Outsourcing: o que é, como funciona e como implementar?

Guia grátis
Rakky Curvelo
Rakky Curvelo

Publicado:

Umas das tendências para o futuro do marketing é o crescimento do outsourcing, que vem se popularizando ano após ano e mostra ter muitas vantagens para as empresas. Essa prática é uma estratégia muito útil para implementar em áreas que você acredita precisar de profissionais especializados e qualificados. 

o que é outsourcing

 

Guia grátis

O guia completo do outsourcing

Veja como escalar seu negócio com modelos de terceirização e contratação de freelancers

 

Diferente do insourcing, em que uma empresa mantém todos os seus processos internamente, o outsourcing permite que as empresas se concentrem em suas atividades principais e deleguem tarefas secundárias a especialistas externos.

Ainda não sabe o que é outsourcing e quais os benefícios dessa prática? Neste artigo você vai entender e, de quebra, vai aprender como implementar no seu negócio!

A terceirização é a contratação de serviços ou recursos de uma empresa externa para realizar atividades que normalmente seriam realizadas de forma interna. Portanto, envolve a transferência de responsabilidade e controle de certas funções para um fornecedor externo especializado.

Isso inclui a contratação de serviços como contabilidade, recursos humanos, desenvolvimento de software, atendimento ao cliente, entre outros. O objetivo do outsourcing é permitir que a empresa se concentre em suas principais competências e atividades estratégicas, enquanto delega tarefas secundárias a especialistas externos.

[Guia gratuito] Veja como escalar  os seus negócios com outsourcing

Como funciona o outsourcing?

O outsourcing funciona por meio de um contrato formal entre a empresa contratante (cliente) e a empresa terceirizada (fornecedor). Esse contrato estabelece os termos e condições do acordo, incluindo os serviços a serem prestados, prazos, metas, orçamento e outros detalhes relevantes.

É uma opção superválida para áreas em que a empresa sofre com escassez de mão de obra qualificada para posições e serviços estratégicos. O mais interessante é que você pode encontrar empresas que prestam desde serviços mais básicos até mais complexos, a exemplo da terceirização da produção de conteúdo e social media ou até o desenvolvimento de softwares. 

Após a contratação, o fornecedor externo assume a responsabilidade pelas atividades terceirizadas e passa a realizar essas tarefas em nome da empresa contratante. Isso pode envolver o uso de suas próprias equipes, recursos e tecnologias para executar as atividades de forma eficiente, eficaz e muito mais produtiva.

A comunicação e o gerenciamento do relacionamento entre a empresa contratante e o fornecedor terceirizado são fundamentais para garantir a qualidade e o cumprimento das expectativas. Para isso, é preciso fornecer orientações claras, estabelecer metas e manter uma comunicação regular para garantir uma parceria bem-sucedida.

Qual a diferença entre outsourcing e insourcing?

A principal diferença entre outsourcing e insourcing está na forma como as atividades são executadas.

No outsourcing, as atividades são delegadas a um fornecedor externo, que é especializado e tem carreira naquela área. A empresa contratante transfere a responsabilidade e o controle das atividades para o fornecedor, confiando em sua expertise para realizar as tarefas de forma eficiente.

Já no insourcing, as atividades são realizadas internamente pela própria empresa. Isso significa que a empresa mantém o controle total e a responsabilidade por todas as tarefas realizadas — um exemplo disso é o time de Inside Sales, já que é preciso ter uma equipe interna que conheça muito bem o produto ou serviço para vendê-lo. 

Enquanto o outsourcing permite que a empresa se concentre em suas atividades principais, delegando tarefas secundárias a especialistas externos, o insourcing exige que a empresa desenvolva internamente todas as habilidades e recursos necessários para garantir o sucesso do cliente.

Ambas as abordagens têm suas vantagens e desvantagens, e a escolha entre outsourcing e insourcing dependerá das necessidades e estratégias da empresa. Alguns fatores a serem considerados para tomar essa decisão:

  • custos;
  • recursos disponíveis;
  • conhecimento especializado;
  • flexibilidade.

Quais as vantagens do outsourcing?

O outsourcing pode trazer diversas vantagens para uma empresa, como otimização de processos, foco na atividade principal, aumento da competitividade, renovação da cultura e transformação de custos fixos em variáveis. Entenda melhor.

1. Otimização de processos

Ao terceirizar certas tarefas, a empresa pode se beneficiar da experiência e conhecimento especializado dos prestadores de serviços. Isso pode levar a uma melhoria na eficiência e qualidade dos processos.

2. Foco na atividade principal

Ao terceirizar tarefas secundárias, a empresa pode se concentrar em suas principais competências e atividades estratégicas. Isso permite conseguir dedicar mais tempo e recursos ao desenvolvimento de produtos ou serviços, marketing, vendas e outras áreas essenciais para o crescimento do negócio.

3. Aumento da competitividade

Ao terceirizar determinadas funções, a empresa pode se beneficiar de soluções mais avançadas e tecnologicamente atualizadas, que podem não estar disponíveis de forma interna.

Por exemplo, no setor de TI, muitas empresas optam por terceirizar a contratação de programadores especializados em linguagens de programação específicas ou em tecnologias emergentes, garantindo que tenham acesso ao melhor talento sem a necessidade de treinamento interno extensivo.

Outro exemplo disso é a adoção de soluções em nuvem. Muitas empresas terceirizam seus serviços de armazenamento e processamento de dados para provedores de nuvem, como AWS, Google Cloud ou Microsoft Azure. Essas plataformas oferecem soluções de ponta, com alta disponibilidade, segurança e escalabilidade, que seriam caras e complexas para serem implementadas internamente.

4. Renovação da cultura

Ao trazer novos parceiros externos, a empresa pode se beneficiar de diferentes perspectivas e ideias. Isso pode trazer uma renovação na cultura organizacional, incentivando a inovação e o crescimento.

5. Transformação de custos fixos em variáveis

Isso significa que os custos são proporcionais à demanda e podem ser ajustados de acordo com as necessidades da empresa. Por exemplo, ao usar serviços de armazenamento em nuvem, uma empresa pode aumentar ou diminuir sua capacidade de armazenamento conforme a demanda, sem a necessidade de investir em infraestrutura física adicional.

Essa flexibilidade é especialmente benéfica em ambientes de negócios dinâmicos, onde a demanda pode flutuar. Em momentos de pico, a empresa pode escalar rapidamente seus recursos para atender à demanda crescente. Da mesma forma, em períodos de baixa demanda, pode reduzir sua capacidade, evitando gastos desnecessários.

A capacidade de escalar de acordo com as necessidades ajuda a empresa a manter a eficiência operacional e a reduzir custos.

6. Acesso a especialistas

Empresas de outsourcing geralmente contam com equipes altamente especializadas em suas áreas de atuação. Ao terceirizar serviços, você tem acesso a esse conhecimento e experiência sem a necessidade de investir em treinamento interno extenso. Isso significa que você pode contar com profissionais qualificados preocupados com a satisfação do cliente.

Ao implementar o outsourcing, é importante selecionar fornecedores confiáveis e estabelecer contratos claros para garantir o sucesso dessa estratégia.

A implementação bem-sucedida do processo de outsourcing em sua empresa requer um planejamento cuidadoso e uma abordagem estratégica. Aqui estão os passos-chave que você pode seguir para implementar o outsourcing de maneira eficaz.

1. Avalie as necessidades e objetivos da terceirização

O primeiro passo é identificar as áreas ou processos que podem se beneficiar do outsourcing dentro da sua empresa. Considere quais tarefas não fazem parte do núcleo do seu negócio e podem ser terceirizadas e defina claramente os objetivos que deseja alcançar com o outsourcing, como redução de custos, melhoria da qualidade ou foco nas atividades principais.

2. Pesquise e selecione parceiros de outsourcing

Pesquise empresas de outsourcing ou prestadores de serviços que tenham experiência e expertise nas áreas que você deseja terceirizar. Avalie cuidadosamente os candidatos com base em sua reputação, histórico de desempenho, referências e capacidade de atender às suas necessidades específicas.

3. Estabeleça um acordo contratual sólido

Ao selecionar um parceiro de outsourcing, é fundamental criar um acordo contratual sólido. Isso deve incluir detalhes como escopo de trabalho, prazos, níveis de serviço (SLAs), responsabilidades, custos, cláusulas de rescisão e confidencialidade. Ter um contrato claro e abrangente é essencial para evitar mal-entendidos no futuro.

4. Comunique internamente a mudança

Informe sua equipe sobre a decisão de implementar o outsourcing e explique como isso afetará o trabalho interno. É importante garantir que os funcionários entendam os benefícios do outsourcing e estejam preparados para colaborar com os parceiros terceirizados, sem cair em uma competição interna na busca por promoção.

5. Gerencie o relacionamento com o fornecedor

Um relacionamento de sucesso com o parceiro de outsourcing é fundamental. Nomeie um gerente de relacionamento ou ponto de contato responsável por supervisionar a parceria. Mantenha comunicações regulares e estabeleça mecanismos para relatar e resolver problemas de forma eficaz.

6. Monitore o desempenho regularmente

Defina indicadores-chave de desempenho (KPIs) para avaliar o sucesso do outsourcing. Monitore regularmente o desempenho do parceiro terceirizado em relação a esses KPIs e faça ajustes conforme necessário. A transparência e a prestação de contas são essenciais.

7. Adapte-se a mudanças

O ambiente de negócios está em constante evolução, e suas necessidades de outsourcing podem mudar ao longo do tempo. Esteja preparado para adaptar a parceria de outsourcing conforme necessário. Isso pode envolver a expansão de serviços terceirizados, redução de escopo ou até mesmo a mudança para um novo parceiro, se necessário.

8. Avalie os resultados e benefícios

Periodicamente, avalie os resultados alcançados por meio do outsourcing. Analise se os objetivos iniciais foram atingidos, se houve economia de custos, melhoria na qualidade e outros benefícios esperados. Essa avaliação ajudará a determinar se a parceria de outsourcing deve ser mantida, ajustada ou encerrada.

Acompanhe mais conteúdos como este no nosso blog e potencialize seus resultados!

No mercado de marketing digital, existem várias áreas em que o outsourcing pode ser aplicado para ajudar as empresas a alcançarem seus objetivos de forma mais eficiente e eficaz.

Aqui estão alguns exemplos de serviços de outsourcing comumente utilizados nesse campo:

1 - Gestão de mídia social

Terceirizar a gestão das redes sociais é uma opção popular para empresas que desejam manter uma presença ativa e engajada nas mídias sociais, mas não têm o tempo ou os recursos internos para fazê-lo.

Uma agência de marketing digital especializada pode criar estratégias, gerenciar contas, criar conteúdo relevante, interagir com os seguidores e monitorar o desempenho das campanhas nas redes sociais.

2 - Produção de conteúdo

A produção de conteúdo é essencial para o sucesso do marketing digital. Terceirizar essa atividade permite que as empresas tenham acesso a redatores especializados, que podem criar conteúdo otimizado para SEO, blogposts, posts em redes sociais, e-books, vídeos e outros formatos relevantes para os objetivos da empresa.

3 - Otimização de mecanismos de busca (SEO)

O SEO desempenha um papel fundamental na visibilidade online de uma empresa.

Terceirizar serviços de SEO permite que as empresas aproveitem o conhecimento especializado de uma agência de marketing digital para otimizar seus sites, melhorar a classificação nos mecanismos de busca, realizar pesquisa de palavras-chave, criar estratégias de link building e monitorar o desempenho dos resultados orgânicos.

4 - Publicidade online

Terceirizar a publicidade online, como o gerenciamento de campanhas de Google Ads ou Facebook Ads, pode ajudar as empresas a obter resultados mais eficientes e alcançar seus objetivos de publicidade.

Uma agência especializada pode criar estratégias de segmentação, gerenciar orçamentos, criar anúncios atraentes e monitorar os resultados para otimizar o desempenho das campanhas.

Esses são apenas alguns exemplos de serviços de outsourcing no campo do marketing digital. Cada empresa deve avaliar suas necessidades, recursos e objetivos para determinar quais áreas podem se beneficiar mais ao terceirizar para especialistas externos.

Aproveite a visitar para baixar nosso e-book gratuito e aprender a criar estratégias digitais que funcionam para o público B2B!

New call-to-action

Artigos relacionados

Somos comprometidos com a sua privacidade. A HubSpot usa as informações que você nos fornece para entrar em contato sobre conteúdo, produtos e serviços relevantes. Você pode cancelar a assinatura dessas comunicações a qualquer momento. Para ter mais informações, consulte a nossa Política de Privacidade.

Aplique a técnica Pomodoro e aumente sua produtividade

Marketing software that helps you drive revenue, save time and resources, and measure and optimize your investments — all on one easy-to-use platform

START FREE OR GET A DEMO