image001.jpgJá conversamos sobre como evitar carrinhos de compra abandonados e como recuperar esses clientes. O que você aprendeu com as publicações de blog anteriores é que a página de checkout é muito importante.

De fato, ela pode ser um dos fatores mais importantes para manter os compradores focados e prontos para comprar. Se sua página de checkout for bagunçada, você pode estar espantando os clientes sem mesmo saber. Felizmente, temos boas notícias para você. Examine sua página de checkout de e-commerce e compare-a com a "lista de verificação de conferência".

1) Chamadas à ação

Torne a próxima etapa fácil de ser vista pelos compradores. Seja "Insira o método de pagamento", "Fechar a compra agora" ou "Ir ao pagamento seguro", algum tipo de instrução é necessário. Sua CTA deve dizer exatamente onde eles irão se clicarem nesse botão, por isso não tente nada complicado.

image003.png

2) Barra de progresso

Ninguém quer passar por 400 etapas para comprar um capacho engraçado em formato de bigode, mas as pessoas têm mais chance de aguentar todo o processo se souberem quando terminarão. Caso contrário, eles podem chegar à etapa 399 e desistir, sem saber que a vitória estava tão próxima.

image005.png

3) Miniaturas das compras

Garantimos que mais de uma pessoa fez uma compra acidental, pois não viu o que estava comprando até chegar à página de checkout. Lembre os compradores daquilo que eles colocaram nos carrinhos, ou eles podem apertar o botão de voltar para poder se lembrar. Se eles pressionarem o botão "Voltar", talvez nunca concluam a compra.

image007.png

4) Editar itens

Novamente, o botão "Voltar" não é seu amigo. Por isso, você deve possibilitar a edição do carrinho mesmo na página de checkout. Se o comprador precisar voltar para fazer uma alteração, ele pode ficar distraído e até mesmo frustrado. Avançar é o nome do jogo quando os compradores chegam na página de checkout.

image009.png

5) Botão Voltar às compras

Ok, se você quer que as pessoas avancem, mas elas estão determinadas a retroceder, facilite essa tarefa. Com esse botão, elas podem garantir que os produtos colocados em seu carrinho estarão disponíveis quando voltarem para pagar. Além disso, se comprarem mais coisas, isso será sempre bom.

image011.png

6) Sugestões de cross-selling

Pedir aos compradores para pagar mais após concluírem a compra é um pouco ousado. No entanto, não há nada errado em fazer algumas sugestões antes que eles insiram as informações de pagamento. Certifique-se apenas de que os itens sugeridos realmente correspondam aos hábitos de compra anteriores do comprador. Relevância é importante.

image013.png

7) Sugestões de upselling

Talvez, você não tenha itens correspondentes para completar um conjunto, mas isso não significa que você não tem outras opções de upselling disponíveis. Esse exemplo específico mostra como enviar os compradores imediatamente de volta às páginas de produto para comprarem mais, simplesmente mostrando qual a quantidade necessária para conseguir frete grátis.

image015.png

8) Informações de contato do atendimento ao cliente

Às vezes, algo dará errado durante o processo de pagamento. Talvez seus compradores não estejam à vontade para compartilhar informações financeiras online, ou talvez um código de cupom não esteja funcionando. Seja qual for o motivo, informações de contato presentes imediatamente podem significar a diferença entre uma venda e um carrinho abandonado. Se você puder fornecer mais que uma opção para o atendimento ao cliente, você verá resultados ainda melhores.

9) Opção de salvar o carrinho

Às vezes, isso acontece: o cartão de pagamento é rejeitado e eles não têm outra forma de pagamento. Ou eles são distraídos e não podem finalizar o pagamento no momento. Eles voltarão quando receberem o pagamento para concluir a compra? Talvez. Nesse caso, você deve deixá-los partir e salvar o carrinho.

image017.png

10) Opções de pagamento variadas

A situação anterior poderia ser evitada se você fornecesse mais uma opção de pagamento. PayPal e serviços similares são acréscimos excelentes às opções comuns de cartão de crédito e débito.

11) Selos de segurança visíveis 

Muitas empresas estão fornecendo links agora para informações de segurança, mas reforçamos que nada inspira mais confiança que selos de segurança visíveis. Certifique-se de que eles estejam em cada página do processo de checkout, pois algumas pessoas não pensarão em olhar até a última página. Você não quer perder uma venda porque os compradores ficaram com medo.

image019.png

Com esses selos posicionados, você terá uma página de checkout fácil de navegar, que faz os compradores ficarem à vontade e que move todas as pessoas para a última etapa: o pagamento. Se não estiver cumprindo um desses fatores importantes, você pode entrar em contato com seu web designer para fazer uma correção rápida.

Guia-commerce 

Originalmente publicado 04/11/2016 08:00:00, atualizado Fevereiro 01 2017

Temas:

e-commerce