Você já deve ter notado que sempre surgem novas possibilidades para melhorar uma estratégia de marketing digital. Uma das formas de inovação que está causando grande impacto é a inteligência de dados. A transformação digital já deu o recado que veio para ficar, e não se adaptar às mudanças deixará sua empresa para trás.

O uso de dados e a integração entre os departamentos já se mostraram muito efetivos. Quem trabalha com marketing digital já percebeu como é possível colher informações e transformá-las em algo valioso — e um exemplo claro disso é a análise de métricas.

Aprenda a criar apresentações eficazes usando dados com este ebook

Termos como inteligência de dados, Business Intelligence, Data-driven, Big Data e muitos outros estão cada vez mais comuns no universo do marketing digital. Entretanto, você precisa entender como utilizar essas tecnologias a favor do seu negócio.

Para esclarecer as dúvidas sobre a inteligência de dados, venha entender o que é, como implementar e outras informações importantes sobre o assunto neste post!

Os dados sempre têm muita relevância e, com a ajuda de ferramentas modernas, eles se transformam em uma fonte importantíssima de informações. O que ocorre é que são utilizados softwares que organizam e integram esses dados. A partir disso, eles podem ser usados como base para fazer intervenções mais assertivas.

Já passou da época que o marketing utilizava informações pouco detalhadas, como nos casos de propagandas de TV e rádio. Atualmente, há diversas formas de fazer a coleta de informações para projetar cenários, analisar possibilidades e outras ações que tornam seu negócio mais competitivo no mercado.

Os softwares de automação estão intimamente ligados à inteligência de dados. Automatizar os processos significa torná-los muito mais rápidos e eficientes. Desse modo, muitos processos que seriam humanamente impossíveis em um curto período são otimizados.

Para ter uma estratégia mais completa e com base em números reais, veja algumas fontes de informações que podem ser usadas:

  • dados internos colhidos no Google Analytics ou CRM do seu negócio;
  • dados externos coletados da própria internet que podem ajudar a entender melhor o comportamento da sua persona, os movimentos do mercado e outros aspectos do ambiente online;
  • dados do Big Data que apontam padrões, tendências e outros comportamentos e ações do público em diversos contextos;
  • uso de Inteligência Artificial, com uma capacidade maior e mais veloz para tomar decisões com base em informações de um banco de dados.

Qual é a importância da inteligência de dados?

Uma enorme fatia do mercado já percebeu como o investimento em inteligência de dados é rentável para as empresas. Afinal, o uso de informações diminui a incidência de erros e campanhas que não são bem-sucedidas; o que, por sua vez, reduz custos e perda de tempo.

Segundo um estudo da Zebra Technologies, os investimentos em inteligência de dados em 2019 foram 39% maiores que os registrados no ano anterior. E a tendência é que esses números continuem subindo.

Portanto, uma empresa que não percebe o valor desse tipo de investimento ficará ultrapassada. Além disso, quanto antes você adotar a transformação digital, melhores serão os resultados. Toda estratégia de marketing pode se valer das informações geradas pelos dados.

O planejamento de conteúdos, campanhas de e-mail marketing e outras ações são impulsionadas. Entretanto, é importante observar a qualidade dos dados utilizados. Apenas coletar informações não é o suficiente, uma vez que elas devem ser proveitosas para decifrar o comportamento do consumidor.

Com os dados certos em mãos, as equipes de marketing e vendas traçam estratégias para saber o momento exato de abordar um lead, por exemplo. De modo geral, a inteligência de dados é útil para aperfeiçoar campanhas, melhorar o diálogo com o público e contribuir na missão de crescimento da empresa.

Como a integração de dados pode ajudar sua empresa?

Até alguns anos atrás, aquelas planilhas do Excel com todos os dados eram muito comuns. Depois disso, com o surgimento das ferramentas de automação, a informatização deixou esse modelo arcaico de lado — mas, apesar disso, não se espante se ainda encontrar gente que o utiliza.

Sistemas como CRM e ERP vieram para substituir as velhas planilhas do Excel nas agências de marketing. Essas ferramentas são extremamente úteis para fazer a manipulação de dados e extrair as informações que as equipes precisam.

A empresa pode acumular uma quantidade gigantesca de dados ao longo do tempo. Por isso, saber como separar, analisar e usar essas informações coletadas de maneira proveitosa é essencial. Desse modo, a integração de dados simplifica a rotina operacional e ajuda a otimizar as tarefas do dia a dia.

Inovação

Estar por dentro das inovações do mercado é crucial para o desenvolvimento de estratégias de marketing mais eficientes. Nesse sentido, o uso de ferramentas que permitem a integração de dados é o método mais ágil e seguro para tirar proveito das informações.

A inteligência de dados possibilita criar estratégias mais detalhadas e, por sua vez, mais eficazes. Em um cenário que muda com extrema rapidez, acompanhar essas mudanças significa estar à frente da concorrência. De modo geral, há um grande impacto positivo em aplicar recursos tecnológicos na rotina.

Portanto, a inovação e a transformação digital são evoluções estratégicas que aumentam a competitividade no mercado. Nesse cenário de mudanças diárias, é melhor se preparar e aproveitar a inteligência de dados a favor do crescimento do seu negócio.

Competitividade

Não são apenas os dados internos sobre a sua empresa que podem ser usados na inteligência de dados. As informações externas também são válidas e geram resultados incríveis.

Todos os dados colhidos sobre seus concorrentes podem ser estudados. Nesse caso, a inteligência de dados ajuda na separação dessas informações para que elas sejam usadas de forma estratégica. Portanto, quanto mais fontes de pesquisa, melhor. É importante ter uma variedade de referências para ampliar as possibilidades e aprofundar os resultados.

A partir da captação, análise e separação de dados, são gerados relatórios que apontam quais ações devem ser tomadas de acordo com os movimentos do mercado. Como resultado, você conhecerá mais profundamente seus concorrentes e poderá criar ações que aumentarão a competitividade.

Desempenho

A integração de dados é fundamental para que as equipes mantenham uma comunicação clara e estejam alinhadas. Um exemplo disso é aquela antiga disputa de marketing e vendas sobre a qualidade dos leads e o momento da abordagem.

Dessa forma, a integração de dados é uma mão na roda para as equipes. Afinal, além de trazer um melhor conhecimento sobre os leads, seus comportamentos e o momento na jornada de compra, essas informações integradas serão importantes para melhorar o desempenho das ações.

Em síntese, a inteligência de dados consegue alavancar todas as etapas do seu funil de vendas. E não é só isso, uma vez que são estratégias criadas com base em evidências. É importante ressaltar que os bons resultados não estão nos dados em si: o segredo do sucesso está no que se consegue extrair deles!

Para avaliar o desempenho desses processos, é essencial que você trabalhe com KPIs (Key Performance Indicators). É por meio deles que os resultados são avaliados, o que permite acompanhar o desenvolvimento da estratégia e fazer melhorias sempre que necessário.

Como implementar a inteligência de dados?

A construção da inteligência de dados é um forte avanço operacional. A tecnologia e a orientação por dados possibilitam um sistema mais integrado. A partir disso, é possível criar campanhas mais qualificadas, entender como o público se comporta e personalizar a mensagem para conquistar novos clientes.

Agora que você entende o que é a inteligência de dados e a sua importância, venha conferir como colocar isso em prática!

Definir objetivos

O primeiro passo é instalar uma cultura voltada para o uso de dados dentro da empresa. Somente após essa primeira etapa é que será possível iniciar o trabalho. Então, com toda a equipe ciente dos novos processos, chega a hora de definir quais são os objetivos que devem ser alcançados com a inteligência de dados.

Antes de tudo, os objetivos e metas devem estar dentro de um planejamento. Assim, você precisa realizar um estudo profundo sobre a empresa, destacando quais são os pontos fortes e o que ainda deve ser melhorado em relação ao uso de dados.

Isso deve ser feito como um exercício de autoconhecimento que dará suporte às decisões tomadas posteriormente. Portanto, compreender o contexto interno é o que mostrará quais objetivos precisam ser alcançados para que as suas estratégias avancem.

Estabelecer prioridades

Talvez durante essa autoanálise surjam muitos pontos que precisam ser observados com mais atenção. No entanto, você deve saber como estabelecer as suas prioridades. Para isso, entender o que seus concorrentes estão colocando em prática é muito importante. Como eles estão fazendo uso da inteligência de dados? A resposta dessa pergunta é chave para estabelecer suas prioridades.

A experiência do usuário é um dos aspectos fundamentais, não importa qual seja a empresa. É óbvio que a gestão quer melhorar tudo o mais rápido possível, otimizar os processos e melhorar os resultados. Entretanto, dificilmente todas as ações são praticáveis de uma só vez.

Então, escolher as prioridades e começar a organizar as etapas faz parte da implementação da inteligência de dados. Mesmo que as ações pareçam promissoras, elas devem ser realizadas no tempo certo.

Ter boas ferramentas 

 A escolha de quais ferramentas usar pode ser o divisor de águas na sua estratégia. Os softwares de automação permitem que você gerencie um grande volume de dados de maneira prática e objetiva. Ou seja, o CRM certo é o que ajudará na escalabilidade das suas vendas.

O CRM é onde ficam registradas todas as interações da sua empresa com os leads e clientes. Quando você usa uma boa ferramenta de gestão de relacionamento, fica bem mais fácil usar a inteligência de dados para que os leads avancem no funil. Todas as interações podem ser cruzadas com outros dados, o que mostra o melhor caminho a seguir em cada situação. 

Uma das maiores vantagens de usar um CRM para integrar dados é que as informações são padronizadas e acessadas mais facilmente. Cada etapa do funil de vendas pode ser monitorada de perto pela equipe, que observa os movimentos e tenta fazer a predição do próximo passo para se adiantar e fazer intervenções. 

Treinar o time 

As ferramentas de automação têm muitas funções que são mais intuitivas e fáceis de usar. Contudo, a equipe deve ser treinada para fazer análises mais aprofundadas e melhorar a capacidade de interpretação de dados para a tomada de decisões. Se um dos membros do time não souber como trabalhar com as informações, toda a ideia fica comprometida.

Nesse sentido, fazer o treinamento com as equipes, apresentar a ferramenta, os processos, mostrar o que cada pessoa fará e suas responsabilidades são elementos essenciais para o fluxo de trabalho. Os profissionais precisam entender a execução de tarefas e quais medidas tomar em cada momento.

Dito isso, fica claro que o treinamento adequado é uma parte extremamente importante na inteligência de dados, certo?

Como a inteligência de dados funciona na prática?

inteligência de dados

À primeira vista, a inteligência de dados parece um mar de oportunidades, não é mesmo? Porém, quando parte para a prática, muitas empresas ficam perdidas em meio a essa grande onda de informações. A implementação e o treinamento dos colaboradores são apenas uma parte do processo.

Portanto, na prática, a inteligência de dados serve para:

  • produzir informações de valor;
  • integrar dados em um único lugar (software de automação);
  • transformar dados em informações eficientes;
  • simplificar dados;
  • organizar o volume de informações para se ter acesso fácil;
  • criar campanhas e conteúdos personalizados e segmentados;
  • ter previsibilidade sobre os resultados;
  • tomar decisões embasadas e mais assertivas;
  • melhorar os investimentos e reduzir custos;
  • otimizar o funil de vendas.

Inteligência de dados e segurança da informação: como está de acordo com a LGPD?

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) entrou em vigor para garantir que os dados pessoais dos usuários sejam protegidos. Essa regulamentação é importante para que as informações sejam preservadas, sobretudo neste período em que os consumidores fazem muitas compras em e-commerces, inserem seus dados para realizar cadastros online e muitas outras ações virtuais.

A partir disso, a inteligência de dados deve ser usada com mais cautela, uma vez que deve respeitar a LGPD. A lei foi criada com o intuito de proteger os dados pessoais do usuário, entre eles:

  • nome;
  • endereço;
  • números de documentos;
  • e-mail;
  • telefones de contato.

Portanto, a Lei Geral de Proteção de Dados diz que essas informações só podem ser utilizadas com a permissão do usuário. Além disso, não é apenas a coleta que deve ser autorizada, mas também a distribuição, a reprodução, armazenamento, processamento ou qualquer outro modo de utilização desses dados pessoais em posse da empresa.

Nesse sentido, a autorização para o uso de dados é essencial para que você possa usar essas informações. Então, caso o usuário desautorize, será preciso complementar o trabalho de inteligência com outros métodos. O uso inadequado de dados gera consequências legais para a empresa.

Por isso, é interessante manter a transparência e adequar as estratégias de marketing para usar somente dados consentidos. Dessa forma, você fortalece a relação com seus clientes e garante a segurança de dados.

Por que o CRM da HubSpot é importante nesse cenário? 

Até aqui, já deve ter ficado clara a importância de usar um bom CRM para as estratégias de marketing e vendas, não é? Esse tipo de sistema ajuda ambos departamentos no acompanhamento de leads, além de ser útil para buscar as melhores oportunidades.

Além do mais, já pensou em ter um CRM com muitas funções? É exatamente essa a proposta da HubSpot. Temos um software que automatiza tarefas e que será imprescindível na sua estratégia de inteligência de dados e aumento das vendas

Conheça algumas das vantagens de usar nosso CRM nesse processo!

Gerenciamento de pipeline

Adotar a cultura de atualizar e usar os dados presentes no sistema CRM é fundamental. Afinal, o funil de vendas é otimizado quando essas informações são usadas de forma inteligente. O processo de vendas inicia desde a conversão do lead, passa pela nutrição e segue até que a compra seja finalizada. 

Dessa forma, o CRM ajuda a gerenciar essas etapas, aponta por meio dos dados quais leads estão prontos para avançar e tem um painel prático para fazer o acompanhamento. Ou seja, é um jeito otimizado de conferir as oportunidades e tomar medidas para direcionar os esforços do dia a dia.

Variedade de recursos

A ferramenta de CRM da HubSpot se destaca por ter uma grande variedade de recursos. Além de conseguir salvar mais de 1 milhão de contatos de usuários sem data de vencimento, ainda tem features como:

  • bate-papo;
  • e-mail de equipe;
  • bots;
  • caixa de entrada universal para as equipes;
  • rastreamento de negócios;
  • painel de relatórios;
  • agendamento de reuniões;
  • rastreamento e notificação de e-mail;
  • acompanhamento de prospects;
  • integração com outras ferramentas;
  • sincronização de dados.

Campanhas mais qualificadas

Fatores como o relacionamento com o cliente são muito beneficiados com o uso da inteligência de dados. Por meio da ferramenta CRM, você consegue atingir um nível mais elevado de conhecimento sobre seus leads. A partir dessas informações, é possível criar campanhas mais qualificadas para cada público.

Essa personalização faz parte da segmentação e direciona conteúdos e ações para seus potenciais clientes. Assim, o comportamento dos leads aponta o que considerar e qual o momento em que eles se encontram na jornada de compra.

Como resultado, a inteligência e integração de dados são responsáveis pela criação de campanhas mais enxutas, pois elas são direcionadas aos leads certos. Portanto, os processos são otimizados e garantem negociações de sucesso.

Visão mais ampla

Pense na facilidade de gerenciar contatos e controlar atividades com apenas alguns cliques. É isso que o CRM HubSpot proporciona. Dessa forma, as equipes conseguem ter uma visão ampliada do andamento de cada etapa. Com isso, podem ser feitos ajustes que mudam o desempenho das atividades.

Há também relatórios integrados que deixam claras as métricas e KPIs. Também são monitorados novos contatos, e a base de dados conta com informações de mais de 20 milhões de empresas — além de ser atualizada automaticamente.

Portanto, com o nosso software você tem acesso a dados que podem ser usados para enriquecer suas campanhas. Se quiser, também estão disponíveis mais de 650 integrações para conectar com o CRM e tirar proveito das funcionalidades de outros aplicativos. Então, a inteligência de dados será aplicada para poupar tempo e recursos.

Como adquirir o CRM da HubSpot?

O software de CRM da HubSpot é uma ferramenta que potencializa a produtividade de suas equipes e usa com maestria a inteligência de dados. Esse trabalho de construção e transformações é crucial em uma área que está em constante mudança. Além disso, os usuários e consumidores também mudam com frequência.

Por isso, o ideal é contar com profissionais e automações que possam fazer a análise e o uso de dados da forma correta em sua empresa. No marketing digital, um passo em falso pode representar a perda de clientes e queda na lucratividade. Então, aproveite o nosso CRM para que você possa, com mais recursos, ter maiores chances de converter leads, otimizar o atendimento e acelerar as vendas.

Em caso de dúvidas, nosso time de especialistas estará sempre a postos para ajudar na solução de problemas. Portanto, escolher a nossa ferramenta pode ser o seu primeiro passo em direção a uma nova era dentro da sua empresa. Assim, a transformação digital impulsionará o crescimento do seu negócio e aumentará o seu alcance no mercado.

A inteligência de dados é capaz de aportar maior precisão à tomada de decisões. Portanto, é uma estratégia que precisa ser adotada quanto antes, uma vez que o mercado continua evoluindo. Para isso, você pode começar a utilizar a inteligência de dados para contribuir com a geração de novos negócios.

Entre em contato e fale com um de nossos especialistas para conhecer mais sobre nosso CRM!

Presenting Data People Wont Ignore

 Como apresentar dados que as pessoas não podem ignorar

Originalmente publicado 05/07/2021 07:00:00, atualizado Julho 15 2021