Você conhece os tipos de podcast que estão em alta? Esse formato de conteúdo representa uma oportunidade irreverente para quem quer otimizar o leque de ações na estratégia de comunicação e marketing da empresa.

 

Guia grátis

Aprenda as principais técnicas para criar um podcast de sucesso

Da pauta à edição, da finalização à distribuição, tudo o que você precisa saber para criar o seu podcast

 

Com podcasts, dá para alcançar o público de uma forma diferente, gerar conexão e engajamento com a marca. Quer mais uma vantagem? Em geral, os custos envolvidos na produção de marketing de conteúdo não são altos — e o formato faz parte da gama de alternativas. Que tal saber mais?

O Brasil desponta como terceiro país que mais consome esse tipo de conteúdo, e o segundo maior mercado de podcasts do mundo. Além disso, 40% dos brasileiros online se dizem ouvintes de algum podcast.

Um dos grandes diferenciais é a possibilidade de criar um vínculo com o público e contar com a sua lealdade. Isso fortalece a estratégia de marketing para diferentes negócios e pessoas que desejam se comunicar de um jeito mais humanizado e interativo.

A importância de conhecer os tipos de podcast

O podcast é como um programa de rádio (gravado ou ao vivo) que pode ser consumido sob demanda, normalmente divulgado nas plataformas de streaming, como o Spotify. Ao conhecer os principais tipos praticados atualmente, você consegue aproveitar a amplitude do formato e, claro, gerar conexões de valor com os potenciais leads.

É importante ter os podcasts no radar em sua estratégia de marketing porque eles são de fácil acesso, com potencial para um público crescente — o que influencia na prospecção de clientes. Ainda é possível monetizar o conteúdo de várias formas, incluindo a veiculação de anúncios.

Antes de se jogar em um universo de possibilidades e incluir o formato em sua estratégia de comunicação, é preciso avaliar os tipos de podcast preferidos do público do seu negócio.

A Mulher da Casa Abandonada, por exemplo, foi um podcast de sucesso, que ficou entre os mais ouvidos de 2022 e ultrapassou marcas de milhões de downloads. Disponível no canal da Folha, a história foi investigada pelo jornalista Chico Felitti e teve um desfecho inusitado.

Para o podcast, o profissional utilizou técnicas jornalísticas, sobretudo do radiojornalismo e de jornalismo investigativo, criando uma narrativa instigante, que desperta no ouvinte a curiosidade de saber mais — sempre aguardando o capítulo (episódio) seguinte.

Mas esse formato de podcast é só um dos inúmeros possíveis. Reunimos aqui os principais tipos de podcast que você precisa conhecer!

1. Podcast de entrevista

Os podcasts de entrevistas têm convidados para conversar sobre temas específicos ou variados. Eles aproveitam a presença de outras pessoas para agregar suas experiências e opiniões ao longo do bate-papo, deixando o conteúdo mais interativo e fácil de ser consumido.

Alguns podcasts mais famosos trazem personalidades da mídia e até optam por transformar o conteúdo em vídeo, mas isso não é uma regra. O ideal é começar com o básico e, com o tempo, avaliar se é interessante ou não ampliar a produção do podcast para algo também visual.

A condução da entrevista é o que faz toda a diferença para o resultado ser envolvente e despertar o interesse do público. Mas também dá para criar algo parecido sem ter outras pessoas envolvidas. Normalmente, chamamos esses podcasts de monólogo.

2. Podcast informativo

Como o próprio nome indica, essas produções são voltadas para transmitir informações aos ouvintes. Quer um exemplo clássico? Os podcasts de noticiários fazem um resumo das notícias mais relevantes do dia e estão entre os preferidos de muita gente com a rotina corrida — e com pouco tempo para acompanhar tudo o que está acontecendo no Brasil e no mundo.

É comum que jornais e emissoras de televisão tenham sua versão em podcast para o público que prefere consumir o formato. Profissionais independentes e outras instituições também investem na estratégia multicanal para desenvolver esse material informativo e alcançar mais pessoas, com conteúdo exclusivo e de qualidade.

3. Podcast educacional

Nem sempre os podcasts são apenas um meio de entretenimento. É possível aproveitar esse formato de conteúdo para educar as pessoas de um jeito diferente, inovador e dinâmico. Para isso, o ideal é que os produtores tenham o cuidado de pensar em estruturas didáticas e com informações bem claras, evitando causar dúvidas nos ouvintes.

Um curso sobre qualquer tema pode ser dividido em episódios de podcast, por exemplo. Nem é preciso seguir uma ordem predefinida, apenas oferecendo conhecimento novo em cada episódio lançado. Em uma estratégia de marketing de conteúdo, isso pode ser bem interessante para conduzir a jornada do cliente, educando seus leads sobre determinados produtos ou serviços, como conteúdos de topo de funil.

4. Podcast de storytelling

Contar histórias em áudio e capturar a atenção dos ouvintes é o resultado de um bom storytelling — e uma prática bem antiga, mas que funciona muito quando o tema é instigante e envolvente. Elas podem ser reais ou fictícias, os próprios personagens podem se apresentar ou pode existir apenas uma pessoa narradora.

Boas histórias acabam atraindo o público, e as famosas novelas e séries estão aí para não nos deixar mentir. Hoje, porém, muita gente prefere o formato do podcast pela praticidade em acompanhar os episódios enquanto realiza outras tarefas do dia a dia.

[E-book grátis] Como criar um  podcast para o seu negócio

Gosta de receber bons conteúdos para consumir durante a semana? Inscreva-se na nossa newsletter e receba várias dicas, novidades e temas relevantes!

Dicas para criar o seu próprio podcast

Lançar um podcast como parte de uma estratégia de comunicação e marketing pode ser uma excelente maneira de se conectar com o público-alvo e aumentar a visibilidade da empresa. Aqui estão algumas dicas para ajudar você a começar:

  1. Defina seus objetivos: antes de começar, determine o que você espera alcançar com o podcast. Isso pode incluir aumento de conscientização de marca, geração de leads, engajamento com a audiência ou educação sobre um tópico específico;
  2. Identifique seu público-alvo: saiba para quem você está criando o podcast. Isso ajudará a adaptar o conteúdo e o tom para atender às necessidades e interesses do seu público;
  3. Escolha um tema relevante: selecione um tema que esteja alinhado com sua empresa e seja interessante para seu público-alvo. Certifique-se também de que há demanda por esse tipo de conteúdo no mercado;
  4. Planeje o conteúdo: crie um cronograma de lançamento e planeje os episódios com antecedência. Certifique-se de que cada episódio tenha um objetivo claro e conteúdo valioso.
  5. Invista em equipamento de qualidade: a qualidade do áudio é fundamental em podcasts. Invista em um bom microfone, fones de ouvido e software de edição de áudio para garantir que seu podcast soe profissional;
  6. Desenvolva um roteiro: crie um roteiro para cada episódio, mas também permita alguma flexibilidade para conversas espontâneas. Ter um guia ajuda a manter o foco e a organização;
  7. Produza conteúdo de alta qualidade: ofereça informações relevantes, insights valiosos e entretenimento de qualidade para que seu podcast se destaque da concorrência;
  8. Cuide da edição e pós-produção: edite os episódios para garantir uma qualidade sonora consistente e elimine erros ou partes irrelevantes. Adicione música, efeitos sonoros e outros elementos para tornar o podcast mais envolvente;
  9. Promova seu podcast: use redes sociais, site, newsletters e outros canais de marketing para promover os episódios. Considere também parcerias com outros podcasts, personalidades da área do seu negócio e segmento de atuação ou influenciadores;
  10. Meça os resultados: utilize ferramentas de análise para acompanhar o desempenho do seu podcast. Isso inclui métricas como número de ouvintes, taxas de retenção e feedback da audiência. Assim, você pode ajustar a estratégia com base nos resultados;
  11. Seja consistente: mantenha um cronograma regular de lançamento de episódios para manter seu público envolvido e construir uma audiência fiel;
  12. Abra-se ao feedback: ouça as opiniões e sugestões da sua audiência para poder fazer melhorias com base no feedback recebido.

Lançar um podcast requer planejamento e dedicação, mas essa pode ser uma ferramenta eficaz para alcançar seus objetivos de comunicação e marketing. Com os tipos de podcast ideais para a sua estratégia, você pode construir uma audiência fiel e fortalecer o relacionamento com seus clientes e seguidores.

Gostou deste conteúdo? Aproveite para descobrir também como produzir calendários de marketing e impulsionar os seus resultados!

New call-to-action
 GET HERE

Originalmente publicado 25/10/2023 07:00:00, atualizado Janeiro 16 2024

Temas:

Marketing de Conteúdo