Você faz uma boa análise da estratégia de marketing da sua equipe todos os anos? Saiba que deveria. Sem um plano de marketing anual, as coisas podem ficar complicadas: por exemplo, fica quase impossível definir um orçamento para os projetos, contratações e terceirizações que você precisará fazer ao longo do ano.

Para facilitar o seu trabalho, preparamos uma lista do que incluir no seu plano e alguns modelos de planejamento que você pode preencher facilmente.

 

template grátis

plano de marketing: crie o seu com o nosso modelo gratuito

trace a estratégia de marketing da sua empresa em um plano simples e coeso

 

Para começar, vamos nos aprofundar em como criar um plano de marketing e, em seguida, dar uma olhada no que ele deve ter.

Neste artigo, vamos discutir:

  • O que incluir em um bom planejamento de marketing
  • Como criar um plano de marketing
  • Modelos de planejamento de marketing que você pode usar
  • Modelo de plano de marketing simplificado
  • Bônus: Modelos de planejamento de marketing

Esta estrutura de plano de marketing vai ajudar você a criar um planejamento eficaz que garante o engajamento dos stakeholders e orienta com eficácia os seus esforços de marketing.

Planos de marketing podem ser bastante detalhistas para refletir o setor em que você atua, se você vende para consumidores (B2C) ou outras empresas (B2B) e o tamanho da sua presença digital.

No entanto, aqui estão os elementos que todo plano de marketing eficaz inclui:

1. Resumo do negócio

Em um plano de marketing, o resumo do seu negócio é exatamente o que parece: um resumo sobre a sua organização.

É essencial incluir essas informações para que todos os stakeholders, incluindo subordinados diretos, conheçam detalhadamente sua empresa antes de se aprofundar nos elementos mais estratégicos do seu plano.

Mesmo que você esteja apresentando esse plano para pessoas que já estão na empresa há algum tempo, não custa nada colocar todos na mesma página.

A maioria dos resumos de negócios inclui:

  • O nome da empresa
  • Onde está sediada
  • Sua declaração de missão

Isso também inclui informações sobre liderança de marketing, que é particularmente útil para empresas com equipes de marketing maiores.

2. Análise SWOT

O resumo de negócios do seu plano de marketing também deve incluir uma análise SWOT, que representa os pontos fortes, fracos, oportunidades e ameaças do negócio, um acrônimo para Strengths (Pontos Fortes), Weaknesses (Pontos Fracos), Opportunities (Oportunidades) e Threats (Ameaças).

É essencial reunir essas informações para que você possa criar estratégias direcionadas que ajudem a capitalizar seus pontos fortes e melhorar seus pontos fracos.

Porém, seja paciente com a análise SWOT do seu negócio; você escreverá a maior parte enquanto conduz sua pesquisa de mercado e cria sua estratégia. Fique à vontade para voltar a essa seção periodicamente, ajustando-a enquanto descobre mais informações sobre seu próprio negócio e seus concorrentes.

3. Iniciativas corporativas

O item de iniciativas de negócios de um plano de marketing ajuda a segmentar os diversos objetivos do seu departamento.

Tenha cuidado para não incluir iniciativas empresariais gerais, que normalmente você encontraria em um plano de negócios. Essa seção do seu plano de marketing deve delinear os projetos específicos de marketing. Você também descreverá os objetivos desses projetos e como esses objetivos serão medidos.

Toda iniciativa deve seguir o método SMART para definição de metas. Ou seja, elas devem ser:

  • S (Specific - Específica): Define metas claras e específicas, evitando ambiguidades.
  • M (Measurable - Mensurável): Estabelece critérios para medir o progresso em direção ao objetivo.
  • A (Achievable - Atingível): Assegura que as metas são realistas e possíveis de serem alcançadas.
  • R (Relevant - Relevante): Garante que as metas são importantes e alinhadas com outros objetivos.
  • T (Time-bound - Temporal): Determina um prazo para a realização da meta.

4. Análise do cliente

Nesta parte do seu plano de marketing, você terá bastante espaço para compartilhar todos os dados coletados durante sua pesquisa de mercado.

Se a sua empresa já fez um estudo completo de pesquisa de mercado, esta seção do seu plano de marketing pode ser mais fácil de montar. De qualquer forma, tente fazer sua pesquisa antes de sintetizá-la em um documento compartilhável como este.

Em última análise, esse elemento do seu plano de marketing ajudará você a descrever o setor para o qual está vendendo e sua buyer persona.

Uma buyer persona é uma descrição semi-fictícia de seu cliente ideal, com foco em características como:

  • Idade
  • Localização
  • Objetivos
  • Desafios pessoais
  • Dores
  • Evento desencadeador

5. Análise de concorrentes

Incluir uma análise competitiva é essencial na criação de um plano de marketing.

A sua buyer persona tem escolhas quando se trata de resolver seus problemas, escolhas tanto nos tipos de soluções que considera quanto nos fornecedores que podem administrar essas soluções.

Em sua pesquisa de mercado, você deve considerar seus concorrentes, o que eles fazem bem e onde estão as lacunas que você pode preencher. Isso pode incluir:

  • Posicionamento
  • Share de mercado
  • Ofertas
  • Preços

Nosso modelo de plano de marketing inclui um espaço para listar os produtos específicos com os quais você compete, assim como outros aspectos da estratégia da outra empresa, como seus esforços de blog ou reputação de atendimento ao cliente.

Mantenha esta parte do seu plano simples, já que a sua análise competitiva completa deve ser feita separadamente.

6. Estratégia de mercado

A sua estratégia de mercado usa as informações incluídas nas seções acima para descrever como sua empresa deve abordar o mercado. O que sua empresa oferece à sua buyer persona que ela não pode conseguir de seus concorrentes?

Ao preencher essa seção, use os insights de sua análise SWOT, de sua análise competitiva e de sua pesquisa de mercado para criar descrições direcionadas e eficazes que ajudarão a garantir que suas táticas e estratégias sejam adotadas adequadamente.

Por exemplo, se você descobrir que um de seus concorrentes emprega estratégias de marketing de mídia social mais fortes, você pode adicionar algo como: "Postaremos 3 vezes por semana em nossos perfis de redes sociais" em “Promoção".

Nessa estrutura de plano de marketing, a seção de estratégia de mercado contém os "sete Ps do marketing" (ou "mix de marketing"):

  • Produto
  • Preço
  • Praça
  • Promoção
  • Pessoas
  • Processos
  • Palpabilidade

7. Orçamento

Não confunda a seção de orçamento de marketing do seu plano com o preço do seu produto ou outros dados financeiros da empresa. Seu orçamento descreve quanto dinheiro a empresa destinou à equipe de marketing para adotar as iniciativas e metas descritas nos elementos acima.

Dependendo de quantas despesas individuais você tem, considere discriminar esse orçamento de acordo com o que especificamente você gastará. Exemplos de despesas de marketing incluem:

  • Custos de terceirização para uma agência de marketing e/ou outros fornecedores
  • Software de marketing
  • Mídia paga
  • Eventos (aqueles que você organizará e/ou participará)

Conhecendo o orçamento e fazendo análises sobre os canais de marketing nos quais deseja investir, você poderá chegar a uma estimativa de quanto orçamento investir em quais estratégias com base no ROI (Retorno sobre Investimento) esperado. A partir daí, você poderá fazer projeções financeiras para o ano. Elas não serão 100% precisas, mas podem ajudar no planejamento executivo.

Lembre-se: seu plano de marketing inclui apenas um resumo dos custos. Recomendamos manter um documento ou planilha separada para ajudar a calcular seu orçamento com muito mais eficiência.

8. Canais de marketing

Seu plano de marketing também deve incluir uma lista de seus canais de marketing. Embora sua empresa possa promover produtos usando espaço publicitário tradicional, seus canais de marketing são onde você publicará o conteúdo que educa seus compradores, gera leads e divulga sua marca.

Se você publica (ou pretende publicar) nas redes sociais, este é o lugar para falar sobre isso. Use a seção de canais de marketing do seu planejamento para mapear em quais plataformas você deseja lançar uma página comercial, para que usará essa rede social e como medirá seu sucesso nessa rede.

Parte do objetivo desta seção é provar aos seus superiores, tanto dentro quanto fora do departamento de marketing, que esses canais servirão para o crescimento do negócio.

Empresas com ampla presença nas redes sociais podem até considerar a elaboração de sua estratégia social em um modelo de plano de mídia social separado.

9. Tecnologia de marketing

Por último, mas não menos importante, seu plano de marketing deve incluir uma visão geral das ferramentas marketing digital que você incluirá em sua estratégia.

Essas são as ferramentas que ajudarão você a atingir os objetivos descritos nas seções anteriores. Como todos os tipos de software de marketing geralmente precisam de um investimento generoso da liderança da sua empresa, é essencial conectá-los a um ROI em potencial para o seu negócio.

Para cada ferramenta, descreva exatamente para que você a usará e certifique-se de que é uma estratégia mencionada em outro lugar. Por exemplo, não recomendamos listar uma ferramenta de gerenciamento de publicidade se você não listasse "Publicidade PPC" na seção sobre canais de marketing.

Trace a estratégia de marketing da sua empresa em um plano simples e coeso

1. Faça uma análise da situação

Antes de começar seu plano de marketing, você precisa conhecer sua situação atual.

Quais são seus pontos fortes, fracos, oportunidades e ameaças? Fazer uma análise SWOT básica é o primeiro passo para criar um plano de marketing.

Além disso, você também deve ter uma compreensão do mercado atual. Como você se compara aos seus concorrentes? Fazer uma análise da concorrência deve ajudar nesta etapa.

Pense em como outros produtos são melhores que o seu. Além disso, considere as lacunas na abordagem de um concorrente. O que eles estão ignorando? O que você pode oferecer que dará uma vantagem competitiva? Pense no que diferencia o seu negócio.

Responder a perguntas como essas deve ajudar a descobrir o que seu cliente deseja, o que nos leva à segunda etapa.

2. Defina o seu público-alvo

Depois de entender melhor o mercado e a situação da sua empresa, saiba quem é o seu público-alvo.

Se sua empresa já possui buyer personas, essa etapa pode significar apenas que você precisa aprimorá-las.

Se não tem uma buyer persona, é preciso criar uma. Para fazer isso, talvez seja necessário realizar pesquisas de mercado.

A sua buyer persona deve incluir informações demográficas, como idade, sexo e renda. No entanto, também precisa ter informações psicográficas, como pontos problemáticos e objetivos. O que impulsiona seu público? Que problemas ele tem que seu produto ou serviço pode resolver?

Depois de escrever essas informações, elas ajudarão você a definir seus objetivos, o que nos leva à etapa seguinte.

3. Defina metas SMART

Minha mãe sempre me dizia: “Não dá para ir a lugar algum sem um mapa”. Para mim, alguém com dificuldades de localização, esse era um conselho literal.

No entanto, ele também pode ser aplicado metaforicamente ao marketing. Você não pode melhorar seu ROI a menos que saiba quais são seus objetivos.

Depois de descobrir sua situação atual e conhecer seu público, você pode começar a definir suas metas SMART.

Metas SMART são específicas, mensuráveis, atingíveis, relevantes e com prazo determinado. Isso significa que todos os seus objetivos devem ser específicos e incluir um prazo para alcançá-los.

Por exemplo, sua meta poderia ser aumentar o número de seguidores no Instagram em 15% em três meses. Dependendo de seus objetivos gerais de marketing, isso deve ser relevante e alcançável. Além disso, essa meta é específica, mensurável e com limite de tempo.

Antes de iniciar qualquer estratégia, você deve escrever seus objetivos. Então, você pode começar a analisar quais táticas vão ajudar a atingir esse objetivo. Isso nos leva ao próximo passo.

4. Analise suas estratégias

Até aqui, você já definiu seus objetivos com base no seu público-alvo e na situação atual do seu negócio.

Agora, você precisa descobrir quais táticas ajudarão você a atingir seus objetivos. Além disso, quais são os canais e itens de ação certos nos quais focar?

Por exemplo, se sua meta é aumentar o número de seguidores no Instagram em 15% em três meses, suas táticas podem incluir oferecer um sorteio, responder a todos os comentários e postar três vezes no Instagram por semana.

Depois de conhecer seus objetivos, será fácil debater várias táticas para alcançá-los.

No entanto, ao descrever suas táticas, você deve manter seu orçamento em mente, o que nos leva à etapa cinco.

5. Defina seu orçamento

Antes de começar a implementar qualquer uma das ideias apresentadas nas etapas acima, você precisa saber seu orçamento.

Por exemplo, suas estratégias podem incluir publicidade em mídias sociais. No entanto, se você não tiver orçamento para isso, talvez não consiga atingir seus objetivos.

Ao definir suas suas táticas, certifique-se de estimar um orçamento necessário. Você pode incluir o tempo que levará para concluir cada estratégia, além dos ativos que talvez precise adquirir, como espaço publicitário.

Agora que você sabe como criar seu plano de marketing, vamos nos aprofundar na criação da estrutura de uma campanha de marketing que ajudará você a atingir os objetivos traçados no plano.

Cronograma de um plano de marketing

Implementar um novo planejamento estratégico de marketing é um grande passo.

Para garantir que tudo esteja funcionando perfeitamente em todos os seus projetos, é importante criar um cronograma que mapeie quando cada projeto está acontecendo.

Um cronograma de plano de marketing permite que sua equipe visualize todos os projetos, campanhas, eventos e outras tarefas relacionadas em um só lugar juntamente com seus respectivos prazos. Isso garante que todos em sua equipe saibam o que precisa ser feito, para quando e o que vem em seguida.

Normalmente, esses planos cobrem os esforços de marketing durante todo o ano, mas algumas empresas podem operar semestral ou trimestralmente.

Depois de concluir sua análise e pesquisa, além de definir suas metas, chega a hora de definir prazos para suas tarefas. Desde novas postagens em blogs e iniciativas de conteúdo até lançamentos de produtos, tudo precisará de um prazo. Além disso, leve em consideração quaisquer feriados ou eventos que ocorram ao longo do ano.

Por mais que definir prazos para o ano inteiro possa parecer assustador, comece estimando quanto tempo você acha que cada tarefa levará e estabeleça um prazo adequado.

Acompanhe o tempo que de fato leva para concluir tipos de projetos semelhantes. Depois de concluir alguns deles, você terá uma ideia melhor de quanto tempo cada um leva e poderá definir prazos mais precisos.

Para cada projeto, você desejará reservar tempo para:

  • Brainstorming: Essa é a primeira fase em que sua ideia ganha vida em um esboço de projeto. Decida o que deseja alcançar e quais partes interessadas precisam estar envolvidas para atingir seu objetivo. Defina uma data de vencimento e marque todas as reuniões necessárias.
  • Planejamento: Essa etapa pode incluir determinar o escopo do projeto, saber quanto orçamento será alocado para ele, finalizar prazos e quem está trabalhando em cada tarefa. Além disso, mapeie as campanhas necessárias para cada projeto (mídias sociais, relações públicas, promoções de vendas, landing pages, eventos etc.).
  • Execução: Essa fase trata do lançamento do seu projeto. Decida uma data de lançamento e monitore o andamento do projeto. Configure um sistema para monitorar métricas e KPIs.
  • Análise: Nessa fase final, você analisará todos os dados de desempenho para ver se seus esforços de marketing valeram a pena ou não. Você atingiu seus objetivos? Concluiu seus projetos no prazo e dentro do orçamento?

Todos os projetos e seus prazos devem estar em um local central onde sua equipe possa acessá-los, seja um calendário como da HubSpot, um documento compartilhado ou uma ferramenta de gerenciamento de projetos.

Modelo de plano de marketing de única página

Conforme você viu acima, um plano de marketing pode ser um documento longo.

Quando a ideia é compartilhar informações com stakeholders ou simplesmente uma visão geral do seu plano para referência rápida, ter uma versão mais curta em mãos pode ser útil.

Um plano de marketing de única página pode ser a solução e discutiremos seus elementos a seguir.

1. Resumo do negócio

Inclua o nome da sua empresa, liste os nomes das pessoas responsáveis pela implementação das diferentes etapas do seu plano e uma breve declaração de missão.

Exemplo

Iniciativa 1: Investir em account-based marketing

A San Diegency encontrou um sucesso significativo com campanhas de pesquisa orgânica e paga, mas ainda precisamos dedicar recursos a iniciativas direcionadas e account-based. Para fazer isso, contrataremos três representantes dedicados.

Iniciativa 2: Explodir nossa presença online

Para desenvolver nosso sucesso online, precisamos investir recursos para aumentar estrategicamente nossa presença digital, além de obter lucro nos contatos adquiridos por meio desses esforços.

2. Iniciativas corporativas

Inclua o nome da sua empresa, liste os nomes das pessoas responsáveis pela implementação das diferentes etapas do seu plano e uma breve declaração de missão.

3. Público-alvo

Descreva o público-alvo que seus esforços alcançarão. Você pode incluir uma breve visão geral de seu setor e de buyer personas.

Exemplo

Segmentos

Este ano, estamos visando os seguintes segmentos, nos quais venderemos nosso produto e alcançaremos clientes: restaurantes, escolas e universidades.

Buyer personas

Dentro do(s) segmento(s) acima, identificamos as seguintes buyer personas para representar nossos clientes ideais: Chef/proprietária Charlotte, reitor Daniel.

4. Orçamento

Esta é uma visão geral do dinheiro que você gastará para atingir suas metas de marketing. Crie uma boa estimativa de quanto gastará em cada aspecto do seu programa de marketing.

Exemplo

Ao longo deste ano, dado o orçamento definido para a equipe de marketing, esperamos investir nas seguintes iniciativas para garantir que atendamos aos objetivos descritos neste plano de marketing:

Despesa de Marketing / Valor estimado 

Software de Marketing / R$ 10.000

Patrocínio de eventos / R$ 5.000

Tráfego pago em mídias sociais / R$ 12.000

Tráfego pago em mecanismos de busca / R$ 30.000

5. Canais de marketing

Liste os canais que vai usar para atingir seus objetivos de marketing. Descreva por que você está usando cada canal e o que deseja realizar para que todos estejam por dentro de tudo.

Exemplo

Ao longo do ano, vamos ativar (ou aumentar a presença em) os seguintes canais para educar nossos clientes, gerar leads e desenvolver brand awareness:

Webinars

  • Objetivo do canal: brand awareness, aquisição de clientes e engajamento dos clientes.
  • Métricas para mensurar sucesso: inscrições no webinar, relação entre taxa de inscrição para comparecimento e taxa de participante para lead qualificado.

Instagram

  • Objetivo do canal: employee branding, brand awareness para a empresa, engajamento visual.
  • Métricas para medir o sucesso: seguidores, curtidas.

Modelo de campanha de marketing

O seu plano de marketing oferece uma visão macro das diferentes estratégias de marketing que você usará para atingir seus objetivos de negócios.

Um modelo de campanha de marketing é um plano focado que ajudará a atingir essas metas de marketing.

Ele deve incluir os seguintes componentes principais:

  • Metas e KPIs: Identifique a meta final de cada uma das campanhas individuais que você executará e as métricas que usará para medir os resultados de sua campanha quando ela terminar. Por exemplo, taxas de conversão, vendas, inscrições, entre outras.
  • Canais: Identifique os diferentes canais que você usará para implementar sua campanha de marketing e atingir seu público. Por exemplo, pode ser que você tenha uma campanha de mídia social no Twitter para aumentar o brand awareness, ou uma campanha de mala direta para notificar seu público sobre as próximas vendas.
  • Orçamento: Identifique o orçamento necessário para veicular sua campanha e como ele será distribuído, como o valor que você gastará na criação de conteúdo ou posicionamento de anúncios em diferentes áreas. Ter esses números também ajuda você mais tarde a quantificar o sucesso de sua campanha, como o ROI.
  • Conteúdo: Identifique o tipo de conteúdo que você criará e distribuirá durante suas campanhas. É o caso, por exemplo, de postagens em blogs, anúncios em vídeo, newsletter, entre outros.
  • Equipes e Responsáveis Diretos: Identifique as equipes e pessoas que farão parte da implementação de seu plano de marketing do início ao fim, como os responsáveis pela criação de seus ativos de marketing, orçamentos ou análise de métricas após o término das campanhas.
  • Design: Identifique como serão suas campanhas de marketing e como você usará elementos de design para atrair seu público. Lembre-se de que seu design deve estar diretamente relacionado ao propósito de sua campanha.

Modelo de plano de marketing digital

Um plano de marketing digital é semelhante a um plano de campanha de marketing, mas, como o nome sugere, é adaptado às campanhas que você realiza online.

A seguir, veja os principais componentes de um modelo de plano de marketing digital que você precisa ter para atingir seus objetivos.

  • Objetivos: as metas da sua atuação com marketing digital e o que você espera alcançar, como direcionar mais tráfego para o seu site. Talvez você queira direcionar mais tráfego orgânico para seu site ou impulsionar as vendas de algum produto.
  • Orçamento: identifique quanto custará para veicular sua campanha de marketing digital e como o dinheiro será distribuído. Por exemplo, a veiculação de anúncios em diferentes redes sociais custa dinheiro, assim como a criação de seus ativos.
  • Público-alvo: quais segmentos do seu público você espera alcançar com esta campanha? É essencial identificar os públicos que deseja atingir com seu marketing digital, pois diferentes canais contam com diferentes segmentos de público.
  • Canais: identifique os canais centrais para sua campanha de marketing digital.
  • Linha do tempo: defina por quanto tempo suas campanhas digitais serão executadas, desde quanto tempo levará para criar seus ativos até o dia final da campanha.

Muitas pessoas usam as mídias sociais em suas campanhas digitais e, a seguir, discutiremos algumas ideias que você pode usar como inspiração.

Modelos de plano de marketing de mídia social

À medida que os departamentos de marketing crescem, também aumenta a presença das empresas nas redes sociais.

E conforme a presença nas redes sociais cresce, também aumenta a necessidade de fazer benchmarketing, bem como mensurar, planejar e rever os tipos de conteúdo que essas empresas pretende publicar em cada rede.

Se você está procurando uma maneira de aprofundar seu planejamento estratégico de mídia social, indo além do modelo de plano de marketing acima, a seguinte coleção de modelos de plano de marketing de mídia social é perfeita:

Baixe 10 modelos de relatórios de mídia social aqui

Utilizando nossa coleção de modelos de plano de marketing, você terá acesso a ferramentas personalizáveis que se adaptam perfeitamente às necessidades e características únicas da sua empresa. Com estes modelos, você poderá:

  • Realizar o acompanhamento detalhado do orçamento anual destinado às mídias sociais, garantindo uma gestão financeira eficiente e alinhada com seus objetivos de marketing.
  • Definir temas semanais para a mídia social, ajudando a manter uma comunicação consistente e engajadora com seu público-alvo.
  • Consultar um guia atualizado sobre as dimensões de imagens recomendadas para cada rede social, assegurando que seus posts tenham um visual perfeito em todas as plataformas.
  • Analisar um gráfico de pizza intuitivo que classifica o tráfego de mídia social por plataforma, fornecendo insights valiosos sobre o desempenho de suas estratégias em diferentes canais.
  • Organizar um calendário de postagens nas redes sociais, incluindo horários de publicação otimizados, para maximizar o alcance e a interação com seu público

A seguir, vamos revisar os modelos de relatórios de mídia social e o que você encontrará em cada um deles.

1. Perguntas sobre mídias sociais

Esse modelo lista perguntas para ajudar você a decidir qual plataforma de gestão de marketing deve usar.

Depois de saber quais estratégias implementará em seu plano de marketing, é hora de descobrir quais canais são certos para você. Esse modelo ajudar a fazer isso.

2. Programação do Facebook Live

Se o Facebook Live estiver entre as estratégias de marketing do seu plano, este modelo ajudará você a criar um calendário editorial. Assim, pode organizar quais lives do Facebook você deseja fazer e quando.

Depois de decidir as datas, dá para organizar o calendário por cores e coordená-lo com seu calendário editorial para que todos possam ver quais lives estão acontecendo em relação a outras campanhas.

3. Registro de publicações do Instagram

Você vai começar a usar o Instagram regularmente? Quer aumentar o número de seguidores? Com esse modelo, é possível organizar suas publicações no Instagram para que todos da sua equipe saibam quais postagens serão publicadas e quando.

Além disso, consegue organizar seus ativos e campanhas neste documento. Use-o para colaborar com sua equipe em mensagens, landing pages na bio e lançamentos de campanhas.

4. Modelo de mídia social paga

Com esse modelo, você pode organizar seu orçamento anual e mensal para seu calendário de mídia social paga.

Pode ser que queira usar essa estratégia em conjunto com o orçamento do seu plano de marketing para ter certeza de que não está gastando demais e que os fundos serão alocados de forma adequada.

5. Auditoria de mídia social

Conduzindo uma auditoria de mídia social? Você pode usar este modelo para ajudar você a reunir as análises corretas. Acompanhar os resultados de seus esforços de marketing é fundamental para determinar o seu ROI.

Use esse modelo para acompanhar cada uma de suas campanhas e determinar o que funcionou e o que não funcionou. A partir daí, você pode alocar fundos para as estratégias que geram os resultados desejados.

6. Calendário editorial de mídia social

Com esse modelo, você pode organizar seu calendário editorial de mídia social. Por exemplo, incluia postagens nas redes sociais para cada plataforma, para que sua equipe saiba o que está acontecendo em um determinado dia.

Gostou do conteúdo até aqui? Aproveite a visita e experimente o calendário para redes sociais da HubSpot!

7. Tamanhos de imagens para redes sociais

Com esse modelo, sua equipe pode ter à mão os tamanhos de imagem de mídia social mais recentes. Esse modelo inclui tamanhos de imagem para todas as principais plataformas de mídia social, incluindo Facebook, Instagram e Twitter.

Ter um recurso como este prontamente disponível para sua equipe garante que todos estejam na mesma página em relação ao tamanho das imagens e evita atrasos.

8. Proposta de marketing em redes sociais

Com esse modelo, você pode criar uma proposta completa de marketing de mídia social. Assim, consegue delinear os seus objetivos, o escopo do trabalho e as estratégias que planeja implementar.

Pense nesta proposta mais como um olhar aprofundado para a seção de canais de marketing do seu plano de marketing.

9. Modelo de relatório de redes social

Com este modelo, você terá acesso a uma apresentação de slides que inclui modelos para relatórios de mídia social. Se você planeja implementar esses canais em seu plano de marketing, esses modelos de relatórios podem ajudar a acompanhar seu progresso.

Se estiver usando a auditoria de mídia social acima, dá para adicionar todos os seus dados aqui assim que forem coletados.

10. Hashtags de datas comemorativas

Se você pretende usar mídias sociais em seu plano de marketing, pode usar hashtags de certas datas comemorativas para gerar ideias.

Essas oportunidades são uma ótima maneira de preencher sua programação de publicação nas redes sociais. Com este modelo, dá para obter uma lista de todas as datas que rendem hashtags no ano.

Depois de ter ideias de conteúdo, experimente adicioná-las ao seu calendário de mídia social.

Comece o processo de planejamento de marketing agora mesmo! A melhor maneira de definir seu plano de marketing para o ano é começar primeiro com ganhos rápidos, dessa forma você pode acelerar rapidamente e se preparar (e sua equipe) para atingir metas mais desafiadoras e assumir projetos mais sofisticados até o quarto trimestre.

Tudo pronto para começar? Então, aproveite para baixar o nosso Modelo de Plano de Marketing e renove a sua estratégia o quanto antes.

Nova chamada à ação

 GET HERE

Originalmente publicado 08/12/2023 07:00:00, atualizado Dezembro 08 2023

Temas:

Estratégias de Marketing