Diante da pandemia causada pela Covid-19, uma das primeiras medidas adotadas para garantir a segurança das pessoas foi a suspensão de eventos que pudessem gerar aglomeração. Apesar das dificuldades geradas por essa providência, um novo mercado entrou em expansão: o de eventos online.

Pois é, a Covid-19 prejudicou em 98% o setor de eventos, o que exigiu criatividade e flexibilidade para superar os desafios e se estabilizar no novo cenário.

E observamos que os negócios se adaptaram muito bem à nova realidade, já que cerca de 95% deles já estão realizando eventos digitais ou híbridos como uma alternativa aos encontros presenciais — podendo ser uma opção até no futuro pós-pandemia, quem sabe?

Com tantas mudanças, é impossível fugir da necessidade de adaptação das estratégias de comunicação, marketing e vendas nesse novo ambiente. Quer saber mais sobre o assunto? Então, vem com a gente!

Por que investir em eventos online?

Os eventos online têm um papel importante na estratégia de Inbound Marketing, aumentando o engajamento de leads e prospects. Sem falar no fato de ajudar a desenvolver e capacitar equipes. Mas existem outras razões pelas quais você deveria começar a considerar essa alternativa. Confira!

Ajuda a manter o isolamento social

Não tem jeito: frente a uma pandemia que exige isolamento social, você precisa considerar novas opções para contornar os desafios e manter as pessoas em segurança. Os eventos online são uma maneira de envolver as pessoas sem precisar colocá-las em risco de contaminação pelo vírus.

Exige menos investimento

Os custos de eventos online e presenciais são bem diferentes. Se você já organizou algum evento presencial, sabe que as despesas são bem mais altas, incluindo:

  • aluguel de um local amplo;
  • contratação de serviços de decoração, equipe de apoio, divulgação;
  • locação de equipamentos;
  • contratação de sistemas de gestão de participantes;
  • alimentação.

Para um evento online, você precisará se preocupar apenas com as ferramentas e recursos que serão utilizados para a transmissão e a divulgação do evento. Bem mais barato, não é mesmo?

Tem maior alcance de audiência

Um inconveniente dos eventos presenciais é que você acaba limitando o alcance da sua audiência, além de poder receber apenas o número de pessoas que o espaço comporta. Se você fizer um evento em São Paulo, por exemplo, vai ficar bem difícil captar participantes de Pequim. Em um ambiente online, esse problema é bastante amenizado.

Converte mais vendas

O ambiente online é extremamente propício para a captação de informações durante toda a jornada do cliente em uma página ou em todo um site. Por isso, fica muito mais fácil entender o comportamento de um usuário e descobrir quais são os fatores-chave no seu processo de decisão, ajudando a converter mais vendas.

Gera mais indicadores para o negócio

O comportamento online de um público gera uma quantidade enorme de dados e informações que podem ser muito relevantes para a tomada de decisão. Com ferramentas como o Google Analytics, você rastreia todos os passos dos seus visitantes, entendendo o que realmente está captando sua atenção.

Quais são os elementos indispensáveis para um evento online?

Confira o que não pode faltar em um bom evento online!

Conhecimento aprofundado do público

Como você viu, existem diversos indicadores para o negócio. Esses dados são importantes para gerar um conhecimento mais aprofundado sobre o seu público, indicando suas preferências, seus focos de interesse e até mesmo o que chama a sua atenção em uma determinada página.

É claro que você pode ir além, descobrindo outros aspectos que serão muito relevantes para os seus eventos.

Temas e horários

Pense no modelo de evento, no tema que quer abordar e no nível de interação que haverá com os participantes. Da mesma forma, recomendamos que você estude quais são os melhores horários para fazer sua transmissão de acordo com cada plataforma.

Se você for usar stories do Instagram, por exemplo, os horários ideais serão diferentes do Zoom Meetings. Se o seu evento for em um final de semana, opte por fazer entre 09h e 18h. Já em dia de semana, é indicado agendar para depois das 18h30.

Definição e teste de ferramentas

Definir as ferramentas que serão utilizadas para as transmissões e gravações também é algo que você precisa fazer com antecedência, especialmente porque é necessário testá-las antes do grande dia. Por isso, certifique-se de garantir a qualidade do vídeo marketing. Se você não tiver alguém para dar um suporte, basta providenciar:

  • uma câmera de qualidade;
  • um microfone;
  • um computador com conexão de internet;
  • uma boa iluminação;
  • uma sala com poucos ruídos externos.

Estratégias de divulgação das ações

Boa parte do sucesso de eventos online depende das estratégias de divulgação que você vai adotar, de acordo com o objetivo do evento. Você pode usar:

  • redes sociais — compartilhe conteúdos relacionados ao evento e pequenos spoilers antes da divulgação oficial, brinque com a expectativa do seu público e proponha o uso de hashtags;
  • e-mail marketing — capte os dados do seu público por meio de outros canais e crie uma lista de e-mail marketing, dispare convites para os próximos eventos, compartilhe conteúdos relevantes sobre o tema;
  • anúncios — invista em anúncios pagos que aumentarão o alcance das suas redes sociais (Instagram, Facebook, YouTube), monte diferentes textos para cada segmento de público;
  • divulgação interna — aposte no uso da divulgação por e-mail, poste nos grupos informais de comunicação, distribua convites físicos e fixe flyers pela empresa.

Frequência de realização

O interessante é que a duração dos eventos online seja mais curta. Isso porque ajuda os participantes a se organizarem e, caso o assunto seja mais longo, você pode dividi-lo em vários encontros, ofertando um conteúdo mais robusto.

Nesse caso, será preciso planejar a frequência de realização. O ideal é que você separe uma semana com apresentações diárias (segunda, terça, quarta, quinta...) ou, então, com intervalos de alguns dias.

Além disso, é importante planejar cuidadosamente as diferentes atrações do evento online. Haverá convidados ou participações especiais? Os espectadores poderão participar em algum momento fazendo perguntas? Essas e outras perguntas podem ajudar você a se preparar melhor.

1. Treinamentos

Você pode promover treinamentos por meio de cursos e workshops online, de forma econômica, fácil e dinâmica. No entanto, a didática é um pouco diferente, já que no formato a distância é muito mais fácil perder o foco e acabar se distraindo do conteúdo.

Por isso, contrate profissionais que já estejam adaptados com esse formato e busque estratégias que aumentem o envolvimento dos participantes, permitindo que eles façam perguntas e interajam.

2. Palestras ou webinars

As palestras ou webinars também são ótimas alternativas para eventos online, já que reúnem profissionais com expertise em áreas distintas para contribuir acerca de um mesmo tema.

A parte boa é que você não precisa lidar com a dificuldade de trazer fisicamente essas pessoas para um mesmo ambiente: ainda que elas estejam em países diferentes, o diálogo continua sendo possível.

3. Entrevistas

As entrevistas são ideais se você quer promover um encontro com um convidado especial, como uma autoridade em determinada área ou mesmo um profissional sênior da empresa.

Nesse formato de evento, você precisa escolher um entrevistador, que abordará diretamente o entrevistado. Os espectadores, nesse caso, podem participar enviando perguntas por chat em texto.

4. Rodas de conversa

Os bate-papos mais informais são geralmente conhecidos por meetups e reúnem pessoas diferentes com um interesse em comum. Em outras palavras, esse tipo de evento funciona como uma rede social para compartilhar, em tempo real, ideias e objetivos. Esses grupos são montados com certa antecedência e, por isso, apenas convidados têm acesso no momento da transmissão.

5. Lives

Logo no começo da pandemia, as lives dominaram o ambiente online, fazendo com que muita gente torcesse o nariz para elas pouco tempo depois. Entretanto, se você tiver uma boa ideia e um nome importante como convidado, por que não fazê-las? Quando a proposta chama a atenção e a divulgação é bem-feita, você, com certeza, está no caminho do sucesso!

Como você viu, planejar eventos online não é tão difícil e já é algo que está sendo adotado por diversas empresas. Além disso, é um recurso essencial para melhorar suas estratégias de marketing, aumentar o engajamento do público interno e até mesmo otimizar os custos relacionados à área.

Você conferiu algumas das principais dicas para dar os primeiros passos em direção aos eventos online da sua empresa. Agora, basta escolher o formato que mais se alinha ao seu objetivo, aprofundar seus conhecimentos e colocá-los em prática.

Se você gostou deste conteúdo sobre eventos online, não deixe de conferir o passo a passo para criar o seu webinar!

Visual Storytelling For Master Marketers

Originalmente publicado 22/02/2021 11:59:30, atualizado Fevereiro 22 2021

Temas:

Inbound Marketing