Use a lista segmentada de email marketing para criar oportunidades de vendas

Guia do e-mail marketing
Pablo Londoño
Pablo Londoño

Atualizado:

Publicado:

Todas as atividades de um usuário no site da sua empresa podem ser informações valiosas para construir um bom relacionamento durante a jornada de compra. Isso porque é possível entender o interesse de cada visitante e criar uma lista segmentada de e-mail para uma comunicação mais precisa sobre os assuntos que de fato chamam a atenção daquele grupo de pessoas.

veja como segmentar a sua lista de e-mail marketing para criar oportunidades de vendas

Guia do E-mail Marketing

Dicas exclusivas para planejar suas campanhas de e-mail marketing

  • Crie e-mail marketing
  • Estratégias vencedoras
  • Melhore seus resultados
  • Recomendações especiais
Saiba mais

    Baixe agora

    Todos os campos são obrigatórios.

    Está tudo pronto!

    Clique neste link para acessar este recurso a qualquer momento.

    Assim, você dá o primeiro passo na sua estratégia para criar um e-mail marketing com maior desempenho, aumentando as taxas de clique e de abertura e, em sequência, a de conversão.

    Quais os benefícios do mailing segmentado?

    Outra maneira de chamar essa lista segmentada e personalizada de e-mail marketing é "mailing segmentado". Ele pode ser estruturado em uma plataforma de e-mail marketing com base nos dados dos contatos captados por formulários, pop-ups, conteúdos, newsletter, entre outros formatos.

    Organizar esses contatos em diferentes listas não só melhora a experiência do usuário com uma comunicação personalizada, como também aumenta a taxa de conversão e ajuda a construir o relacionamento com a marca.

    Descubra alguns dos principais benefícios da lista segmentada de e-mail a seguir.

    Melhora a experiência

    Ao oferecer conteúdos personalizados de acordo com o perfil daquele grupo de contatos, você melhorará a experiência dele com a marca. Afinal, facilita a busca dele por certos assuntos e interesses, guiando-o no caminho para alcançar seus objetivos de negócio.

    É o caso, por exemplo, de conteúdos de e-mail marketing relacionados com o tema principal do material em que o usuário demonstrou interesse de início. Caso ele tenha se inscrito para baixar um e-book sobre marketing digital, faz mais sentido mantê-lo em uma lista segmentada desse assunto em vez de inseri-lo em uma lista de serviços financeiros, por exemplo.

    Aumenta a taxa de conversão

    Com um conteúdo personalizado para as necessidades e os objetivos do lead, utilizando um assunto de e-mail chamativo, bem como um CTA dentro dele, é mais comum que a pessoa se interesse, abra, clique e interaja com o que sua empresa está oferecendo. Por isso, a taxa de conversão de outros conteúdos, ou até mesmo de uma landing page de entrar em contato, pode subir, se esses materiais forem posicionados de forma estratégica na jornada desse lead.

    Cria relacionamento

    Os contatos da sua lista segmentada de e-mails não precisam (e não devem!) receber apenas conteúdos de blog e materiais ricos, mas também novidades sobre o assunto de interesse, atualizações, pesquisas de satisfação — no caso de clientes — e interações sobre o uso do produto ou serviço.

    Assim, sua marca cria um relacionamento com o lead durante essa experiência e mostra que não está interessada apenas na venda em si, como também nas dificuldades, nas necessidades e nos objetivos do cliente.

    Veja como criar uma estratégia de e-mail marketing de sucesso no nosso e-book!

    Como fazer segmentação de e-mail?

    Se você não sabe por onde começar para dividir sua base de contatos, não se preocupe! Este conteúdo o ajudará a criar sua lista segmentada de e-mails de acordo com fatores importantes para seu negócio e sua estratégia.

    Dessa forma, você garante que o disparo de e-mail marketing será mais eficaz, cultivando relacionamentos com clientes antigos, captando novos clientes, aumentando a taxa de conversão e proporcionando a melhor experiência possível para todos.

    Atividade no site

    É possível criar uma segmentação baseada nos interesses do usuário. Como dissemos, se um lead se inscreve no formulário de um conteúdo de vendas online, por exemplo, faz sentido mantê-lo em uma segmentação relacionada a esse assunto. Assim, ele vai interagir mais com o conteúdo do que iria no caso de receber um e-mail sobre produção de eventos.

    Usuários que se inscrevem em newsletter da marca podem ser segmentados em outra lista, recebendo e-mails de conteúdos e atualizações sobre assuntos gerais.

    Taxas de abertura e clique

    Apesar de uma segmentação que considera os interesses do usuário ser um bom caminho para começar, é interessante rever essa divisão com base nas interações com o e-mail. Ou seja, caso um lead tenha interagido com um assunto como marketing digital, mas esteja abrindo e clicando mais em e-mails de assuntos relacionados a negócios em geral, talvez faça mais sentido movê-lo de lista.

    Dessa forma, você pode ir testando caminhos diferentes para o lead, até encontrar o assunto mais adequado. Inclusive, uma boa dica para isso é usar um e-mail com variações do conteúdo e analisar a taxa de abertura e a de cliques.

    Estágio na jornada de compra

    O estágio na jornada de compra é uma ótima forma de criar sua lista segmentada, principalmente se a sua estratégia tiver foco em marketing de conteúdo. Com essa divisão, é possível separar a base de contatos de acordo com o funil de vendas, como: leads, oportunidades e clientes.

    Assim, os leads podem receber mais conteúdos relacionados à atração ao tema ou assunto de interesse. Os contatos classificados como oportunidades recebem conteúdos para começarem a considerar uma solução para sua necessidade ou seu objetivo. Já os clientes podem ler mais sobre outros produtos que o seu negócio tem a oferecer.

    Tempo de cadastro

    Por fim, o tempo de cadastro é uma boa forma de criar lista segmentada para negócios de e-commerce, por exemplo. Dessa maneira, é possível oferecer novidades para clientes que acabaram de chegar, bem como um cupom de desconto para a primeira compra, entre outras opções.

    Agora que você já sabe como segmentar sua lista de contatos de acordo com a sua estratégia de marketing digital e conhece os benefícios dessa prática, que tal baixar o nosso e-book e descobrir como montar uma estratégia de e-mail marketing de sucesso!?

    crie uma estratégia de e-mail marketing de sucesso
    Tópicos: E-mail Marketing

    Artigos relacionados

    Veja como melhorar sua estratégia de e-mail marketing com este guia completo

      Marketing software that helps you drive revenue, save time and resources, and measure and optimize your investments — all on one easy-to-use platform

      START FREE OR GET A DEMO