8 min remaining

Você já deve ter ouvido falar de software como serviço, ou SaaS, na sigla em inglês.

Uma empresa de SaaS vende software para um usuário como uma assinatura. Juntamente com a assinatura, a empresa oferece suporte técnico, atendimento ao cliente e opções de upgrade para maximizar a habilidade de seus clientes de usarem o software.

A HubSpot é um exemplo de empresa de SaaS. Nós vendemos um software (excelente, aliás) de marketing, vendas e serviço para que você possa expandir sua empresa. Mas existe um problema.

Com o tempo, nós descobrimos que as coisas não são tão lineares assim, e é muito raro os consumidores usarem um único software para tudo o que precisam. A solução que eles encontram costuma ser um plug-in aqui, um software ali, um widget lá, até que eles tenham uma opção complexa que, no todo, é a solução perfeita.

As expectativas dos consumidores mudou. Eles querem feedback instantâneo, soluções imediatas e acesso a tudo o que precisam para a solução de seus problemas.

Do ponto de vista do negócio, isso pode ter um custo alto e adicionar mais ferramentas ao software existente. Com uma demanda crescente, é difícil acomodar as necessidades de todos os clientes.

Além disso, a maioria das empresas de software tem sistemas segregados que pegam dados da nuvem e dos sistemas locais para completar sua pilha de aplicativos. A Ascend2 descobriu que 57% dos profissionais de marketing pensam que integrar tecnologias diferentes é a maior barreira para o sucesso.

O que acontece quando você tem sistemas diferentes operando em plataformas diferentes e cada uma delas desempenha uma função integral na sua empresa? Você acaba sujeito a perda de dados, informações desconexas e desalinhamentos.

Entre as expectativas do consumidor e os sistemas internos, precisamos encontrar uma forma de criar uma experiência mais homogênea.

O iPaaS é a solução.

O iPaaS é uma plataforma que conecta sistemas antes díspares para oferecer uma solução unificada aos clientes. Ele age como um condutor para a comunicação entre diversos sistemas e permite integração e compartilhamento de dados.

O iPaaS explora todo o potencial das plataformas e, conforme ficamos mais atrelados à nuvem, ele se torna uma parte crucial de todos os modelos de negócio.

Esse guia vai dar uma visão geral do iPaaS, explicar como ele funciona e quais são os principais benefícios.

A maior parte das empresas utiliza vários sistemas, especialmente entre os departamentos de vendas, marketing e serviços. O iPaaS é uma solução que integra softwares para compartilharem melhor os dados dentro da organização e, com isso, melhorar a comunicação entre diferentes silos.

O iPaas também permite que a empresa amplie sua oferta sem a necessidade de construir mais serviços. Em vez disso, ela pode integrar o que já tem com outro software que já ofereça esse serviço e oferecer uma solução unificada e mais robusta para os clientes.

Vamos dizer que você venda um software de agendamento que ajude cabeleireiros a agendar, gerenciar e enviar lembretes de horários para os clientes. Depois de desenvolver o produto, você percebe que seria interessante para os cabeleireiros que os clientes pudessem deixar avaliações e fazer pagamentos pelo software. Para atender a essa necessidade, você pode adicionar esses recursos ao produto ou usar o iPaaS para conectar seu software a um outro software já existente de avaliações e pagamento. Essa opção poupa tempo e dinheiro e expande sua oferta de serviços, atendendo ao que o cliente precisa.

Como o iPaaS funciona?

Uma empresa de software utiliza o iPaaS para oferecer a infraestrutura para criar conexões e implantar aplicações do software dentro da nuvem.

A empresa de software define os parâmetros para os tipos de conexões que são permitidas na plataforma. Esses parâmetros podem ser na forma de uma interface de programação de aplicativos (API), conectores pré-criados ou outra regra.

Depois que essas regras estiverem funcionando, o iPaaS cria um ecossistema central para visualizar, gerenciar e modificar todos os dados, infraestrutura e operações. Com isso, as entidades conseguem modificar seus produtos, compartilhar informações e oferecer soluções para seu mercado de forma fácil.

Termos para conhecer do iPaaS

Como você diferencia toda a arquitetura orientada para serviço (SOA)? Vamos falar dos modelos de negócios de serviços baseados em nuvem que existem para você entender melhor o que é o iPaaS.

Plataforma

Uma plataforma é o componente centralizado de todas as conexões. O vice-presidente de Ecossistemas de Plataforma Scott Brinker define uma plataforma como um “hub com saídas que conectam outros produtos ao seu centro. O hub une esses produtos e os coordena para cumprir uma missão comum”.

Plataforma de integração

Uma plataforma de integração cria conexões entre diferentes aplicações e sistemas. Esse tipo de plataforma cria um ambiente para que os engenheiros possam criar.

Plataforma como serviço (PaaS)

Uma PaaS é uma plataforma em que um fornecedor abriga todos os elementos que os usuários precisam para implementar um software em particular. Esses elementos incluem servidores, redes, memória, banco de dados e sistema operacional.

Software

Um software é um programa que realiza um conjunto específico de tarefas para um usuário.

Software como serviço (SaaS)

SaaS é um sistema em que um usuário recebe um software para usar sob demanda. Toda a parte de manutenção, hospedagem e implementação desse software é de responsabilidade do fornecedor.

Integração como serviço (IaaS)

IaaS é um modelo baseado em nuvem que permite integrações de dados entre sistemas e fornecedores terceirizados. Com ele, as partes conectadas não precisam criar interdependências complexas e isso minimiza os atrasos no compartilhamento de dados.

Electronic Service Bus (ESB)

Electronic Service Bus não é “como serviço” como nos outros casos, mas é importante saber distinguir entre essa oferta e o iPaaS. O ESB é similar ao iPaaS pois permite o compartilhamento de dados e aplicativos na organização. Mas existem muitas diferenças que tornam o ESB uma solução menos viável na hora de lidar com ambientes em nuvem. As soluções ESB existem somente em servidores locais e, por isso, não funcionam de modo eficiente com integrações remotas ou em nuvem. Eles não dão suporte a vários locatários e suas respostas podem ser lentas em comparação com o iPaaS.

Benefícios do iPaaS

O crescimento do SaaS ao longo das últimas duas décadas criou uma lacuna no ecossistema que precisava ser preenchida. Essa lacuna (a necessidade de mais sistemas integrados) só se tornou mais aparente. O iPaaS surgiu da necessidade de uma solução organizada para implementar soluções rápidas e em nuvem.

Os benefícios do iPaaS seguem duas vertentes: benefícios para a empresa que utiliza o iPaaS (interno) e benefícios para os clientes dessas empresas (externo).

Benefícios externos

As empresas de software que utilizam o iPaaS como parte de sua oferta para os consumidores percebem uma satisfação cada vez maior dos clientes. Os benefícios do iPaaS para os consumidores são muitos.

Uma solução única

Em vez de tentar unir uma série de softwares para resolver suas necessidades, os consumidores podem usar uma plataforma que conecte-se a todos os seus softwares em um local único na nuvem. Com isso, elimina-se a necessidade de implementar a tecnologia em diferentes ambientes.

Dados organizados

Os consumidores podem acessar todos os seus dados em um único local e definir regras para como esses dados serão organizados e acessados. Com isso, embora estejam trabalhando em sistemas diferentes, todos esses sistemas gerarão dados de fácil interpretação. Tudo isso torna a análise de dados, a interpretação e a aplicação mais fáceis e precisas.

Melhorias na comunicação

Com uma única plataforma, você tem uma única fonte de verdade. Os dados estão sendo compartilhados dentro do mesmo ecossistema, por isso nenhuma informação importante é perdida e todo mundo tem o mesmo acesso, o que deixa menos margem para problemas de interpretação.

Fluxo de trabalho melhor

Menos tempo mudando de uma ferramenta para a outra significa mais tempo para trabalhar e um local central onde tudo isso é feito. Uma plataforma cria um ambiente mais eficiente para os fluxos de trabalho e as dinâmicas de equipe.

Benefícios internos

Os consumidores não são os únicos que precisam de soluções integradas. As empresas também usam ferramentas diferentes para executar seus negócios (pense em provedores de e-mail, softwares de marketing, compartilhamento de documentos etc.). O iPaaS une essas ferramentas para aumentar a eficiência interna e melhorar os fluxos de trabalho.

Veja alguns benefícios do iPaaS para o cliente interno.

Elimine silos

Integrações de terceiros podem ser criadas e implantadas em vários ambientes. Isso pode não ser um problema quando houver poucas conexões; no entanto, conforme uma empresa desenvolve suas ofertas para se tornar uma entidade mais robusta, as integrações podem ficar espalhadas e criar uma confusão com informações escondidas ou difíceis de acessar, o que pode esconder insights importantes para a empresa.

Processamento em tempo real

O iPaaS permite o compartilhamento e o processamento de dados em tempo real e elimina os atrasos no acesso e no oferecimento de uma solução rápida e acessível.

Maior eficiência

O iPaaS reduz a confusão, a perda de dados e as inconsistências ao criar um sistema centralizado para a gestão de todas as partes envolvidas.

Gerenciamento centralizado

O iPaaS cria uma visão única e virtual para a gestão de todas as conexões na plataforma. Em vez de ter um único indivíduo ou equipe gerenciando diferentes integrações, todos eles podem ser acessados em um único console.

Vários locatários

Normalmente, cada locatário que se liga a um software exige sua própria instância. É como uma pessoa ao telefone que precisa de sua própria conexão: uma instância é criada a cada vez que alguém acessa o software. O iPaaS permite instâncias compartilhadas entre os locatários, o que elimina a sobrecarga, reduz custos e aumenta a velocidade de uso.

Segurança e conformidade melhorados

As ameaças à segurança são inevitáveis em qualquer ambiente, especialmente na nuvem. As soluções iPaaS oferecem detecção de fraudes e alertas de intrusos. Mas o verdadeiro benefício é que uma plataforma centralizada ajuda a identificar onde essas ameaças estão e dar uma resposta adequada. Além disso, com uma plataforma, a conformidade com regulamentos é mais simples, pois as mudanças são implementadas em um só ambiente.

Quadrante mágico de iPaaS da Gartner

Como o iPaaS é uma tecnologia nova, buscamos opiniões objetivas para conferir a validade, a segurança e a longevidade dos fornecedores de iPaaS. O Quadrante mágico de iPaaS da Gartner é esse recurso.

A Gartner é uma consultoria em TI e uma empresa de confiança quando se pensa em pesquisa industrial qualitativa e objetiva. De acordo com a Gartner, os quadrantes mágicos oferecem instantâneos, análises em profundidade e conselhos que oferecem insights sobre a direção do mercado, maturidade e participantes.

O Quadrante mágico da Gartner para integração empresarial como serviço analisa uma série de fornecedores de iPaaS e detalha os pontos fortes e as precauções para cada um. Ele compara fornecedores como Boomi, Jitterbit, MuleSoft, Oracle e SAP, entre outros, para oferecer uma visão objetiva do ambiente iPaaS e dar aos leitores uma perspectiva sobre qual seria a melhor opção para eles.

Fornecedores de iPaaS

O iPaaS é uma solução muito boa para melhorar a conexão e a comunicação entre todos os dados e aplicativos dentro da sua empresa. Fizemos essa lista de fornecedores de iPaaS para ajudar na sua busca pelo parceiro perfeito.

Dell Boomi

A Dell Boomi oferece uma solução completa de iPaaS com aplicativo e integração de dados, automação de fluxo de trabalho, implantação de aplicativo, design de API e gestão de B2B, tudo dentro de um único hub.

Informatica

As principais vantagens da Informatica são a fidelidade dos clientes e as boas avaliações. Com uma boa avaliação da Gartner e mais de 7 mil clientes no mundo todo, a fornecedora de iPaaS tem um local de destaque no setor.

Celigo

A Celigo oferece uma solução de iPaaS que resolve tudo, desde integrações simples via FTP até as mais complexas. Além disso, seu marketplace traz aplicativos que resolvem uma série de necessidades comuns das empresas.

Jitterbit

A Jitterbit entende como é estressante criar APIs entre sistemas locais e na nuvem. A empresa entende muito os negócios que não têm recursos para criar essas integrações sozinhas e oferece integrações rápidas com sua plataforma.

Blendr.io

A Blendr.io oferece um construtor visual de pouco código para criar integrações complexas para empresas ou padrões de autoatendimento. Além disso, a Blendr.io fornece um conjunto de recursos para embutir integrações na IU de outras plataformas SaaS.

Mulesoft

A Mulesoft oferece integração em nuvem através de um produto chamado CloudHub. É uma solução que permite vários locatários para integrações e API. Ela permite a implementação em oito regiões diferentes no mundo, uma série de funcionários e segurança pronta para uso na nuvem, além de conformidade com padrões. E também oferece insights baseados em diversas métricas.

Zapier

A Zapier é uma solução bem conhecida para conectar apps, automatizar fluxos de trabalho e compartilhar dados entre sistemas antes desconexos.

Mas os fornecedores de iPaaS não param por aí. Você pode ver e comparar uma série de fornecedores fazendo um pouco de pesquisa. Caso não queira, a Gartner já fez esse trabalho para você.

Faça a integração

Conforme vamos cada vez mais em direção a opções na nuvem, o iPaaS se torna a solução mais viável para eliminar o ruído associado aos sistemas díspares e para conectar todos os aplicativos e dados entre sua organização e terceiros. Ter uma fonte comum que conecta todos os sistemas que usamos para fazer nossa empresa crescer é um passo importante. Quando estamos conectados e em sincronia, vamos mais longe juntos. 

Originalmente publicado 06/11/2019 09:45:06, atualizado Novembro 06 2019

Temas:

Estratégias de Marketing