Quantos e-mails você recebe todos os dias? Em quantas contas no total? A Radicati Group informou que mais de 100 bilhões de e-mails são enviados e recebidos todos os dias. Isso sem contar os spams. Mas esse número absurdo de mensagens trocadas não significa, necessariamente, que todas elas foram lidas, viu? E um dos fatores para que seus envios não façam tanto sucesso é o assunto de e-mail.

Exatamente! Você pode acertar no conteúdo, criar um infográfico perfeito ou até falar sobre o tema que mais vai impactar sua audiência, mas o assunto de e-mail é o primeiro ponto de contato. Ou seja, um texto pouco inspirado não vai despertar o interesse do usuário em ler aquela mensagem. Lembre-se de que são inúmeros e-mails enviados de um lado para o outro — a sua mensagem precisa se destacar!

Assim como você dedica parte do seu planejamento estratégico para a definição do posicionamento do CTA e o conteúdo da mensagem em si, por que não caprichar também no cartão de visitas? Um assunto de e-mail bem escrito representa ganhos significativos nas campanhas. Então, descubra quais são os ingredientes e a receita para criar fantásticas linhas de assunto de e-mail!

[Baixe agora] Os melhores templates de e-mails de vendas

Qual é a importância de ter um cuidado a mais com o assunto de e-mail?

De acordo com um levantamento realizado pelo MarketingSherpa, mais de 70% dos consumidores preferem se relacionar com marcas via e-mail. Ou seja, esse é um canal essencial para criar uma relação mais próxima com seus clientes e também aqueles em potencial. Por outro lado, esses usuários são impactados por uma série de mensagens em diferentes formatos e canais todos os dias.

Como, então, se destacar em um cenário tão concorrido? Um caminho é analisar a qualidade da produção dos assuntos de e-mail da estratégia. Afinal, a maioria das pessoas não lê cada um desses e-mails e a maneira usada para determinarem os que vão ser abertos e aqueles que vão para a lixeira é examinar a linha de assunto que aparece na caixa de entrada.

Por mais que seja um dos menores componentes da estratégia de e-mail marketing, é um cartão de visitas crucial. Analisar com cautela o conteúdo dos pouco mais de 50 caracteres é essencial se quiser conseguir prender a atenção do usuário e ganhar seu clique. Assim que ele fizer isso, a qualidade do conteúdo da sua mensagem vai falar por si só.

Tal qual a página inicial do site deve ser atraente, o assunto de e-mail serve para convencer o usuário de que aquele conteúdo merece, no mínimo, ser aberto. Conseguir criar chamadas interessantes pode se tornar um diferencial competitivo à estratégia. Em meio a inúmeros conteúdos e materiais recebidos diariamente, o assunto já vai dar o tom do e-mail.

Conheça a nossa ferramenta de e-mail marketing e comece a usar gratuitamente!

Quais são as vantagens de acertar na criação do assunto de e-mail?

OK, mas, na prática, quais são os benefícios de acertar no assunto de e-mail? Confira algumas das vantagens para não ter dúvidas na hora da produção das suas mensagens!

Sua mensagem é passada

Quando você acerta no trabalho de produção do assunto de e-mail, as chances do conteúdo ser visto são muito maiores. E a partir do momento em que o usuário decide abrir o que você enviou, é iniciada uma conversa muito mais particular do que um post em alguma rede social, por exemplo.

Dessa forma, fica muito mais fácil passar a mensagem da marca de forma direta e sem ruídos — e você encurta o caminho de uma possível conversão.

Suas vendas aumentam

Outra consequência positiva para a sua marca é o aumento das vendas e conversões. Muitos usuários acabam não conferindo um excelente conteúdo de e-mail justamente por não se sentirem atraídos pelo título.

Quando isso é resolvido, todo o potencial da produção é revelado. Quanto mais clientes lendo sua mensagem, maiores são as chances de a sua equipe de vendas fechar novos negócios.

Seu negócio se torna Top of Mind do cliente

Já pensou ser a primeira empresa que o consumidor lembra quando pensa em um segmento específico? Esse é o objetivo de qualquer organização, certo? Ao criar assuntos cativantes e e-mails ainda mais interessantes, sua marca passa a ser vista como autoridade pela qualidade do que é abordado. Em um exemplo de Inbound Marketing, seu negócio se torna Top of Mind do cliente!

E quanto aos ingredientes necessários para acertar no assunto do e-mail?

Antes da receita, vamos aos ingredientes necessários para criar assuntos de e-mail perfeitos:

  • capacidade de entrega;
  • capacidade de ação;
  • personalização;
  • clareza;
  • concisão;
  • consistência.

Mas, afinal, qual é a receita para acertar em cheio?

Ficou claro que o assunto de e-mail é uma das partes cruciais das mensagens enviadas, certo? Então, você deveria trabalhar seriamente em sua criação. Ao conhecer a receita para escrever uma linha de assunto de e-mail fantástica, será necessário investir cada vez menos tempo, conforme praticar e aprender aquilo que tem maior efeito no público.

Vamos ao que interessa! Você já sabe quais são os ingredientes, agora é hora de colocar a mão na massa. Siga os seis passos abaixo e comece a criar assuntos tão bons quanto o conteúdo dentro dos e-mails.

Etapa 1 — passe pelo filtro do SPAM

O primeiro passo consiste em verificar a capacidade de entrega. Você precisa passar por dois filtros: filtros reais de SPAM e seus leitores. Os servidores têm diversos recursos para identificar aquelas mensagens que estão mais propícias a serem um conteúdo repetitivo ou até enganador. A ideia, portanto, é assegurar que essas práticas não sejam repetidas.

Uma dica é evitar palavras que parecem um e-mail de spam, como “grátis”, “faça agora” e “tempo limitado” se não são absolutamente necessárias. Passando dessa etapa, o mais importante é ser avaliado pelo filtro do destinatário. Não se engane, os leitores têm um detector de papo-furado quando verificam suas caixas de entrada — e ele é sensível como o focinho de um cão de caça.

Outro conselho importante é nunca gritar com o leitor a partir do uso de letras maiúsculas. Não é dessa forma que você deseja conquistar a confiança do usuário. Além disso, evite o uso excessivo de sinais de pontuação, como cifrões e pontos de exclamação no final das frases. Isso pode ser visto como um sinal de desespero pelo usuário, fazendo com que ele não confie na mensagem.

Etapa 2 — tenha um CTA certeiro

Torne-o acionável. Para ter uma linha de assunto acionável, pergunte-se: o leitor sabe o que pode fazer no e-mail? Uma linha de assunto de e-mail é similar a escrever um call to action (CTA). Sendo assim, usar verbos ajuda a criar uma sensação de urgência e a empolgação que você quer que eles sintam ao ler sua linha de assunto.

Estimule o leitor a tomar alguma decisão. Por exemplo, uma linha de assunto de e-mail bem escrita seria “Encontre-se com o Caetano Veloso no Palácio das Artes” em comparação com a menos acionável “Caetano Veloso no Palácio das Artes”.

Na primeira linha de assunto, vemos que algo nesse e-mail ajudaria você a se encontrar com o Caetano, ao contrário da segunda, que parece apenas o anúncio de um show do cantor.

Etapa 3 — personalize o assunto

A personalização é outra forma de garantir que o assunto do e-mail seja preciso. Sem isso, a sua persona vai se sentir apenas mais uma e pouco valorizada pela marca. O título, portanto, já pode conter alguma mensagem mais personalizada, mostrando ao leitor que aquele é um conteúdo direcionado. Afinal, assuntos personalizados aumentam a taxa de abertura em 22%!

Mas não é apenas isso o necessário para oferecer mais valor nos seus e-mails. Caso tenha segmentado sua lista de assinantes — como todo profissional de e-mail deveria fazer —, você conhece algumas informações relevantes sobre seus destinatários, certo? Por isso, o assunto de e-mail deve refletir que você está enviando algo que eles querem.

Imagine que você é um corretor de imóveis. É indicado que tenha uma segmentação apenas para aqueles locatários que procuram por um apartamento perto de um determinado CEP. Refletir esse conhecimento em sua linha de assunto, como “Veja um apartamento com 2 banheiros na Savassi” aumentará o valor desse e-mail ao destinatário.

Etapa 4 — escreva com clareza

Trabalhe para obter clareza. Você sabe o que seu destinatário tem a ganhar ao abrir o e-mail, mas tente se colocar no lugar dele por um momento. Isso fica claro para alguém de fora? Se sua linha de assunto for muito ampla, ela não terá efeito. Isso ocorre frequentemente quando profissionais de marketing tentam ser engraçados com as linhas de assunto.

Se conseguir descobrir uma maneira de ser inteligente e direto, ótimo, mas nunca coloque a clareza em segundo plano. Você consegue ajudar ainda mais os destinatários a identificar o assunto de e-mail colocando palavras-chave de identificação no começo da linha, alertando que seu item favorito está em oferta? Inclua-as no início da linha de assunto.

Não se esqueça de que ele não sabe sua real intenção. Sendo assim, voltando ao exemplo do show do Caetano Veloso, a ideia de que o leitor pode conferir a apresentação deve ser destacada. Ao fazer isso, você garante que a mensagem seja, de fato, convincente ao leitor.

Etapa 5 — tenha poder de síntese

Edite para haver concisão. Você poderia escrever um haiku ao destinatário, mas manter a linha de assunto o mais breve possível é uma vantagem. Uma boa regra prática é usar 50 caracteres ou menos.

Não só porque você quer que a maior parte possível seja exibida no painel de e-mail (especialmente em dispositivos móveis), como também porque as pessoas passam os olhos rapidamente em suas caixas de entrada para decidir o que ler e o que excluir.

Quanto menor sua linha de assunto, menos chance você tem de ficar encoberto. E com a mensagem sendo exibida na íntegra, a probabilidade do usuário clicar no seu e-mail se torna muito maior.

Etapa 6 — seja coerente entre e-mail e assunto de e-mail

Garanta a consistência e a entrega do que foi prometido. A oferta feita na sua linha de assunto deve corresponder ao que é apresentado no e-mail. Pense em receber um e-mail com uma linha de assunto que promete 75% de desconto em roupas masculinas e descobrir que ele se aplica apenas a meias. Pior do que o spam, é ter a rejeição da sua lista de contatos.

Esse tipo de propaganda enganosa irrita as pessoas e leva à redução das taxas de abertura e de clique, além do aumento nas taxas de cancelamento de assinaturas. A transparência também é fundamental para que a sua estratégia de e-mail marketing seja realmente efetiva e a relação com os usuários, ainda melhor.

Assim como com qualquer receita, é necessário testar para obter melhores resultados. Experimente diferentes verbos, reorganize suas palavras e tente ofertas diferentes para ver quais têm maior efeito na sua base de contatos. Quando isso acontece, a qualidade do material vai se aprimorando e, em pouco tempo, o assunto de e-mail já vai ser uma característica positiva da sua marca aos clientes.

Agora que já sabe como garantir a atenção do usuário dentro da disputada caixa de entrada, que tal saber como aperfeiçoar constantemente o conteúdo dos seus e-mails? Continue em nosso blog para descobrir o que é o teste A/B e como utilizá-lo ao criar estratégias de marketing digital cada vez mais eficientes!

New call-to-action

 New call-to-action

Originalmente publicado 16/04/2021 08:00:00, atualizado Março 24 2022

Temas:

E-mail