Responda quem puder: como calcular a taxa de conversão? Os profissionais que coletam e usam as informações reais do que está acontecendo na sua empresa certamente têm essa resposta!

Saiba como aumentar as taxas de conversão e fechamento de vendas com este guia.

Conhecer bem essa métrica é importante para criar estratégias de marketing, ações de venda, planos de comunicação e definir o relacionamento do público com a sua marca. Continue a leitura deste artigo para entender qual é o real impacto que a taxa de conversão tem no seu negócio e como você pode melhorar os resultados!

Quais são os parâmetros usados para calcular a taxa de conversão?

Podemos dizer que, se você souber os números, pode calcular a taxa de conversão de qualquer coisa. Este é o ponto chave: é preciso medir e conhecer os dados, porque, sem informação, fica impossível entender o desempenho da sua estratégia.

É importante usar uma ferramenta eficiente, que permita acompanhar as suas métricas. Você pode contratar um serviço pago — que centraliza todas as informações —, usar os recursos que as próprias redes sociais disponibilizam ou optar pelo Google Analytics. Com os dados em mãos, você também tem como calcular a taxa de conversão no Excel.

Confira alguns dos parâmetros mais comuns:

  • downloads de materiais ricos;
  • assinatura de newsletter;
  • compras na loja virtual;
  • compartilhamento em redes sociais;
  • oferta de dados para contato;
  • inscrição em promoções;
  • engajamento por meio de comentários.

Como calcular a taxa de conversão?

A primeira coisa a definir quando se quer saber como calcular a taxa de conversão é o canal a ser monitorado — pode ser mais de um. A taxa de conversão no Instagram ou uma página de inscrição para newsletter no próprio site são bons exemplos.

Agora que você já sabe o canal, precisa conhecer as métricas (informações sobre determinada ação esperada) referentes a ele — que podem ser os números de visitantes e o número total de vendas, no caso de uma página de e-commerce. 

Ficou muito confuso? Não tem problema: vamos exemplificar alguns casos a seguir.

Taxa de conversão de vendas (TCV)

Imagine que determinado site de vendas de sapatos tenha 500 visitas por mês, que resultam em 60 vendas.

  • TCV = número de vendas / número de visitas
  • TCV = 60 / 500 = 0,12

Para encontrar o percentual, basta multiplicar por 100.

  • 0,12 x 100 = 12%

A taxa de conversão desse site é de 12%. Se você quiser saber a taxa de conversão média em determinado período, basta somar o valor de cada mês — para cada um dos parâmetros —, dividir pelo número total de meses e usar a mesma fórmula. 

Com essa informação em mãos, você tem como calcular a taxa de conversão de vendas ideal.

Taxa de conversão para geração de leads (TCGL)

A ideia é, basicamente, a mesma para qualquer parâmetro que você usar. Se quiser saber a taxa de conversão por segmento — como a geração de leads —, basta dividir o número total de leads coletados (vamos usar 70) pelo tráfego total do site (1000 visitas) no mesmo período.

  • TCGL = 70 / 1000 = 0,7
  • 0,7 x 100 = 7%

Agora, imagine que você queira saber a taxa de conversão de leads em clientes. Nesse caso, é preciso dividir o número de clientes (25) pelo número de leads (70). Veja o exemplo:

  • TCLC = 25 / 70 = 0,35
  • 0,35 x 100 = 35%

Nem sempre a taxa de conversão será definida dessa forma, e há outros fatores que ajudam a estabelecer o valor ideal. Em algum momento, a sua empresa terá que calculá-la de acordo com o próprio desempenho e a evolução nos vários canais usados nas campanhas de divulgação — seja por custo, seja por resultado. O melhor valor encontrado pode se tornar a sua taxa ideal.

Como melhorar os resultados?

Você já sabe calcular a taxa de conversão, mas não está feliz com o resultado: e agora? Como melhorar? Veja quais são os aspectos que precisam ser observados e quais ações ajudam a melhorar a performance do seu negócio.

Tenha um site responsivo

Certifique-se de que a sua página da web esteja adaptada para todos os tipos de dispositivos, como celulares, computadores e tablets. A visualização deve ser rápida e sem distorções em qualquer resolução. Aliás, essa é uma recomendação importante também para o desempenho de SEO.

Use gatilhos mentais

Utilizar gatilhos mentais ajuda a aumentar a taxa de conversão, mas é importante usar o apelo certo para cada estratégia, para não tornar a CTA forçada — afinal, esse é um recurso muito efetivo e precisa ser usado sem exageros.

Adote uma linguagem simples

Não dá para convencer alguém a fazer algo se a pessoa não entender qual é a proposta, não é mesmo? Evite uma linguagem complexa e cheia de termos técnicos, que podem confundir. A mensagem precisa ser objetiva, para que o prospect tome a ação esperada.

Utilize o teste A/B

Essa estratégia ajuda a entender o que funciona melhor com o seu público e consiste, basicamente, em utilizar duas opções diferentes de uma peça de marketing em uma mesma campanha.

Com o auxílio de um software, o tráfego é dividido igualmente entre as duas versões. Depois, é feita a comparação do número de conversões que cada uma teve. É bastante comum utilizar esse recurso com e-mails e landing pages.

Exclua as distrações 

Sabe quando você entra em uma página e começam a brotar pop-ups, banners, chatbots e mais uma variedade de distrações que podem não só tirar o foco da conversão, mas também irritar o visitante? Então, livre-se dos excessos de informação e foque apenas naquilo que favorece a CTA.

Mesmo que você já saiba como calcular a taxa de conversão, o caminho até a melhor performance é longo, e as melhorias deve ser constantes. Não tenha receio de revelar a verdade sobre o seu negócio, pois só ela poderá guiar as suas estratégias.

Agora que você sabe mais sobre o assunto, descubra também quais são as 12 métricas mais importantes que você precisa acompanhar no seu negócio!

Nova call to action

 Como aumentar as taxas de conversão e fechamento de vendas [modelo do Excel e guia gratuitos]

Originalmente publicado 02/02/2022 04:30:00, atualizado Junho 21 2022

Temas:

Processo de Vendas