Descubra como fazer um mapa mental eficiente

Invista no seu desenvolvimento
Thais Campbell
Thais Campbell

Atualizado:

Publicado:

Desenvolvido na década de 1960, o mapa mental se popularizou como uma ferramenta para organizar ideias e reter informações. Visualmente fácil de entender, a técnica passou a ser usada em várias áreas, incluindo projetos de marketing e vendas.

homem escreve em post-its em parede de vidro - você pode fazer o planejamento do seu mapa mental usando post-its coloridos

Para ser realmente eficiente e oferecer um bom resultado, a elaboração do mapa deve seguir alguns requisitos. Hoje já é possível elaborar um mapa mental até mesmo utilizando ferramentas online. O importante é estruturar um bom esquema para conectar as ideias da melhor forma.

Neste texto, entenda como funciona o mapa mental e como desenvolver um modelo capaz de projetar as ideias para ajudar em suas estratégias.

 

Guia do desenvolvimento profissional

Melhore o seu desenvolvimento profissional com o nosso guia completo

  • Melhore seu perfil
  • Recomendações especiais
  • Dicas de carreira
  • Continue aprendendo
Saiba mais

    Baixe agora

    Todos os campos são obrigatórios.

    Está tudo pronto!

    Clique neste link para acessar este recurso a qualquer momento.

     

    Além de ser muito útil na preparação para provas e testes, o mapa mental também pode ser utilizado para outras finalidades, como brainstorm e elaboração de projetos e estratégias. Por permitir associações de forma simples, permite fixar os pontos mais relevantes, trazendo uma visão geral do assunto.

    Quais são os tipos de mapas mentais?

    O mapa mental tradicional é feito em papel e escrito à mão. Muitas pessoas ainda preferem trabalhar dessa forma, mas hoje já existem também as versões digitais. São 3 os tipos principais de mapa mental, com as seguintes finalidades:

    • organização de informações;
    • apresentação de ideias e projetos;
    • cronograma para elaborar ou organizar planos de projetos.

    Diversas opções de aplicativos permitem montar um mapa digital e tê-lo sempre à mão no celular ou computador. Ferramentas online como Coggle, MindNode e Canva são boas opções, além de ser possível usar até mesmo o Word.

    Como funciona o mapa mental?

    O mapa mental é um modelo visual com resumos, frases e palavras-chaves divididos por categorias, cores, símbolos e setas. Como uma espécie de diagrama, o tema central do mapa é localizado no centro da página.

    Em seguida, criam-se ramificações relacionadas a esse assunto principal, acrescentando ideias e insights relativos ao tema. Como o intuito do mapa mental é facilitar a memorização e a conexão de ideias, é importante construí-lo com elementos que façam sentido, criando associações facilmente identificadas apenas ao bater o olho. 

    As informações contidas no mapa mental são como peças de um quebra-cabeça, que se organizam para trazer mais nitidez às ideias. Conceitos podem ser revisados ou incluídos a qualquer momento, oferecendo mais clareza ao pensamento.

    Quais são as vantagens de utilizar mapa mental?

    Como o mapa mental ajuda a criar estruturas para conectar informações, permite reter mais informações, visualizar os detalhes e memorizá-los. De forma resumida, seus principais benefícios são:

    • auxilia na retenção e memorização de informações;
    • apresenta ideias às equipes com mais clareza;
    • desperta a criatividade;
    • estimula o mindset ágil;
    • aumenta a produtividade;
    • tem utilidade como ferramenta no brainstorming;
    • ajuda a criar campanhas e calendários editoriais;
    • auxilia na compreensão e solução de problemas.

    O que não pode faltar em um mapa mental?

    É preciso trabalhar bem as cores, imagens, formatos e outros elementos do mapa. No entanto, evite em um primeiro momento exagerar nos detalhes gráficos, como vemos em alguns exemplos de mapa mental disponibilizados na internet. Isso só vai dificultar o entendimento. Veja o que ele deve conter.

    Cores

    De acordo com a chamada psicologia das cores, cada uma delas causa um efeito em nossa percepção. Use diferentes cores para representar os temas e realçar ideias, deixando a visualização mais fácil.

    Formatos

    As ideias-chave podem ser representadas por símbolos com formatos diferentes das ideias de apoio. Triângulos, losangos ou círculos, por exemplo, ajudam a facilitar a visualização. O mapa deve ser agradável de visualizar para ajudar na compreensão.

    Tamanho

    O uso de formas em tamanho maior serve para indicar as ideias mais importantes e organizar as informações. No caso das ideias menos relevantes, utilize formas em tamanho menor.

    Setas

    Setas e linhas são usadas para realizar conexões. Adicionar linhas simples ou duplas ajuda a diferenciar a representação da hierarquia de importância dos conceitos.

    Psicologia-das-Cores_O que cada cor diz

    [Baixe agora] Guia exclusivo para se tornar  um ótimo profissional

    Como aplicar mapa mental ao marketing e vendas?

    O mapa mental é bastante usado na elaboração de um plano de marketing e em estratégias de marketing digital. Também é possível criar poderosos insights sobre ciclos de vendas, selecionar prospects qualificados e identificar metas SMART para o negócio.

    Por meio de um brainstoming, o mapa pode ser explorado para organizar melhor o fluxo de ideias dos colaboradores. Além de aumentar a produtividade, ajuda a encontrar alternativas mais criativas e a definir as ações antes de colocar a estratégia em prática.

    Apesar de não existir uma regra para criar um mapa mental, a atenção a alguns detalhes é fundamental para que essa ferramenta seja usada de forma mais eficiente. Veja o passo a passo a seguir.

    1. Escolha o tipo de mapa mental

    Decida se o mapa mental será feito à mão ou na versão de mapa mental online. No primeiro caso, separe uma folha em branco e canetas coloridas. No segundo, escolha o aplicativo ou a ferramenta que vai usar.

    2. Defina o tema principal

    Considere qual será o objetivo do seu mapa mental. Escreva o tema principal como um título no centro do mapa. Use algum símbolo, cor ou desenho para destacar o tema.

     3. Acrescente os tópicos principais

    Acrescente pontos importantes relativos ao tema, usando uma ou poucas palavras. Escreva cada tópico ao redor do tema principal, criando conexões com setas partindo do título para representar a associação entre eles. Use cores diferentes e letras menores nos tópicos para indicar a hierarquia dos assuntos.

    4. Relacione os tópicos a cada subtópico

    Na próxima etapa, use palavras-chave em subtópicos relacionados aos tópicos principais. Acrescente mais subtópicos aos tópicos de acordo com o surgimento de novas ideias. Utilize também elementos para agrupar e identificar esses subtópicos e palavras-chave, como formas e cores.

    5. Organize as ideias

    Em especial quando feito em grupo em um brainstorming, é comum surgir um fluxo de ideias ao elaborar um mapa mental. Conforme as ideias vão surgindo, você pode acrescentar ou retirar informações para representá-las da maneira mais clara possível.

    Elaborar um mapa mental pode fazer a diferença ao criar novas estratégias de marketing e vendas em seu negócio. A técnica vai permitir encontrar ideias e soluções inovadoras para trilhar um caminho mais eficaz e alcançar resultados concretos.

    Fique por dentro de novidades relevantes para o seu negócio. Assine a nossa newsletter agora mesmo!

    New call-to-action

      Ebook grátis sobre desenvolvimento pessoal
    Tópicos: Produtividade

    Artigos relacionados

    Pop up para INVISTA NO SEU DESENVOLVIMENTO MELHORE O SEU DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL

    Seu guia exclusivo para se tornar um ótimo profissional

      Pop up para INVISTA NO SEU DESENVOLVIMENTO MELHORE O SEU DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL

      Marketing software that helps you drive revenue, save time and resources, and measure and optimize your investments — all on one easy-to-use platform

      START FREE OR GET A DEMO