Trabalhar em casa é incrível… até o gato caminhar pelo seu teclado e estragar um e-mail importante. Ou seu vizinho acionar todo tipo de ferramentas elétricas e máquinas barulhentas enquanto você está em uma reunião com todos os superiores, não é?

Melhore a sua presença no LinkedIn com este kit gratuito

Até pouco tempo atrás, trabalhar em casa era um luxo que nossas respectivas empresas ofereciam. Hoje, é uma realidade cada vez mais necessária — seja por segurança ou para trazer maior satisfação aos colaboradores. Mas qual ambiente nos permite ser mais produtivos: o escritório em casa ou o da empresa?

No escritório, é comum que os seus colegas de trabalho representem uma ameaça maior, impedindo que você fique 100% concentrado e focado. Eles passam por sua mesa, conversam um com o outro e convidam você para um café no meio de um raciocínio importante. Acontece mesmo! De fato, é bom ter os benefícios sociais de um local de trabalho, mas pode se tornar um desafio se você se distrair com facilidade.

Já no home office, no entanto, é bem provável que você se torne seu pior inimigo. Isso porque, quando não está cercado por colegas de trabalho, fica livre para abandonar essas distrações… e assumir outras! Em casa, ninguém está te olhando. Você não sente a mesma pressão dos colegas ou a obrigação comunitária de fazer as coisas. Além disso: você não precisa usar nem sapatos! Por isso, a autogestão é tão essencial.

Então, para não cair na tentação de postergar uma atividade depois da outra e minar sua produtividade, compilamos ótimas dicas e truques para trabalhar em casa da forma mais eficiente possível!

1. Comece cedo

Ao trabalhar em um escritório, seu deslocamento matinal pode ajudá-lo a acordar e se sentir pronto para trabalhar quando chegar à sua mesa. Em casa, porém, a transição do travesseiro para o computador pode ser muito mais dissonante.

Acredite ou não, uma maneira de trabalhar em casa de forma produtiva é mergulhar em sua lista de tarefas assim que acordar. O simples início de um projeto pela manhã pode ser a chave pra progredir gradualmente ao longo do dia. Caso contrário, você prolongará o café da manhã e deixará a lentidão matutina acabar com sua motivação.

“Quando trabalho em casa, acordo, tomo uma xícara de café e começo a trabalhar imediatamente — muito antes do horário normal de trabalho. Só começo a fazer o café da manhã depois de bater uma meta ou precisar de um descanso. Sou uma pessoa da manhã e descobri que posso fazer uma tonelada de coisas nas primeiras horas do dia, então isso funciona muito bem para mim.” — Lindsay Kolowich

2. Finja que você está entrando no escritório

A associação mental que você faz entre o trabalho e o escritório pode torná-lo mais produtivo — e não há razão para que esse sentimento se perca ao trabalhar de maneira remota.

Em casa, faça tudo que você faria ao se preparar para uma função no escritório: defina seu alarme, faça (ou vá buscar) café e use roupas bonitas. Navegadores da internet como o Google Chrome permitem que você configure várias contas com diferentes barras de ferramentas na parte superior. Por exemplo, uma barra de ferramentas para a página inicial e uma barra de ferramentas separada para o trabalho. Utilize elas a seu favor.

“Prepare-se totalmente para o dia e finja que vai realmente trabalhar. Caso contrário, você poderá se encontrar de volta na cama.” — Anna Faber-Hammond

3. Estruture o seu dia como faria no escritório

Ao trabalhar em casa, você é seu gerente pessoal. Sem coisas como uma agenda de reuniões presencial para acabar com seu dia, você pode perder rapidamente o foco ou se esgotar. Ou mesmo ficar distraído com qualquer coisa que você possa ver através da janela.

Para manter o cronograma, segmente o que você fará e quando ao longo do dia. Se você tiver um calendário on-line, crie eventos pessoais e lembretes que informam quando mudar de marcha e iniciar novas tarefas. O Google Agenda facilita isso!

“As manhãs são para escrever enquanto você estiver no escritório? Use o mesmo horário em casa. Embora você provavelmente realize tarefas mais rapidamente em casa do que no trabalho, essa estrutura ajudará a mantê-lo concentrado e produtivo.” — Ginny Mineo

4. Escolha um espaço de trabalho dedicado

Só porque você não está trabalhando em um escritório não significa que não pode, de fato, ter um home office. Em vez de se prender em seu quarto ou no sofá — espaços associados ao tempo de lazer — dedique uma sala ou superfície específica em sua casa ao trabalho.

“Tenha um lugar para onde você vá especificamente ao trabalho. Pode ser uma certa mesa, cadeira, cafeteria local — algum lugar que seja consistentemente o seu ‘espaço de trabalho’. Isso ajuda você a entrar no estado de espírito certo.” — Sam Mallikarjunan

5. Torne mais difícil para você mexer nas mídias sociais

As mídias sociais foram projetadas para facilitar a abertura e navegação rápida. No trabalho, porém, essa conveniência pode prejudicar sua produtividade.

Para acabar com essa facilidade de uso durante o horário de trabalho, remova-as dos atalhos do navegador e, de acordo com a Fast Company, faça logout de todas as contas. Você pode até considerar trabalhar principalmente em um ambiente particular ou, se estiver usando o Chrome, em uma janela anônima do navegador.

Isso garante que você permaneça desconectado de todas as suas contas e que cada pesquisa na Web realizada não preencha automaticamente a palavra que você está digitando. É uma garantia de que você não será tentado a fazer muitos intervalos sociais durante o dia.

“Eu removo todas as redes sociais dos meus favoritos da barra de ferramentas. Mesmo que eu não pretenda procurá-las, algum impulso incontrolável clica subconscientemente nelas quando eu sofro um tempo de inatividade. Você pode ser sugado sem saber (ou mesmo pretendendo), então, a eliminação do gateway para essas redes me mantém no caminho.” — Alec Biedrzycki

6. Comprometa-se a fazer mais

Os projetos sempre levam mais tempo do que você pensou de início, muitas vezes. Por esse motivo, você frequentemente realiza menos do que programou. Portanto, assim como é incentivado a superestimar quanto tempo você gasta fazendo uma coisa, também deve superestimar quantas coisas fará durante o dia.

Mesmo que não atinja seu objetivo, ainda assim sairá desse dia com uma sólida lista de tarefas arquivadas em “concluído”.

“Nossa equipe tem uma reunião rápida todas as manhãs, na qual compartilhamos o que estamos trabalhando para o dia. Nos dias em que estou trabalhando em casa, costumo me comprometer um pouco com o que entregarei naquele dia. Isso ajuda a me manter honesto, então, mesmo que eu sinta vontade de fazer outra coisa, sei que já dediquei certa quantidade de trabalho à minha equipe.” — Corey Wainwright

7. Trabalhe quando estiver mais produtivo

Ninguém faz sprint no trabalho de manhã à noite — sua motivação naturalmente diminui e flui ao longo do dia. Quando você está trabalhando em casa, contudo, é ainda mais importante saber quando esses fluxos e refluxos ocorrerão e planejar sua programação em torno disso.

Para capitalizar seus períodos mais produtivos, salve suas tarefas mais difíceis para quando souber que estará no espaço certo para elas. Use pontos lentos do dia ao eliminar as tarefas logísticas mais fáceis que também estão no seu prato.

A Verily Magazine chama essas tarefas de “pequenos atos de sucesso” e elas podem ajudar a criar seu momento nos projetos mais pesados que estão esperando por você mais tarde.

“Para mim, os momentos mais produtivos do dia são geralmente de manhã cedo ou tarde da noite. Reconheço isso e tento planejar meu dia de acordo. Além disso, a música que realmente me anima ajuda muito!” — Brittany Leaning

8.Guarde as chamadas para a tarde

Às vezes, estamos tão cansados de manhã que nem queremos ouvir nossa própria voz — quanto mais conversar com outras pessoas. Você não precisa dedicar muito tempo para se tornar produtivo pela manhã, mas pode dedicar um tempo extra a si próprio antes de trabalhar diretamente com os outros.

Se você está lutando para apresentar um cronograma de trabalho razoável para si mesmo, como um telecommuter, comece com as tarefas solitárias pela manhã. Guarde telefonemas, reuniões e outros trabalhos colaborativos para quando você “acordar” oficialmente.

“Aproveite o horário da manhã para dar andamento a projetos robustos sem distrações e guarde todas as ligações ou reuniões virtuais para a tarde.” — James Gilbert

9. Concentre-se em uma distração… como um bebê!

Há uma expressão por aí que diz: “se você quer algo feito, pergunte a uma pessoa ocupada”. Já ouviu? A regra bizarra, mas verdadeira, da produtividade é que quanto mais ocupado você estiver, mais você realmente fará. É como a lei da inércia de Newton: se você estiver em movimento, ficará em movimento. Se você estiver em repouso, ficará em repouso.

E as pessoas ocupadas estão em movimento rápido o suficiente para ter o momento necessário ao concluir qualquer coisa que surja na sua mesa. Infelizmente, é difícil encontrar coisas para ajudá-lo a atingir esse nível de ocupação quando você está em casa — sua motivação pode mudar muito facilmente.

A principal gerente de marketing da HubSpot, Pam Vaughan, sugere se concentrar em algo que mantenha seu ritmo (no caso dela, é sua filha).

“Quando trabalho em casa, minha filha de 20 meses também está em casa. Parece contraditório, mas, porque tenho que cuidar dela e mantê-la feliz e entretida enquanto ainda trabalho, essa pressão ajuda a me manter focada. Quando ela está cochilando ou se divertindo, eu entro no modo de trabalho superprodutivo.
É a mesma ideia do porquê de algumas pessoas trabalharem melhor quando têm horários muito ocupados — você aprende a gerenciar seu tempo MUITO eficientemente. A ‘distração’ da minha filha (quero dizer da maneira mais amorosa possível) significa que não posso sucumbir a outras distrações comuns da casa — lavar roupa, ligar a TV, tarefas domésticas — ou então eu nunca realizaria nenhum trabalho real.” — Pamela Vaughan

10. Planeje o que você trabalhará antes do tempo

Passar um tempo descobrindo o que você fará hoje pode impedir que realmente faça essas coisas. Além disso, já planejou sua lista de tarefas tão recentemente que pode ficar tentado a mudar sua agenda rapidamente.

É importante deixar sua agenda mudar, se precisar, mas é igualmente importante se comprometer com uma agenda que descreve todas as tarefas antes de começá-las. Tente solidificar sua programação no dia anterior, tornando-a mais oficial quando você acordar no dia seguinte para começar a usá-la.

“Se eu estiver planejando trabalhar em casa em um determinado dia, me assegurarei de concluir qualquer trabalho antes que eu precise estar no escritório: por exemplo, se estiver trabalhando em uma tarefa que seria infinitamente mais fácil concluir por meio do acesso à minha grande tela de monitor ou se precisasse agendar reuniões com colegas de trabalho que são melhores de encontrar pessoalmente. Planeje sua semana com antecedência para otimizar os ambientes em que estará.” — Niti Shah

11. Use a tecnologia para permanecer conectado

Trabalhar em casa pode ajudá-lo a se concentrar no seu trabalho a curto prazo, mas também pode fazer com que você se sinta impedido de realizar uma operação maior que acontece no escritório. As ferramentas de mensagens instantâneas e videoconferência podem facilitar o check-in com colegas e lembrá-lo de como seu trabalho está contribuindo com o cenário geral.

“Parte do que nos permite trabalhar em casa com muito mais frequência agora é a variedade de aplicativos e ferramentas projetadas para ajudar a remover a distância como uma barreira entre os membros da equipe. Encontrar as ferramentas certas para manter você e sua equipe conectados é importante para ser produtivo em casa.
Na HubSpot, usamos o Slack para manter as conversas a distância, o Trello para nos organizar em torno das prioridades e o Google Hangouts e o Webex para tornar as reuniões remotas produtivas. Obter a pilha certa de ferramentas de suporte para se adequar ao seu estilo de trabalho faz uma grande diferença.” — Meghan Keaney Anderson

12. Combine sua música com a tarefa em mãos

Durante a semana, a música é a trilha sonora da sua carreira (isso é brega, mas, admita, é verdade). E, no trabalho, as melhores listas de reprodução são diversas — você pode ouvir músicas que correspondam à energia do projeto em que está trabalhando.

As trilhas sonoras de videogame são excelentes nisso. No próprio jogo, esse tipo de música sem letra é projetada para ajudar você a se concentrar. Então faz sentido que também o ajude a focar no seu trabalho.

Quer outros gêneros? Pegue-os da Ginny Mineo, que oferece suas próprias preferências de música de trabalho logo abaixo.

“Quando estou respondendo e-mails, preciso de um rap ou um R&B intenso e contagioso (como Nicki Minaj ou Miley Cyrus) tocando nos meus fones de ouvido, mas, quando estou escrevendo, Tom Petty é o truque. Encontrar a música que me motiva e me ajuda a concentrar em tarefas diferentes (e, em seguida, manter essas listas de reprodução para essas tarefas) mudou completamente minha produtividade de trabalho remoto.” — Ginny Mineo

13. Lave roupas como um cronômetro de trabalho

Você pode ter ouvido que escutar apenas duas ou três músicas no chuveiro pode ajudar a economizar água. E é verdade; ouvir algumas de suas músicas favoritas começarem e terminarem, uma após a outra, pode lembrá-lo há quanto tempo você está no banheiro e diminuir o tempo de lavagem.

Por que trazer isso à tona? Porque o mesmo princípio geral pode ajudar a permanecer na tarefa ao trabalhar em casa. Mas, em vez de três músicas da sua lista de reprodução, lave a roupa.

Lavar a roupa é um cronômetro interno para seu trabalho em casa. Portanto, use o tempo para iniciar e concluir algo da sua lista de tarefas antes de alterar a carga. Comprometer-se com uma tarefa durante o ciclo de lavagem e outra durante o ciclo de secagem pode treiná-lo para trabalhar de maneira mais inteligente em tarefas com as quais você pode tecnicamente ter o dia todo para mexer.

“Já foi dito, mas acordar cedo e fazer as coisas antes que outras pessoas estejam on-line funciona para mim. Eu também lavo roupas quando trabalho em casa e defino minideadlines para mim, correspondentes a quando preciso descer as escadas para mudar a carga. Se estou trabalhando em um artigo, digo a mim mesma que chegarei a um certo ponto antes que o ciclo de lavagem termine. Depois, defino outra meta para a secadora.” — Emma Brudner

14. Comunique expectativas com quem estiver em casa com você

Claro, você pode estar trabalhando em casa, mas ainda tem “companhia”. Certifique-se de que todos os colegas de quarto, irmãos, pais, cônjuges e cachorros (bem, talvez não os pets) respeitem seu espaço durante o horário de trabalho. Só porque está trabalhando em casa não significa que você está 100% disponível.

“Se alguém mais estiver em casa quando estiver trabalhando, é preciso que fique claro que, quando você está no seu ‘escritório’ (no meu caso, meu sinal para a minha família é quando estou com fones de ouvido), está trabalhando — mesmo que pareça e sinta que está em casa. É fácil se distrair com as muitas coisas que precisam ser feitas em casa durante o dia.” — Sam Mallikarjunan

15. Faça pausas claras

Trabalhar remoto faz com que você evite pausas com medo de perder a produtividade? Melhor rever isso! Não deixe a culpa de trabalhar no prédio em que dorme impedir que tome cinco minutos para relaxar. Em vez de apenas abrir o YouTube e assistir a alguns clipes para se confortar, use suas pausas para se afastar da mesa.

“Pausas, como preparar seu almoço, podem recarregar você para fazer um trabalho melhor. Não pense que precisa trabalhar 100% do tempo enquanto estiver em casa para ser mais produtivo.” — Ginny Mineo

16. Interaja com outros humanos (mesmo que remotamente)

Lembre-se de que você está trabalhando em casa, não na lua. A interação com outras pessoas durante o dia é permitida, mesmo que elas não sejam suas colegas de trabalho. De fato, é uma boa ideia ver outro rosto durante o dia em que a maior parte do seu tempo é solitário, mesmo se for apenas pela teleconferência. Aproveite para conectar com velhos amigos e colegas!

“Certifique-se de ainda se conectar com humanos, com quem não trabalha. Isso mantém sua sanidade.” — Corey Wainwright

17. Prepare suas refeições na noite anterior

Quando você está em sua própria casa, pode ser tentador gastar um tempo preparando um café da manhã e um almoço superagradáveis, incluindo picar e cozinhar. Não use minutos preciosos para preparar sua comida no dia do trabalho — cozinhe-a na noite anterior.

Preparar os alimentos com antecedência garante que você possa realmente usar o horário das refeições para comer, sem realizar tarefas que não sejam do trabalho, pois gastam energia que seria melhor usada em sua mesa.

“Cozinhar em casa é um tempo que você não teria gasto se estivesse no escritório naquele dia, e eu acho que os minutos podem realmente pesar no final. Para atenuar isso, tento cozinhar e preparar minhas refeições na noite anterior, como faria se tivesse que ir ao escritório por um dia.” — Lindsay Kolowich

18. Escolha um horário final definitivo a cada dia

Você pode ter a impressão de que trabalhar em casa estabelece mais equilíbrio entre vida pessoal e profissional, mas tenha cuidado com essa suposição. Trabalhar em casa também pode parecer estar em um cassino — você tende a ficar tão envolvido em sua atividade, em um ambiente relaxante, que perde a noção completa do tempo.

Assim como os colegas de trabalho que fazem as bolsas e saem do escritório lembram você a fazer o mesmo, defina um alarme no final do dia para indicar que seu turno normal está chegando ao fim. Não precisa parar exatamente nesse horário, mas, saber que o expediente acabou, tecnicamente, pode ajudar a iniciar o processo de salvar seu trabalho e encerrar a noite.

“Se você trabalha em casa em período integral (ou regularmente), é realmente fácil deixar sua vida profissional influenciar em sua vida pessoal. Manter um limite é importante para as duas partes da equação.” — Tyler Littwin

19. Mantenha a TV ligada em segundo plano

“Passei meus dois primeiros anos de faculdade trabalhando em casa como escritor freelancer. De todas as dicas, truques e segredos que descobri por ser mais produtivo em casa, um se destaca dos demais: colocar o History Channel. Sem brincadeiras. Apenas mantenha o History Channel em segundo plano em um volume baixo, e eu juro que você fará as coisas (não sei exatamente por que esse truque funciona, mas só posso supor que ele tenha algo a ver com alienígenas antigos.)” — Erik Devaney

Agora, queremos compartilhar algumas outras dicas que, particularmente, consideramos muito importantes!

20. Escolha e prepare um espaço de trabalho

Sabemos que nem sempre é possível adaptar um cômodo da casa exclusivamente ao trabalho, mas, se você puder, faça. Separe e organize um espaço com tudo o que você precisa para se sentir motivado a realizar suas tarefas. Tenha uma mesa e cadeira confortáveis e ergonômicas, invista em uma decoração estimulante e certifique-se de que é um local que oferece certa privacidade, sem interrupções.

Pode ser no canto da sala ou simplesmente um quarto destinado exclusivamente para isso. O importante é que, ao se acomodar nesse espaço, seu cérebro entenda que você está ali para trabalhar, portanto, coloque seus fones e esqueça o mundo “lá fora”.

21. Estabeleça uma rotina

Têm dias em que acordamos nos sentindo superprodutivos e em outros parecemos apenas nos arrastar para fora da cama, já percebeu? Quando precisamos sair de casa para trabalhar, somos obrigados a nos despertar e a começar o dia, sim ou sim. Em casa, essa missão fica um pouco mais difícil, como se subíssemos mais uma fase no jogo do home office.

Para não ceder e se emaranhar nas cobertas, é preciso focar na sua rotina. Assim como em uma empresa, trabalhar em casa exige que você tenha alguns procedimentos claros para que, quando sua inspiração tirar folga, continue produzindo sem procrastinar — ainda que de maneira mais lenta.

Além disso, sua rotina é seu rito de concentração. Levante da cama, vá para o chuveiro, prepare seu café, sente-se à escrivaninha, ligue o computador… quando você segue esses mesmos passos por dias consecutivos, ganha um ótimo aliado à sua produtividade: o hábito.

22. Respeite suas necessidades

Você não é uma máquina e, apesar de todas essas dicas, haverá dias em que a coisa não anda e pronto. E, sinceramente? Está tudo bem. Às vezes, sua energia está baixa, sua imunidade está fragilizada ou simplesmente sua mente está esgotada. Não precisa se levar ao limite: respeite suas necessidades.

Nesses momentos, experimente suspender o que está fazendo e tente algo diferente. Vá caminhar em volta do quarteirão, ligue para alguém que melhora seu humor, mantenha-se alimentado e hidratado ou simplesmente tire um cochilo de alguns minutos.

Seu corpo é como um veículo que precisa de combustível e manutenção para funcionar. Quando você está na empresa fica mais difícil adaptar essas paradas, mas, em casa, você pode simplesmente aproveitar essas pequenas pausas e se recarregar.

23. Identifique os momentos de alta de produtividade

Sua produtividade funciona em ondas. Se você tentar monitorar sua energia durante o dia todo, é natural que identifique alguns momentos em que “surfa o flow” e outros em que bate aquela preguiça que deixa tudo lento e pesado.

É provável que se você tentar realizar alguma tarefa muito complexa durante esses períodos mais lentos sentirá extrema dificuldade — parecerá que as coisas não andam. Da mesma forma, utilizar seus instantes de pico para fazer algo simples é um verdadeiro desperdício de energia.

Sabe o que funciona? Aproveitar toda sua carga e inspiração para resolver as atividades difíceis e deixar os momentos pesados para dar um check naquelas que não exigem tanta atenção e esforço.

24. Use técnicas para aumentar a sua performance

Existem diversas técnicas disponíveis para ajudarem você a organizar seu tempo e se manter produtivo mesmo trabalhando em casa, sabia? Uma delas é a Pomodoro. Já ouviu falar? É muito simples. Na verdade, trata-se de um método de divisão do tempo de trabalho em pequenos blocos de concentração e descanso, que ajudam a manter o foco sem sobrecarregar.

Ele pode ser utilizado da seguinte maneira:

  • 25 minutos trabalhando concentradamente sem parar para nada;
  • 5 minutos de intervalo ao final de cada bloco de trabalho;
  • 30 minutos de descanso após repetir 4 ciclos.

Nos intervalos, você pode aproveitar para tomar água, ir ao banheiro, fazer alongamentos, brincar com o cachorro, com as crianças ou simplesmente “dar as caras para o dia lá fora”.

25. Esteja disponível para reuniões

Mesmo que você não esteja fisicamente presente, é preciso se manter disponível para os gerentes e supervisores. Por isso, além de estar atento às suas tarefas diárias, lembre-se de ser lembrado por eles, seja por um e-mail ou mesmo reuniões.

Além disso, não economize contato com os seus colegas de trabalho. Sempre que necessário, alinhe informações, faça uma chamada ou envie uma mensagem comunicando o andamento dos projetos, conversando sobre estratégias, pedindo ou oferecendo dicas. Isso é importante não apenas para que você não se sinta sozinho, mas para que a equipe, como um todo, alcance resultados melhores.

26. Conte com o apoio de uma lista de tarefas

Como você define as suas prioridades e organiza as tarefas do seu dia? Mentaliza tudo pela manhã e torce para se lembrar de todos os itens no decorrer da jornada de trabalho? Isso é bem arriscado e pode drenar boa parte da sua produtividade!

Crie o hábito de utilizar uma lista de tarefas, anotando absolutamente tudo que precisa ser feito naquele dia. Se você quer manter tudo ainda mais organizado, disponha cada uma delas na ordem em que devem ser feitas. Caso queira levar esse passo a outro nível, eleja suas pendências entre:

  • urgentes — aquilo que já deveria ter feito, mas não fez ou está próximo de vencer o prazo;
  • importantes — tudo que deve fazer para que não se torne algo urgente;
  • circunstanciais — o que pode esperar ou não tem tanta importância assim.

27. Esteja em real sintonia com seu dia a dia

Um dos principais problemas de tentar organizar a rotina de trabalho em casa são as inconsistências entre as expectativas em relação aos horários. É preciso entrar em sintonia com seu dia a dia, conhecer o funcionamento do seu corpo, do seu cérebro, quando você é produtivo, quando não é, depois de quanto tempo começa a sentir cansaço e assim por diante.

Saber de tudo isso ajuda a tornar suas pausas mais estratégicas, além de distribuir as tarefas de forma mais alinhada no decorrer do dia. Se você sente sonolência depois do almoço, não deixe suas atividades mais difíceis para serem realizadas durante a tarde.

A parte boa de trabalhar em casa é justamente o fato de você ter essa flexibilidade para organizar seus horários de um jeito inteligente e estratégico. Agora que já tem a faca e o queijo na mão, chegou a hora de colocar todas essas dicas em prática para alcançar o seu sucesso mesmo ao trabalhar em casa.

Se quer continuar aprendendo e melhorando, aproveite para conhecer nosso manual da produtividade — um guia para você se tornar ainda mais produtivo!

Nova chamada à ação

 Como usar Linkedin para sua empresa

Originalmente publicado 26/03/2020 14:54:48, atualizado Junho 09 2022

Temas:

Produtividade