Não é raro ler por aí que o Facebook não tem mais o potencial para engajar o público e permitir boas taxas de conversão para um negócio. Mas será mesmo que criar uma fanpage para a sua empresa em uma rede social que tem mais de dois bilhões de usuários é uma ideia tão ultrapassada assim? Será que o Marketing no Facebook e o próprio Facebook para Empresas caiu por terra?

Guia completo

As respostas para todas as suas dúvidas sobre Marketing de Influência

Conte-nos um pouco sobre você para acessar o conteúdo

Temos duas respostas pra essa dúvida: “não” e “depende”. Primeiro, porque a rede social criada por Mark Zuckerberg em 2004 ainda atrai muitos novos usuários, como as pessoas acima de 60 anos de idade. Segundo, porque é preciso saber quem é o seu público. Os adolescentes, por exemplo, já não são mais tão fãs da rede e preferem o Instagram, o TikTok ou mesmo o YouTube.

Sempre que uma nova rede social é criada, alguns usuários migram e perdem o interesse na anterior, mas isso não é nem de longe um motivo pra desistir do Marketing no Facebook. Ao longo deste conteúdo, trouxemos dados que provam a necessidade de investir na rede e como tornar a campanha bem-sucedida. Acompanhe!

Como funciona o Marketing no Facebook?

O Facebook conta com diversas ferramentas pra facilitar o trabalho de divulgação do negócio na rede social, tanto de forma orgânica quanto paga. Organicamente, o processo consiste na publicação de imagens e vídeos no feed.

Nesse caso, os comentários e likes recebidos vêm naturalmente de usuários que rolam o feed da rede social e se deparam com o post. Entretanto, há uma forma de ampliar esse alcance orgânico, que é por meio de publicações pagas. Dessa forma, o conteúdo será mostrado pra mais pessoas: aquelas que ainda não conhecem a página da empresa.

O post pago é útil em um cenário em que o gestor deseja alcançar mais pessoas e, para a empresa, o ideal é combinar os dois tipos. Vale lembrar, é claro, que é preciso sempre dar prioridade a temas que sejam de interesse do negócio e do público, tanto em posts orgânicos quanto pagos.

Por que investir em Marketing no Facebook?

O Marketing no Facebook é uma necessidade pra empresas de vários segmentos. Isso acontece em função dos números da rede social de Mark Zuckerberg: no mundo inteiro, são cerca de 2,5 bilhões de usuários ativos por mês. No Brasil, esse número ultrapassa os 120 milhões de usuários — só perdemos para os Estados Unidos e para a Índia.

Apesar de a rede social estar caindo em desuso para muita gente, sobretudo adolescentes e jovens, o Facebook ainda rende muito dinheiro. Os lucros do segundo trimestre de 2021 dobraram em relação ao mesmo período no ano anterior, segundo dados divulgados pela Exame.

Uma vez que são mais de 80 milhões de páginas de negócios, é preciso ter atenção. Se seus concorrentes estão fazendo Facebook Marketing, é fato que você pode acabar ficando para trás, ainda mais se o seu público acessa a rede diariamente.

Quem são as pessoas que mais usam o Facebook?

Ter uma fanpage da empresa só porque o Facebook é a rede social com mais usuários não é a tática mais acertada. Se o seu público não utiliza o Facebook, a melhor estratégia é aprimorar sua presença em outras redes — LinkedIn, Instagram etc.

Entender qual é o perfil das pessoas que usam o Facebook é um bom ponto de partida. Confira algumas informações importantes:

No geral, o Facebook agrega pessoas de todas as idades. Mesmo que os mais jovens não encarem a rede como sua preferida, muitos acabam entrando diariamente. Nesse sentido, a rede social se torna uma opção interessante quando você quer impactar pessoas de idades variadas.

Como o Marketing no Facebook e o Inbound Marketing se encontram?

Você já sabe que o Inbound Marketing é uma estratégia que estende a mão para as pessoas, oferecendo conteúdos que remetem às dores e necessidades na exata linguagem que esse público entende e fala. Além disso, ele cria um relacionamento próximo e baseado no respeito, e não no desespero de vender.

O Facebook se torna um canal importantíssimo para a entrega desses conteúdos — até pelas possibilidades de segmentação, fazendo com que as peças atinjam as pessoas que realmente façam sentido para o seu negócio.

Outra possibilidade que merece destaque é o fato de o Facebook permitir interações com o público, passando conhecimento instantâneo sobre como essas pessoas falam, de quais postagens gostam mais, o horário em que mais ficam conectadas, entre outros.

Dadas as informações até aqui, já é clara a importância do Facebook Marketing. Assim, mostramos a seguir todos os benefícios dessa plataforma pra você ter um panorama completo. Confira!

Melhora a presença digital de uma marca

Com tantos usuários, a possibilidade de sua marca se tornar mais conhecida na rede é uma das grandes vantagens do Marketing no Facebook. Apesar disso, ainda que um usuário acesse a plataforma diversas vezes em um mesmo dia, o alcance orgânico no Facebook já não ajuda tanto — portanto, é importante saber superar esse problema.

Outra informação importante: os milhares de compartilhamentos de fake news e postagens caça-cliques levaram o Facebook a melhorar seu sistema de verificação. O melhor a fazer, nesse caso, é apostar nas postagens patrocinadas e trabalhar conteúdos que foquem no engajamento e que possam ser compartilhados pelo público.

Guia completo sobre marketing de influenciadores para melhorar a sua estratégia

Dessa forma, a chance do seu negócio impactar pessoas diferentes aumenta. Para que isso aconteça, esteja sempre de olho no que os usuários que seguem sua página realmente gostam.

Permite analisar as ações da concorrência

A possibilidade de benchmarking do Facebook é fantástica. Você pode analisar quais postagens dos concorrentes têm mais interação, como o público reage, quais são as oportunidades e as ameaças à sua empresa.

A partir de todo esse conhecimento, fica mais simples traçar uma estratégia que preencha lacunas e conquiste mais usuários e conversões. A ideia não é fazer igual à concorrência, mas fazer melhor, dando um passo à frente.

Traz as possibilidades do Facebook Ads

Já comentamos aqui que o tráfego orgânico para as marcas não é um dos maiores atrativos do Marketing no Facebook, mas a boa notícia atende pelo nome de Facebook Ads. A plataforma oferece muitas vantagens, como segmentação e anúncios bastante flexíveis às estratégias e aos objetivos das marcas.

Deixa a marca ainda mais próxima dos clientes e usuários

O Facebook reflete demais o que os usuários estão falando e querendo no momento. Para se aproximar deles, é fundamental atentar ao que as pessoas que curtem a fanpage da empresa têm postado ou compartilhado e falar a língua delas.

Usar memes, mostrar valores que façam sentido e estar presente nas interações são atitudes que aproximam demais uma marca das pessoas. Esse é um passo a passo relevante na construção de um relacionamento de confiança.

Gera tráfego para seu site ou e-commerce

Se você tem um blog atualizado ou um e-commerce sempre com boas ofertas, pode e deve levar o tráfego do Facebook a essas páginas e não ficar dependendo apenas do tráfego orgânico ou do Google Ads.

Isso porque as pessoas esperam boas ofertas na rede, e esses usuários estão em diversos estágios do funil de vendas. Assim, mais do que educar esses possíveis clientes, é fundamental ter promoções relevantes, que podem ser o passo que faltava para uma conversão.

A maioria das pessoas realiza ações específicas porque isso as beneficia de alguma forma, permitindo que elas consigam algo. Com uma página no Facebook isso não é uma exceção, e cabe à sua estratégia identificar essas vontades e necessidades.

Oferece suporte e/ou atendimento ao cliente

Boa parte dos usuários do Facebook usa a rede por meio de dispositivos móveis — com o app ou pelo site mesmo. O canal se torna uma forma viável e simples de oferecer serviços de atendimento ou suporte, visto que é mais fácil do que correr atrás de um e-mail ou do SAC no site da empresa.

Se a sua companhia tem uma fanpage, atente aos comentários que recebe nas postagens ou via Messenger. Deixar de responder faz com que você perca possíveis clientes e é um ponto negativo, já que não ganha o selo “Responde rapidamente às mensagens”. Isso, na prática, pode fazer muitas pessoas deixarem de escrever pra solicitar informações.

Como usar o Marketing no Facebook?

É fundamental contar com uma estratégia de marketing pra ter sucesso nas redes sociais, e no Facebook essa realidade não é diferente. Interagir com o público, ter uma identidade visual fiel ao negócio e utilizar gatilhos mentais ajudam os usuários a enxergar o nível de comprometimento da empresa com suas atividades. A seguir, detalhamos as dicas. Confira!

Não deixe seu público sem resposta

Seja no chat privado — o inbox —, seja nos comentários das publicações, tirar dúvidas e interagir com os usuários é fundamental para o desenvolvimento de uma página de sucesso, pois mostra o quanto a empresa se preocupa com o atendimento e a opinião dos seus clientes.

Esse tipo de atitude sempre gera bons resultados no mundo analógico e, claro, não seria diferente no digital.

Crie uma identidade visual

Todas as grandes empresas têm uma identidade visual bem definida, e isso diz muito sobre quão importante é essa questão. Ela é definida por um grupo de características de design que, com consistência, passam a representar o que a empresa é e qual imagem deseja transmitir para o público.

É comum que essa definição seja dada por um padrão nas cores, tipografia e logo da empresa. A partir disso, é mais fácil mostrar ao usuário o que a empresa é e o que ela oferece ao seu público.

Utilize gatilhos mentais

Um gatilho mental num cenário de vendas é uma técnica de abordagem que apela para o sentimento do público. Dessa forma, é preciso integrar à comunicação nos posts algo que incentive o cliente — ou potencial cliente — a comprar seu produto ou contratar o serviço da empresa.

Existem diversas maneiras de fazer isso, mas nem todas precisam ser utilizadas. A sugestão aqui é identificar os gatilhos que mais se adequem a cada situação — uma ideia de exclusividade, escassez do produto ou urgência, por exemplo. Além disso, vale atentar para a linguagem que mais se adapta à imagem da empresa e seu público-alvo.

Diversifique os posts com os recursos de publicação do Facebook

O Facebook é uma ótima rede social pra explorar a criatividade e testar as diversas formas de gerar engajamento e conversão. É possível publicar fotos, infográficos, vídeos, citações de personalidades importantes que estejam relacionadas ao produto ou pensamento do negócio e até mesmo realizar transmissões ao vivo.

Além disso, há a possibilidade de responder comentários com emojis e GIFs, o que pode ser uma boa ideia pra trazer um ar mais moderno na interação da empresa com seu público no mundo digital.

Como construir uma estratégia de Facebook Marketing?

As vantagens e o poder do Marketing no Facebook são bastante atraentes, mas não é por isso que a sua marca vai sair postando diversas informações sem uma estratégia muito bem-pensada, certo? Caso contrário, só se perde tempo e dinheiro. Por isso, reunimos diversos insights para que o seu planejamento renda os resultados mais satisfatórios. Confira!

Conheça a sua audiência

Olha só o Inbound e o Marketing no Facebook se encontrando mais uma vez! Um dos pilares da estratégia de Inbound é a definição de buyer personas, ou seja, o detalhamento de quem é o cliente ideal de um negócio e para quem toda a comunicação está voltada.

Ao construir as peças de conteúdo para o Facebook, é essencial usar as informações da persona. Dessa forma, os acertos e as conversões evoluem. Outro ponto é usar o Facebook Business Suite pra entender quem é o público e cruzar os dados demográficos da rede social com todos os outros, tendo ainda mais conhecimento sobre seus clientes e leads.

A ferramenta permite ver detalhes sobre o desempenho da sua empresa, como tendências, atividades no conteúdo que você compartilha e mais informações sobre o seu público. Além disso, outra ferramenta útil é o Facebook Audience Insights, que auxilia na produção de campanhas mais alinhadas aos desejos do público.

Poste com uma frequência adequada

A frequência nas postagens é um item crucial para que o público entenda o quanto a sua marca é atuante e está interessada em levar informações relevantes, mas fazer isso em excesso vai prejudicar o engajamento.

O ideal é publicar uma ou duas vezes ao dia e com muita atenção aos horários. As quartas e quintas-feiras, das 11h da manhã às 14h da tarde, são os melhores momentos de acordo com estudo do Sprout Social.

E tem mais: o engajamento mais consistente no Facebook acontece durante o período de terça a quinta-feira, das 8h às 15h. Isso significa que esses são considerados os horários mais seguros para a sua postagem. O pior dia costuma ser o domingo.

Produza conteúdo de qualidade e em vários formatos

O famoso textão pode ser uma boa tática para as pessoas que querem desabafar ou compartilhar um pensamento, mas é difícil que um possível cliente leia uma postagem gigantesca. Sendo assim, considere infográficos, pouco texto com imagens atrativas, gifs, memes e, é claro, vídeos — conteúdo soberano no engajamento!

Você sabia que os usuários passam 100 milhões de horas vendo vídeos no Facebook por dia? O mais importante: 65% das visualizações vêm do mobile. Adaptar o conteúdo, tornando-o fácil de rodar, é uma preocupação sensata da parte das empresas.

Outro fato curioso: 85% das pessoas que veem vídeos na rede de Zuckerberg fazem isso com o som desligado. Dessa maneira, é importante pensar em legendas e roteiros autoexplicativos pra garantir a boa experiência do usuário.

Aposte também em conteúdo local

É fato que as pessoas adoram comemorar o orgulho local nas redes sociais. Um ótimo cuidado é aliar sua empresa a eventos famosos, histórias, pessoas populares e pontos de referência que fazem parte da identidade da sua cidade.

Promoções especiais no aniversário da cidade ou conteúdos que contenham tradições que vão sendo esquecidas são bons exemplos disso. Também vale compartilhar conteúdo de organizações locais que tenham a mesma essência e valor da empresa — e que também seja do interesse do seu público.

Coloque a interatividade a seu favor

O conteúdo interativo desempenha um papel vital na manutenção da atenção do público online quando as pessoas estão em busca de informações. Apresente peças diferentes, como infográficos animados, vídeos (de novo!), votações e enquetes. Não se esqueça de que todos os comentários merecem uma resposta — o público gosta de receber atenção por parte das marcas.

Compartilhe resenhas e avaliações dos usuários

Destacar-se pode ser difícil quando se está cercado por centenas de outros negócios concorrentes, todos disputando os mesmos clientes. A chave para sair na frente é o uso de provas sociais. Afinal, as pessoas confiam em marcas que atestam tudo o que dizem.

A cada venda ou contato, é fundamental pedir aos clientes que compartilhem a experiência que tiveram com a sua empresa. A partir disso, cabe à equipe usar as críticas positivas na página da empresa no Facebook. Compartilhar capturas de tela de e-mails de clientes satisfeitos também funciona, mas, certifique-se de pedir permissão primeiro e preservar o contato dessas pessoas.

Utilize os grupos para o Facebook Marketing

Os grupos são um jeito de criar uma comunidade controlada dentro do seu público-alvo. Como administrador do grupo, você pode aprovar ou rejeitar todas as postagens, aceitar ou bloquear membros e direcionar comentários.

Esses espaços também permitem construir uma microcomunidade focada no assunto da sua escolha. Isso gera informações de como as pessoas pensam e pode até ser um campo de testes de novas ideias ou promoções.

Crie eventos interessantes

Uma inauguração com música ao vivo pede um evento no Facebook, assim como demonstrações de novos produtos ou a abertura de lojas. Os eventos não precisam ser apenas presenciais: webinars merecem esse tipo de marcação, da mesma forma que promoções especiais. E não se esqueça de promover os eventos como se fossem anúncios, de forma que cheguem ao seu público.

Realize concursos e sorteios

Se você deseja ter um grande crescimento no número de seguidores, tente realizar concursos, sorteios ou criar uma oferta oficial do Facebook. O Inbound sempre sugere oferecer antes de pedir qualquer coisa.

Ganhar algo — ou a possibilidade de ganhar — é sempre atraente, mas todos os concursos devem estar de acordo com as regras do Facebook pra que a sua fanpage não sofra punições.

Como utilizar o Facebook Ads da melhor maneira?

O Facebook Ads é essencial pra você vencer as complexidades do algoritmo da rede e chegar até as pessoas que deseja. Mas como esse é um ponto cheio de detalhes específicos, criamos um tópico só para isso. Atenção aos cuidados necessários!

Escolha qual é o seu objetivo ao anunciar

Os anúncios do Facebook permitem que você escolha seu objetivo, como reconhecimento (alcance e notoriedade), consideração (tráfego, envolvimento, visualizações etc.) e conversões (vendas ou visitas). Assim, a estratégia fica mais palpável.

Entenda quais opções de anúncio fazem mais sentido

Imagem, vídeo, carrossel, apresentação multimídia, coleção… as opções são variadas, e a princípio, com pouco conhecimento de público, você pode ir testando até descobrir os tipos mais certeiros para o seu negócio.

Trabalhe a segmentação do público

Esse é um dos pontos altos para o Facebook Marketing e para uma estratégia de Inbound. Segmentar os usuários permite que suas peças cheguem às pessoas que fazem sentido — o Ads tem diversos filtros que trazem mais acertos às campanhas.

Defina o seu orçamento

No Facebook Ads, é possível escolher entre orçamento diário — o quanto você quer gastar em cada dia de anúncio — e orçamento vitalício, que é o valor total por tempo de campanha.

Ao colocar as quantidades, a plataforma já aponta as possibilidades de engajamento e alcance. Para ter uma campanha efetiva, lembre-se de ter muito cuidado ao propor a segmentação de público.

Monitore os resultados

Como toda ferramenta de marketing digital, o Facebook Ads tem diversas métricas que ajudam a entender o andamento da campanha e permitem que sejam feitas alterações pra conquistar as metas. Esse monitoramento deve acontecer com frequência para que possíveis otimizações possam ser feitas.

Quais são as melhores métricas para o Marketing no Facebook?

Qualquer métrica de marketing digital deve ser analisada sob uma ótica mais ampla. Ver apenas um dado não significa ter conhecimento da campanha como um todo. Quando se trata de Facebook, alguns KPIs vão aprimorar a inteligência da estratégia. Confira-os a seguir!

Impressões

Centenas ou milhares de curtidas não garantem que a sua publicação foi um sucesso. Ao ver as impressões, ou seja, o número de vezes que uma publicação foi exibida, com ou sem cliques, você tem esse entendimento.

Contudo, como uma mesma pessoa pode ver determinado anúncio diversas vezes, verificar as impressões de maneira isolada não é o mais indicado.

Custo por mil impressões (CPM)

O custo por mil impressões indica um panorama do custo-benefício da sua campanha de anúncios. A segmentação de público e o orçamento podem afetar diretamente essa métrica.

Frequência

A frequência aponta quantas vezes um único usuário se depara com seus anúncios. Se você investe bastante em Ads, é importante ficar de olho nesse número. Se um mesmo anúncio aparece muitas vezes para o mesmo usuário, ele pode se cansar da empresa. Um cuidado a se tomar é escolher a opção “alcance diário único” ao fazer a segmentação.

Custo por clique (CPC)

O CPC identifica o custo de cada um dos cliques que determinado usuário fez nos seus anúncios. Essa métrica é calculada pela divisão do custo total pelo número de cliques que o anúncio teve.

Custo por lead (CPL)

O CPL é feito ao dividir valor total da campanha pela quantidade de leads conquistados. Não existe um valor ideal a ser atingido. Para ser melhor analisado, esse dado deve ser visto com diversos outros, como ROI, taxa de conversão etc.

Checkout

Permite saber quantas pessoas se tornaram clientes reais com o seu anúncio. Para ter o dado, é preciso acrescentar um pixel de rastreamento na página de agradecimento.

Conversões

Para verificar a taxa de conversão pelo Facebook, analise alguns pontos, como:

  • adição ao carrinho;
  • compras no site;
  • cadastros no site;
  • ações no aplicativo para celular;
  • instalações do aplicativo móvel.

Todos eles apontam para uma eficácia mais geral da campanha. Mas, para que o seu Marketing no Facebook seja acertado, além de olhar métricas, esteja presente na fanpage da sua empresa pra entender com quem você está se comunicando. Toda mensagem tem mais valor (e mais chances de converter) quando você presta atenção em quem está do outro lado.

Contar com o Facebook como plataforma de marketing é fundamental pra empresas que desejam se destacar no mercado digital. A rede social é a maior em número de usuários no mundo e, só no Brasil, conta com 130 milhões de contas ativas. Além disso, é importante notar que o mundo digital é visto como uma extensão do físico, e todo cliente gosta de um bom atendimento.

Dessa forma, definir estratégias de Marketing no Facebook como as mostradas aqui e utilizar recursos — como os bots — na medida certa certamente faz a diferença em uma era de compras online e serviços digitais e em uma rede social tão famosa e utilizada no Brasil e no mundo.

Depois das nossas dicas, você tem algumas ideias pra aplicar na sua estratégia de Marketing no Facebook? Queremos continuar ajudando nisso! Que tal curtir a página da HubSpot Brasil no Facebook e ver todas as dicas que compartilhamos?

aprenda a fazer marketing de influenciadores
 guia marketing de influência

Originalmente publicado 10/11/2022 07:00:00, atualizado Novembro 18 2022

Temas:

Facebook Marketing