A curadoria de conteúdo agrupa um conjunto de estratégias que objetiva selecionar materiais interessantes para, assim, construir reflexões a partir deles.

Por conta da versatilidade, esse processo pode ser usado como suporte para cursos, aulas, vídeos e eventos técnicos. No mundo virtual, vem sendo empregado por vários negócios que buscam reforçar ações de marketing digital, com o objetivo de conquistar e se aproximar dos clientes.

Aprenda a usar conteúdo dinâmico e melhore suas interações com clientes

Não importa a finalidade: a curadoria de conteúdo é um meio eficiente de entregar valor ao público, além de criar conexões nos negócios. Preparamos este conteúdo exclusivo para você saber o que é esse conceito e como colocá-lo em prática. Boa leitura!

Diferentemente do que muita gente pensa, essa ação não se baseia na simples reprodução ou cópia de informações. É muito mais do que isso: engloba a lapidação e a estruturação para simplificar o aprendizado e, assim, contextualizar dados.

Podemos definir a curadoria de conteúdo como uma releitura, que necessita incluir créditos ao autor para inserir valor ao conteúdo original.

Nos últimos anos, esse método se tornou uma profissão impulsionada pela digitalização e pelo grande volume de dados. Se você observar melhor, estamos diante de uma das carreiras do futuro.

É preciso observar, no entanto, que ela já existia antes mesmo da Internet surgir, quando era praticada por editores de livros e jornais, por exemplo.

Foi no decorrer do desenvolvimento tecnológico — com o surgimento da Internet — que a função ganhou mais importância. Posto isso, percebemos que ela é praticada, principalmente, por especialistas em linguagem e comunicadores.

[Baixe agora] O guia definitivo para criar uma estratégia de marketing de  conteúdo

Por que fazer curadoria de conteúdo?

Sabemos que a curadoria de conteúdo trabalha para facilitar o aprendizado e otimizar a estratégia de marketing digital. Na primeira situação, especialistas em diversos segmentos atuam como curadores para, assim, identificar conteúdos confiáveis e relevantes.

Eles pesquisam, selecionam e organizam tudo isso com base em apresentações, livros, apostilas, aulas, entre outros. A missão é ajudar estudantes na formação do senso crítico e na melhoria de competências.

A curadoria de conteúdo digital e a estratégia de marketing de conteúdo têm uma meta diferente. Elas buscam atender às necessidades essenciais de interações e conteúdos de interesse.

Isso acontece porque, em canais como blogs e redes sociais, é preciso ter publicações frequentes para ser visto pelos seguidores ou pela audiência. Assim, exige-se um volume maior de material.

Por vezes, criar apenas conteúdos inéditos e únicos pode ser custoso e, ainda assim, não contribuir para a formação de conexões entre a marca e o público. Então, a curadoria se molda como uma solução eficiente para apresentar novos pontos de vista ao mercado, além de facilitar potenciais diálogos com outros players do mercado.

Quais são as etapas envolvidas na curadoria de conteúdo?

Quando se fala em etapas da curadoria de conteúdo, é preciso considerar alguns pontos importantes. Vamos ver quais são eles a seguir.

Pesquisa

Antes de escolher um post, link ou informação para publicar, promova uma pesquisa relacionada ao tema para verificar o que estão dizendo a respeito.

Com isso, você terá acesso a variados pontos de vista e modelos de conteúdo, analisando qual mais se aproxima do seu público.

Contextualização

Não adianta apenas fazer uma cópia de um post, sem apontar uma opinião ou comentar e adicionar dados que tenham relevância para os seus clientes.

O que eles querem é consumir conteúdo que seja capaz de despertar interesse e que possa gerar conhecimento ou entretenimento. Sendo assim, faça uma edição, referencie fontes e detalhe os motivos daquilo que deu utilidade ao material.

Compartilhamento

Cada canal de compartilhamento mantém suas próprias regras e tem objetivos diferentes. Antes de compartilhar, é importante entender e conhecer os canais, além de adequar a linguagem da mensagem e o espaço que ela vai ser disponibilizada.

Como fazer uma curadoria de conteúdo?

Geralmente, a curadoria de conteúdo segue algumas etapas para ter sucesso. Confira, agora, quais são elas.

Conheça a sua marca

Como toda ação de marketing digital, o primeiro passo é compreender bem aquilo que a sua empresa oferece aos clientes. Além disso, é preciso definir os elementos essenciais para qualquer estratégia de comunicação — online ou offline, para públicos externos ou internos.

Inicie suas atividades considerando a sua persona. Certamente, você já conhece bastante esse perfil e o utiliza na criação de outros conteúdos e na orientação de campanhas.

A persona é algo semifictício, que conta com características comuns de quem é o seu público. Ela tem uma idade, mora em alguma localidade, trabalha ou estuda, gosta de algo, passa por desafios, tem sonhos, entre outros aspectos. Além disso, você deve listar quais são os principais temas de interesse da sua persona.

Analise se a curadoria de conteúdo precisa ou não falar tudo. Seguir editorias de conteúdo é importante exatamente por ampliar a personalização e criar uma comunidade em torno de um tema relevante.

Faça publicações

O post de blog é uma excelente maneira de demonstrar os resultados da sua pesquisa por conteúdo. Existem negócios que escolhem compartilhar, por exemplo, os melhores artigos ou notícias da semana sobre algum tema.

Promover isso com uma certa frequência faz com que haja uma expectativa nos seus leitores.

Inserir um resumo autoral sobre o que o artigo trata auxilia o público no consumo desse conteúdo. Se for do interesse da pessoa, ela pode clicar no link do post original para fazer a leitura completa.

Inclusive, você pode fazer apontamentos no próprio blog ou utilizando o formato de lista, com links para as várias opções. Também é possível contar com um post mais específico sobre determinada publicação, em que não só seu negócio indica, como também comenta alguns pontos discordantes.

Tudo isso soma casos e experiências da própria organização em relação ao assunto, além de destacar aquilo que a empresa considera importante.

Varie os canais

A estratégia de criar uma curadoria de conteúdo precisa envolver muita criatividade. Quem não tem inspiração, certamente terá um resultado mais fraco.

Essa dica é importante para que você desenvolva ideias para qualquer canal. É interessante seguir perfis, acessar sites, escutar podcasts e assinar newsletters para criar a sua curadoria. Todas essas mídias funcionam como fontes de informação.

Com isso, os conteúdos vão chegar até você por vários meios. Um ponto interessante, aqui, é que mais uma forma de fazer curadoria de conteúdo é a precisão de salvar todas essas ideias e informações em apenas um lugar.

Aplique um método para centralizar a sua pesquisa e os insights sobre cada material. Isso vai evitar que você fique preso ao raciocínio inicial, além do retrabalho de ir em busca de determinado conteúdo que você já acesso, mas acabou se esquecendo.

Utilize fontes confiáveis

Considerar os canais em que você obtém informação é uma das etapas desse passo estratégico.

Assim, para se aprofundar nessa consulta e achar bons materiais, em vários formatos, procure as fontes daquilo que você busca. Isso vai aumentar muito as suas opções de conteúdos para a curadoria de marketing — garantindo, inclusive, uma melhor análise, além de originalidade para a sua produção.

Dê créditos

A curadoria não precisa, de modo algum, ser uma cópia de material de outras fontes. A estratégia é incentivar a leitura de materiais alheios, adicionando valor a eles.

É fundamental ter cautela não somente na seleção, mas no meio de apresentar o material e, notadamente, ao dar os créditos aos autores. Copiar o conteúdo de terceiros só vai fazer mal para o seu negócio.

Averigue cada conteúdo

Depois de escolher os conteúdos, é importante estudá-los para compreender se eles realmente fazem sentido para o seu público. O conteúdo evergreen, por exemplo, é fundamental nas estratégias de marketing de conteúdo.

Pergunte-se se esse conteúdo é mesmo importante para os seus clientes, veja se ele cria valor para quem o consome. Além do mais, é interessante saber se será necessária a publicação imediata — uma notícia, por exemplo.

Também é importante saber se ele pode servir como conteúdo de gaveta para quando faltarem ideias. Posto isso, opte pela qualidade, e não pela quantidade.

Faça testes em formatos diferentes

Vídeo, copywriting para blog, podcast, e-book e infográfico: todos são formatos diferentes e facilmente encontrados na Internet.

Para saber quais estilos o seu público gosta, o melhor é realizar testes. Com base no que fizer mais sucesso com os seus clientes, você pode melhorar as próximas pesquisas, direcionando-as para um formato específico.

Conte com processos definidos

Ter uma continuidade nas publicações é algo muito importante para negócios que investem em produção de conteúdo. Na curadoria, isso não é diferente. 

É essencial decidir como, quando e onde será compartilhada essa curadoria. Primeiramente, é preciso ter organização para se dedicar à seleção dos conteúdos. Em seguida, determine outro período para compartilhá-los em cada canal. 

Se você sabe que sexta-feira é o dia de enviar a newsletter com as melhores notícias da sua área, já pode se programar para promover a seleção de conteúdos antes disso. Então, estruture o e-mail e o deixe-o agendado na solução de e-mail marketing.

Quais são as vantagens da curadoria?

Você terá muitos benefícios com a curadoria de conteúdo no seu negócio. Saiba quais são eles.

Manter a frequência de publicações

Sabemos que publicar com muita frequência é complicado. A curadoria é um meio de manter relacionamentos e a interação do público com a sua empresa.

Em uma rede social como o Instagram, é interessante publicar com uma certa frequência, para que o algoritmo não penalize a sua organização.

Como é custoso ter conteúdo frequente e de ótima qualidade, indicar materiais de outras pessoas é uma ótima opção. Isso permite que você mantenha uma quantidade de interações alta no perfil do seu negócio.

Postar conteúdos úteis

Mesmo que os buscadores filtrem os dados usando o algoritmo para apresentar resultados próximos àquilo que se está pesquisando, eles não contam com a sensibilidade humana. Para a máquina, é inviável fazer uma análise mais profunda sobre algum tema.

Promover a curadoria de conteúdo significa filtrar materiais de diversas fontes e recomendar o que se julga mais interessante. Para que isso aconteça, é preciso considerar a relevância do tema, a qualidade do conteúdo e o perfil do seu público.

É muito benéfico para o leitor receber materiais de boa qualidade e comentados pelo editor do blog ou site — principalmente quando não for preciso fazer nenhuma pesquisa mais aprofundada sobre o tema.

Ser referência no segmento

Além de auxiliar o seu público, a curadoria de conteúdo também faz com que a sua empresa se torne uma referência no segmento de atuação. Pesquisando pelos materiais certos, você vai estar sempre por dentro das novidades do mercado e das necessidades do seu público.

Com isso, seu negócio vai passar a ser um destaque na área de atuação, além de ser uma marca à qual o seu público pode recorrer para se inteirar das novidades sobre algum assunto ou área de interesse.

Melhorar o SEO

As companhias que fazem curadoria de conteúdo também incentivam a criação do link building otimizado em SEO. Inserir links externos relevantes é visto como uma boa estratégia pelo Google.

Construir relacionamentos

Ao passo que os visitantes encontram materiais de ótima qualidade, você terá como resultado o retorno do público, que vai continuar acompanhando as publicações. 

Dessa forma, a curadoria também auxilia na estruturação de uma audiência. Você será capaz de estreitar laços com o seu público-alvo, relacionando-se frequentemente com clientes em potencial, por exemplo.

Conforme você viu ao longo do texto, a curadoria de conteúdo deve ser feita com estratégia e planejamento. Estamos falando de conteúdos inéditos, então, é preciso avaliar exatamente o que importa para o seu público.

O que você achou deste texto? Quer continuar aprendendo? Então, baixe o nosso e-book sobre conteúdo dinâmico para marketing e saiba mais sobre o assunto!

planejando-marketing-conteudo
 marketing de conteúdo

Originalmente publicado 18/05/2022 07:08:00, atualizado Junho 22 2022

Temas:

Marketing de Conteúdo