7 dicas práticas de como vender cursos online

Como vender cursos on-line
Rakky Curvelo
Rakky Curvelo

Atualizado:

Publicado:

A procura por cursos online tem aumentado bastante nos últimos tempos, tanto devido à flexibilidade que eles proporcionam quanto ao surgimento de novos hábitos do consumidor. Diante desse cenário, é importante conhecer as melhores estratégias de como vender cursos online.

Venda cursos online com essas 7 dicas
Download Gratuito

Como vender cursos online: criação, divulgação e comercialização

Se você também tem coisas boas a ensinar, considere a opção de vender cursos online.

Listamos uma série de dicas práticas que vão ajudar você a vender cursos online e ganhar comissão por isso. Quer saber mais? Então, fique de olho!

Muita gente procura estratégias práticas para ganhar uma grana na Internet, e grande parte acaba chegando a sugestões como vender cursos online pelo Facebook. Apesar de parecer algo simples e fácil, existem alguns desafios nesse processo, como elaborar o texto de divulgação de cursos, escolher os canais de propagação das informações e até gerar credibilidade em relação ao material.

Elencamos algumas ações que você pode começar a desenvolver hoje mesmo para aumentar as suas vendas, seja por uma plataforma para vender cursos online grátis, seja com a ajuda de uma ferramenta paga. Confira!

Baixe nosso e-book e aprenda a vender cursos on-line

1. Crie um blog

Nossa primeira dica é criar um blog. Apesar de soar um pouco trabalhoso no início, esse é um investimento de tempo e dinheiro que realmente vale a pena. Ao elaborar um canal para compartilhar informações relevantes e aprofundadas sobre o assunto de interesse do seu público, você começa a construir algo que tem muito valor nesse segmento: autoridade.

Você não precisa usar o blog somente para abordar os assuntos do curso — inclusive, pode utilizá-lo para fazer ganchos para outros temas atrativos. Assim, você desperta a curiosidade e ainda mais desejo do público pelo serviço que está ofertando.

2. Faça webinars

Os webinars seguem a mesma lógica de produção de conteúdo de valor que o blog. A diferença é que, em vez de compartilhar seus conhecimentos por escrito, você vai fazer transmissões ao vivo para o seu público, explicando, de forma fácil e dinâmica, tudo o que as pessoas precisam saber.

Para fazer isso, é necessário contar com um computador com webcam, um microfone e, é claro, acesso à Internet. Com essa estratégia, você:

  • cria um canal de comunicação entre o produtor do conteúdo (você) e o público;
  • tira dúvidas e elucida questões que ficaram confusas;
  • presenteia o público com pequenas prévias do que pode ser encontrado no curso;
  • aumenta a confiança sobre o produto ofertado;
  • surpreende as pessoas com benefícios e condições exclusivas;
  • impulsiona as chances de fechar negócios.

3. Utilize provas sociais

Gerar credibilidade online é um dos maiores desafios encontrados hoje por quem busca informações sobre como vender cursos online. Para resolver essa questão, a melhor alternativa é mesmo mostrar que outras pessoas assumiram o risco e gostaram do que viram.

Estamos falando da prova social, ou seja, de utilizar a experiência positiva dos alunos que já compraram o curso para incentivar novas vendas. Quanto mais o seu público confiar em você, maior vai ser o seu pipeline de vendas. Quanto mais provas as pessoas tiverem de que o curso é bom, mais confiança elas têm no produto.

Para isso, você pode utilizar estratégias como:

  • informar o número de pessoas inscritas ou que já concluíram o curso;
  • mostrar a média de satisfação indicada pelos alunos;
  • compartilhar o depoimento de ex-alunos, contando as experiências dessas pessoas;
  • mostrar, em números, o impacto que o curso teve na realidade das pessoas.

4. Gere um senso de urgência

Outra estratégia interessante diz respeito a gerar um senso de urgência nas pessoas. Em determinado momento, todo mundo procrastina — esse é um comportamento natural do ser humano. O que você vai fazer é justamente eliminar as distrações, para que a tomada de decisão aconteça o quanto antes — melhorando sua produtividade em vendas.

É preciso estimular a ação imediata dos alunos em potencial. Muitas vezes, isso só é possível a partir de anúncios que contêm imperativos como "faça agora" e "corra enquanto dá tempo". É claro que, para que a estratégia funcione, você precisa oferecer vantagens reais, como:

  • limitar a quantidade de vagas;
  • dividir o número de matrículas em lotes com preços diferentes;
  • oferecer um desconto exclusivo para as X primeiras compras;
  • limitar o tempo da oferta;
  • limitar a quantidade de ofertas por ano.

5. Invista em programas de indicação

Outra maneira de gerar credibilidade e melhorar suas metodologias de vendas é investindo em um bom programa de indicações. Assim, você gera vantagens para quem indica, para quem é indicado e, é claro, para você.

Um exemplo disso são as parcerias com influencers digitais relacionados à sua área. Você pode utilizá-los para explicar mais sobre o curso, oferecer cupons de desconto exclusivos e aumentar o alcance da divulgação.

Em alguns casos, uma alternativa viável pode ser acionar empresas que tenham o perfil de colaboradores que apresentam potencial para se interessar pelo seu curso. Assim, você pode oferecer descontos ou condições de pagamento especiais para determinada quantidade de matrículas.

Caso você trabalhe com cursos que podem ser feitos em sequência — como nos níveis "iniciante", "intermediário" e "avançado" —, explore a opção de oferecer descontos para as próximas etapas de acordo com o número de indicações que o aluno fizer. Outra ideia interessante é oferecer brindes pelas indicações.

6. Envie e-mail marketing

O e-mail é um canal direto para você se relacionar com o seu cliente, oferecendo conteúdos de valor, ofertas exclusivas e até um contato mais próximo — tendo total controle sobre as suas métricas de marketing por esse meio. Com isso, os clientes vão se sentir mais confiantes para avançar pelo funil de vendas.

Atente-se, no entanto, para não se tornar muito formal. Você pode utilizar uma linguagem mais descontraída e próxima da persona, além, é claro, de automatizar os envios personalizados e otimizar esse processo.

7. Crie landing pages

Uma página de conversão (ou landing page) é aquele local ideal para convencer a pessoa a tomar uma ação por meio de uma call to action — assistir a um vídeo ou curtir a sua página no Facebook, por exemplo. Se você souber como explorá-la, terá uma oportunidade de ganhar algo que quer e recompensar seu público por isso.

O que você quer é a geração de leads, ou seja, pessoas interessadas em consumir o conteúdo que você gera e, futuramente, comprar o seu curso.

Preze pela criatividade na hora de atraí-las! Explore opções como:

  • modelos de orçamentos;
  • planilhas;
  • palestras exclusivas;
  • e-books sobre temas de interesse;
  • aulas grátis etc.

Além disso tudo, o uso de ferramentas de automação pode ajudar a aumentar as vendas de cursos online. Entre as suas principais funcionalidades estão a geração de um fluxo de interações planejado, a agilização do envio de mensagens e a manutenção de um contato constante.

Agora que você já sabe como vender cursos online, que tal aprender um pouco mais sobre vendas online? Confira o guia completo para ampliar oportunidades de vendas!

Como vender cursos on-line: criação, divulgação e comercialização

Tópicos: Marketing e Vendas
Pop up para COMO VENDER CURSOS ON-LINE CRIAÇÃO, DIVULGAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO

Baixe nosso e-book e aprenda a criar, produzir e vender cursos on-line

    Pop up para COMO VENDER CURSOS ON-LINE CRIAÇÃO, DIVULGAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO

    Marketing software that helps you drive revenue, save time and resources, and measure and optimize your investments — all on one easy-to-use platform

    START FREE OR GET A DEMO