Momentos de crise não são novidade para o mundo ou para o Brasil. Debates políticos à parte, sabemos que a economia está sofrendo durante a pandemia global e as empresas estão procurando novas maneiras de investir.

Existem grandes divisões nas indústrias e nos indivíduos impactados e, no centro desta crise, há também uma história humana e uma oportunidade de crescimento. Portanto, esse post não tem o intuito de menosprezar as dificuldades que os outros estão enfrentando.

Veja nossos dados sobre como a crise está afetando as métricas de marketing e vendas de nossos clientes. Você pode filtrar os dados do Brasil em "Região" e clicar em "LATAM" no gráfico.

Porém, eu acredito que nós podemos nos livrar dessa confusão ao, basicamente, pisar no acelerador da inovação e dobrar o esforço em nossas estratégias de crescimento. E não fazer nada ou desistir das nossas estratégias, porque tememos que poderia ficar pior, seria desastroso para cada um de nós individualmente, para as empresas que gerimos e para a economia coletiva.

Uma das áreas em que muitas empresas estão inovando é em suas estratégias de marketing digital. Com fracasso econômico ou não, muitas empresas estão investindo significativamente em estratégias de inbound marketing. Eles estão publicando conteúdo, projetando seus websites como máquinas de captura de leads e utilizando tecnologias analíticas para melhorar a eficiência de vendas. Essas empresas estão inovando seus processos de vendas e marketing e, mais importante ainda, encontrando formas em que as vendas e o marketing possam trabalhar juntos para fazer crescer o negócio de maneira mais rápida e rentável.

Veja 6 razões pelas quais você não deveria deixar a crise impedi-lo de fazer decisões sobre a sua estratégia de marketing digital:

Esteja onde as pessoas estão procurando

Inbound vs. Outbound. A internet é basicamente um canal de marketing “inbound” onde você pode “puxar” os prospects para você, por estar onde eles estão procurando pela sua solução. A internet pode oferecer oportunidades de vendas prontas. Se eles estão procurando pela sua solução, o seu ciclo de vendas será, naturalmente, mais curto.

Observando os dados de nossos clientes no Brasil, podemos ver um aumento nas visitas a sites desde o início da crise. Esta é uma oportunidade para melhorar a experiência no seu site, criar novos canais para engajamentos como chatbots e aumentar suas ofertas de comércio eletrônico, se isso fizer sentido para os seus negócios.

Nesse caso, o carnaval serve como um bom ponto de referência. Antes da queda devido ao feriado, observamos uma média de visitas ao site e, à medida que a crise aumentava de magnitude, o tráfego do site aumentou e continuava acima do valor de referência.

trfego-do-site-por-regio

Gaste tempo, não dinheiro

Quase todas as estratégias de marketing na internet exigem mais do seu tempo e menos do seu dinheiro, em comparação ao marketing tradicional e à solução de publicidade tradicional.

Criando mais conteúdo por meio de recursos internos ou freelancers, gastando tempo revisando seus fluxos de trabalho e alimentando e-mails de nutrição para garantir que esses ativos estejam se adaptando à situação atual. É um ótimo momento para adicionar vídeo 1:1 ao seus emails de vendas, demonstrando empatia e disponibilidade para ajudar. Você também pode aproveitar as empresas que estão aumentando os limites de software gratuito. A HubSpot, como exemplo, aumentou os limites das nossas ferramentas gratuitas e começar hoje com funcionalidade adicional para ajudá-lo a se adaptar.

Tudo é mensurável

Você pode testar tudo. Algumas pessoas ficam um pouco obsessivas com a medição de cada movimento. Nem toda conexão em uma rede social, ou todo e-mail que você envia, ou cada blog post que você escreve vão se transformar em um negócio. Mas, quando as suas atividades de marketing online se transformam em leads, oportunidades e vendas, você saberá exatamente qual atividade fazer novamente.

Seus concorrentes estão mudando seus gastos

De acordo com nossa pesquisa de empresas brasileiras, 85% dos profissionais de marketing estão planejando aumentar os gastos com marketing de conteúdo em 2020. Você vai conceder espaço para os seus competidores?

Além de várias iniciativas destinadas a ajudar seus clientes ou a sociedade em geral, também estamos vendo empresas mudarem de varejo para montar seu primeiro comércio eletrônico, equipes de vendas de campo em transição para inside sales e muito mais. Ainda não temos todos os dados sobre essa tendência, mas converso regularmente com nossa equipe de vendas e essa transição é algo em que muitas empresas estão se concentrando em 2020, mais do que nunca.

Melhoria constante

Se você está fazendo a mesma coisa que você fazia para divulgar seu negócio há 25 anos trás, as chances de ter sucesso ao longo prazo vai apenas diminuindo. O grande desafio para você é que você provavelmente não sabe o que está funcionando e o que não está funcionando (veja #3 acima). A mensurabilidade tem um efeito colateral muito interessante. Desde que agora você pode medir as coisas, você pode melhorá-las. Eu não estou falando de ajustar cores e cópias. Eu estou falando sobre a capacidade de entrar no escritório do CEO e mostrar como você entregou mais oportunidades ao time de vendas com um orçamento menor.

Iniciar ou melhorar sua automação de marketing atual, atualizações do seu site (veja #1 acima) e construir uma máquina de vendas interna são adaptações que ajudarão você a longo prazo, independentemente do cenário econômico, mas que se tornaram necessárias na época do Covid-19. 

Veja muito mais conteúdo criado pa ajudar as empresas durante essa transformação digital acelerada:

New call-to-action

Originalmente publicado 03/06/2020 12:38:12, atualizado Junho 03 2020

Temas:

Marketing Digital