaneamente, por exemplo.

3 - Bom desempenho da equipe

O propósito da marca tem uma influência externa e interna para a empresa. Isso porque, quanto mais claro ele for, maiores são as chances de a equipe se motivar a torná-lo realidade.

Fazer mais vendas pode ter uma grande influência para que os funcionários realizem suas funções no negócio, entretanto, as pessoas sempre procuram algo mais pra agir. Sobretudo hoje, em que a ideia de trabalho é bem mais desprendida — a geração Y ou millennials, por exemplo, acredita que é necessário ter um propósito pra trabalhar.

4 - Relevância

A variedade de produtos e serviços que oferecem os mesmos resultados é abundante. Nesse meio, para não entrar no discurso clichê, mas verdadeiro sobre a competitividade do mercado, é preciso se destacar.

É necessário ser mais que uma empresa que vende, é preciso causar um impacto que faça o consumidor escolher a sua marca, apenas porque ela é o que é. Nesse sentido, é preciso que o comprador enxergue o propósito da empresa, vê-la como um ponto diferente das outras.

O propósito da marca, junto a outras iniciativas, como valores e ações pra sociedade, é fundamental para dar esse destaque. O propósito de marca auxilia a criar esse senso de individualidade, dando ênfase ao negócio em sua essência e mostrando que ele não é superficial.

Como criar um propósito de marca e implementá-lo?

Agora que você entendeu como o propósito de marca é muito importante para que a empresa desenvolva uma percepção mais profunda da sua função na sociedade, além de funcionar como um guia para as suas condutas e gestão de marketing, vamos mostrar como implementá-lo. Confira!

Planeje a estratégia

O primeiro passo para qualquer iniciativa é o planejamento. Mesmo que o propósito de marca seja um conceito, ele deve ser representado pelas atitudes do negócio. Por isso, é fundamental que, a partir dele, você pense em iniciativas relacionadas. Basicamente, entra aqui uma definição das tarefas e das ações, assim como o período para execução.

Por exemplo, para uma marca cujo propósito é promover a sustentabilidade, ela pode realizar iniciativas de marketing sustentável, investindo em ações recicláveis, reflorestamento de áreas, conscientização de seus consumidores etc.

Divulgue o propósito da marca

Apesar de o propósito da marca ser, inicialmente, um conceito definido para guiar a empresa, é importante que todos os envolvidos no negócio tenham conhecimento sobre ele. Isso inclui gestores, colaboradores e clientes.

Essa é uma etapa importante, porque ajuda a destacar a sua empresa das outras, mostrando seus diferenciais. Nesse sentido, o ideal é que, em diferentes canais, o propósito de marca seja comunicado e, sempre que possível, esteja implícito nas ações do negócio.

Saiba como o propósito se expressa em cada setor

A divulgação do propósito de marca na empresa será um passo importante para torná-lo cada vez mais real, mas, um dos principais motivos por que todos devem conhecê-lo é que ele cria uma relação de proximidade com os colaboradores.

Assim como falamos lá nos benefícios, um propósito de marca bem estabelecido cria o engajamento dos clientes. E esse não é um resultado muito diferente com os colaboradores, afinal, é preciso que quem trabalha com você se conecte com a marca tanto quanto o dono.

Por isso, entender como é possível que cada setor tenha como base o propósito é muito importante pra uma implementação de sucesso.

Mensure os resultados

Para ter certeza de que sua empresa está sendo bem-sucedida na implementação do propósito, é muito importante o monitoramento dos resultados. É necessário ter uma forma de mensurar, seja utilizando indicadores, seja comparando resultados desde que o propósito de marca foi estabelecido e divulgado.

Não se esqueça de que esse processo também envolve analisar os colaboradores. Verifique o quanto eles o conhecem e de que forma entendem o que a empresa implementa. Isso é crucial pra compreender até que ponto a marca realmente está impactando o mercado e também se o seu propósito está bem consolidado para os outros.

Há bons exemplos de marcas com propósito?

Pra colocar em prática e poder ter seu negócio bem estabelecido, nada melhor do que mostrar o propósito de marca em exemplos reais. Selecionamos algumas das grandes marcas do mercado que têm propósitos bastante definidos e que são implementados com sabedoria. Veja só!

Apple

Steve Jobs tinha o hábito de impulsionar os funcionários da Apple a pensarem além da média. Ele estimulava a ideia de que era importante encontrar soluções diferentes, e isso também se refletiu no propósito de sua empresa.

A Apple não precisa de apresentações. Como uma das grandes corporações de tecnologia, é responsável por produtos que unem alta qualidade e um bom design. Boa parte dessa característica vem da visão de Jobs pra marca, mas, também, de ter um marketing de propósito bem estabelecido.

O propósito da marca Apple são três palavras que traduzem bem seus produtos: inovação, design e criatividade.

Coca-Cola

A Coca-Cola é um bom exemplo de longevidade e sucesso. É uma das marcas que conquistaram não só um alcance mundial, mas também um nível de engajamento altíssimo. Não é raro conhecer alguém que considera esse o melhor refrigerante e, inclusive, que só consome a marca.

Com mais de 125 anos de existência, seu propósito de marca pode ser resumido com a frase: refrescar o mundo e inspirar momentos de otimismo e felicidade. É interessante observar como a empresa tenta implementá-lo, especialmente em seu marketing.

Suas campanhas são repletas de representações de momentos de união com familiares, cônjuges e amigos. A marca deixa claro que o refrigerante está sempre presente nos melhores momentos da vida de seus consumidores.

Disney

A Disney, assim como a Apple, já faz parte da vida de boa parte das pessoas. É um dos grandes sucessos do entretenimento, não só criando o seu próprio mundo, mas com personagens que estão no imaginário de várias pessoas.

Hoje, a companhia expandiu sua atuação e produz filmes e séries para todos os públicos. No entanto, com a compra de poderosas marcas, como Marvel e Star Wars, ela conseguiu ir além em termos de produções audiovisuais. Além disso, tem seu próprio streaming, em que disponibiliza várias de suas produções.

Quando Walt Disney fundou a empresa, na década de 1920, ele tinha uma ideia bem clara: levar magia para a vida das pessoas. Desde então, a marca tem desenvolvido suas obras focando em emocionar e trazer reflexões aos seus espectadores.

Evernote

Para quem está acostumado a fazer anotações no dia a dia, o Evernote é um velho conhecido. Sua principal solução é um software baseado em nuvem em que o usuário cria notas, organizando-as por meio de etiquetas e cadernos.

Mesmo que pareça bem simples o que a empresa oferece, a sua função está relacionada ao seu propósito: auxiliar as pessoas a encontrar o foco no agora, avançando naquilo que é mais importante.

Sendo assim, a empresa torna o seu propósito real para o seus clientes, não só possibilitando a criação de notas — pra que os usuários possam fazer suas anotações, registrar coisas interessantes etc. —, como também investindo continuamente em melhorias.

Google

Outra marca muito bem-sucedida do setor de tecnologia oferece um serviço totalmente gratuito, que é o seu portal de buscas. A Alphabet, dona do Google, conseguiu o feito de se tornar uma das primeiras preferências quando alguém procura algo na internet, seja um conteúdo, seja um produto ou serviço.

Curiosamente, a empresa fundada entre 1998 e 2004 conseguiu expandir seus negócios e ditar como todos que querem aparecer na sua primeira página devem se comportar na internet. O seu propósito de marca tem tudo a ver com o seu principal serviço: organizar a informação mundial e torná-la universalmente acessível e útil.

como ter certeza que a minha marca é inclusiva

Qual é a diferença entre propósito e missão?

É muito comum que, ao procurar por propósito de marca, a gente encontre a missão como sinônimo — porém, são conceitos completamente diferentes. Como explicamos anteriormente, e também mostramos nos propósitos de marcas famosas, ele é o motivo de sua marca existir, é a razão de sua criação.

Já a missão está relacionada com o que a sua empresa pretende fazer pra alcançar os seus objetivos, de forma que, a partir dela, sejam definidas estratégias para alcançá-la.

Assim como outras iniciativas relacionadas ao posicionamento da marca no mercado, como o agile marketing, o propósito de marca é uma etapa muito importante para a construção do negócio. Isso, em especial, para auxiliá-lo a ter uma direção sobre suas ações e a torná-lo um diferencial no mercado.

Gostou de ficar por dentro do que é propósito de marca? Então, continue por aqui e, agora, saiba mais sobre marketing sustentável!

New Call-to-action

 GET HERE

Originalmente publicado 13/05/2022 07:00:00, atualizado Maio 13 2022

Temas:

Branding