Se você trabalha em uma agência de marketing, provavelmente já deve ter se deparado em algum momento com o tradicional discurso sobre "gerar valor", "entregar resultados", entre outros chavões que fazem parte da cartilha de venda deste tipo de serviço. Isso não significa que tais objetivos estejam errados, de forma alguma: devemos SIM gerar valor para os nossos clientes. Mas será que sabemos o que REALMENTE significa trazer resultados? Ou melhor, será que estamos fazendo realmente tudo o que podemos, neste sentido?

Não é incomum recebermos clientes confusos, sem saber quais são suas metas, suas prioridades e quais as métricas que são de fato importantes para a sustentabilidade de seus negócios. O resultado é que, muitas vezes, por não compreenderem a natureza do nosso trabalho e não enxergarem o devido valor que entregamos aos seus negócios, terminam ficando extremamente frustados, confiantes de que “este negócio de marketing digital é bobagem”.

Você já se deparou com este tipo de situação na sua agência? Ou, se você é cliente, você já sofreu com uma agência que não entregava nem metade do que prometeu? Pois é… Em ambos os lados desta história, as ocorrências são, infelizmente, mais comuns do que deveriam.

Gerar valor não é tão fácil quanto pagar por clique

Por tudo isso, quem trabalha em agências de marketing sabe o quão difícil é aumentar o valor percebido sobre os serviços que oferecemos, independente dos números que entregamos. Mas será que a culpa é do cliente, por não enxergar o valor do seu trabalho, ou sua, por não comunicar corretamente o mesmo?

A forma mais comum que encontramos hoje no mercado para demonstrar o valor que geramos é através do ROI, o Retorno Sobre Investimento, ou seja, o cálculo que indica quanto o seu cliente faturou para cada real investido na estratégia que a sua agência desenvolveu. Você sabe informar quais canais foram os mais rentáveis dentro desta perspectiva?

Ainda dentro da proposta de entregar resultados, justamente pela facilidade em demonstrar um ROI mais claro, muitas agências decidem propor um investimento pesado em mídia online, com foco no formato PPC (Pay per Click). Pegando como exemplo o Google Adwords, temos em mãos uma excelente ferramenta de geração de tráfego que, quanto maior a expertise do time que desenvolve e gerencia a campanha, mais qualificados serão os acessos ao site do cliente. Como consequência, o faturamento pode aumentar. No entanto, apesar de parecer ser um bom caminho, centralizar sua estratégia exclusivamente em mídia não é mais suficiente para gerar valor aos seus clientes.

Passe a vender INTELIGÊNCIA

As agências precisam de clientes para se manterem no mercado. Parece óbvio, não? Mas nem todas têm o seguinte pensamento: para permanecer saudável e estável financeiramente, é necessário trabalhar com todas as armas que podem também manter a sustentabilidade econômica de meus clientes.

Sendo assim, uma agência deve desempenhar um papel fundamental junto às empresas que atende, na medida em que precisa orientá-las da melhor maneira possível (dentro do que lhes cabe, claro) para garantir o melhor resultado. A relação entre agência e cliente deve ser uma relação de parceria, em que um só tem a ganhar com o melhor desempenho do outro.

Sendo assim, as agências precisam começar a vender inteligência ao seus clientes. As soluções propostas não devem mais se restringir à mera execução de peças e campanhas, mas, principalmente, ao planejamento, ao foco em crescimento sustentável, à análise de dados estratégicos das marcas.

  • Sua agência está criando conteúdo estratégico visando o bom posicionamento de SEO? Lembre-se que investir em PPC é alugar tráfego.
  • Os conteúdos criados para o cliente geram valor para o consumidor ou apenas empurram uma oferta?
  • Como está a estratégia de geração de leads para seus clientes? Seguidores nas Redes Sociais ajudam a espalhar conteúdo, mas podem não gerar novos negócios. Pense nisso.

Você já leu a respeito de Inbound Marketing?

Neste contexto, é impossível não pensar no Inbound Marketing e em como ele está transformando cada vez mais o cenário brasileiro. A metodologia vem se apresentando como uma solução altamente viável às empresas de todos os tamanhos e de vários segmentos de mercado, por trazer resultados expressivos a partir da integração diversas estratégias de marketing digital de forma automatizada.

A experiência que a nossa agência, 360DBI, está obtendo com o trabalho de Inbound Marketing (não só para nós mesmos, como também para nossos clientes) vem mostrando cada vez mais a necessidade desta abordagem integrada entre as diferentes ferramentas de marketing digital. A resistência junto aos Diretores de Marketing, mais apegados às metodologias de Outbound Marketing, vem diminuindo cada vez mais a medida em que demonstramos a eficiência do Inbound em integrar, em um único modelo, todos os passos necessários de uma sólida estratégia de geração e conversão de leads.

Opte por táticas que propiciem crescimento sustentável para sua agência e clientes, desta forma, você conseguirá construir verdadeiros "ativos" geradores de leads na internet. Tenho certeza que seu direcionamento de verba será muito mais certeiro desta forma do que ao fazer anúncios de televisão, por exemplo, exibindo uma mensagem de forma massificada. Além disso, demonstre o retorno financeiro das estratégias selecionadas, de forma a gerar valor de fato. Marketing não pode ser encarado como despesa e, sim, como investimento.

como-apresentar-roi-inbound-marketing

Originalmente publicado 12/08/2015 10:28:25, atualizado Dezembro 05 2017

Temas:

Agência Digital