Quer um segredo para conquistar resultados crescentes no negócio? Ter uma boa estratégia de marketing de conteúdo!

Aprenda a usar conteúdo dinâmico e melhore suas interações com clientes

É que não basta fazer suas produções e esperar que o resto caia do céu. É preciso ir atrás, entregar valor, conseguir atingir as pessoas certas e apostar na constante otimização. Para isso, existe uma estrutura com os passos indicados a serem seguidos. 

Quer entender como ter mais sucesso com essa prática que faz parte da metodologia de Inbound Marketing? Contamos tudo a seguir!

Quais são os objetivos do marketing de conteúdo?

Bem, como estávamos falando, não dá para produzir conteúdo só por produzir. A estratégia de marketing de conteúdo envolve muito mais que, por exemplo, a criação de um blog.

Você precisa ter seus objetivos em mente para ter boas e rápidas conquistas! Alguns dos principais alvos com essa prática podem ser:

  • construção de percepção de marca: abordar determinado tema e educar a audiência é uma boa forma de se fazer conhecido em um novo mercado;
  • criação de autoridade sobre o assunto: criar autoridade é importante, ainda que a venda não aconteça no mesmo instante. É a partir disso que você fica na mente do público, que pensará na sua marca quando precisar de um produto;
  • conquista e nutrição de leads: o marketing digital moderno exige a criação de confiança e de relacionamento com a audiência, para que futuras vendas aconteçam;
  • melhoria no ranqueamento: a estratégia de marketing de conteúdo demanda as boas práticas de SEO para blog, que ajudam no posicionamento nos mecanismos de busca. Alcançando os primeiros lugares, há mais tráfego orgânico e relevância da marca;
  • aumento nas vendas: o marketing de conteúdo também é uma forma de conseguir vender mais, inclusive para quem já é cliente. Além disso, você consegue trabalhar o upselling e aumentar o ticket médio.

Por que apostar em uma estratégia de marketing de conteúdo?

Como você viu, há uma diversidade de objetivos a alcançar, e todos trazem muitas vantagens ao negócio. Aumentar o alcance da audiência, melhorar os resultados, conseguir mais engajamento nas redes sociais, gerar vendas, fidelizar, conquistar um público fit com seu negócio e reduzir o custo na aquisição de clientes são bons argumentos para apostar em uma estratégia de marketing de conteúdo, não acha?

É importante entender que as necessidades dos consumidores mudaram. Hoje, para a venda se concretizar e a marca ter constância em seus resultados, é fundamental adotar uma postura atrativa, com entrega de conteúdos relevantes.

A criação de uma estratégia de marketing de conteúdo demanda uma estruturação toda alinhada. Confira as principais dicas que separamos!

1. Faça um planejamento

Quando alguém fala em produção de conteúdo, no geral, a gente já pensa logo na parte executiva, que é a escrita em si, não é mesmo? Mas saiba que o planejamento estratégico é fundamental para atingir bons resultados.

Um dos passos aqui é definir aqueles objetivos que citamos no início do texto. O que você deseja com a entrega dos conteúdos? Veja que você pode definir metas diversas, mas é recomendado ter uma principal.

Outros pontos de atenção são em relação à linha e ao calendário editoriais. Ou seja, você precisa definir um tema principal, seus subtemas e a frequência de postagem. Ainda cabe organizar tudo na jornada de compra, com as respectivas palavras-chave.

Uma plataforma de CMS pode ajudar você a ter mais autonomia para começar o planejamento e a gestão, por isso considere a sugestão quando precisar partir para a ação.

2. Entenda quem é sua audiência

Um dos pilares para o sucesso da produção de conteúdo é entender as principais características da audiência, por meio da definição da persona, que é mais que básico para direcionar a criação e a entrega do conteúdo. Em outras palavras, ao fazer suas produções, pense naquele consumidor que mais compra do seu negócio.

Para isso, você pode se basear nos questionamentos abaixo.

  • Quais principais dúvidas e dores ele tem?
  • Quais seus grandes objetivos?
  • E quanto aos principais desejos?
  • Como é seu estilo de vida?
  • Qual sua idade e status social?

A ideia é definir uma personalidade completa para atingir as pessoas certas, que se interessarão pelo tema e se tornarão compradoras.

Guia Grátis

Alcança e envolve seu público no Facebook

Conte-nos um pouco de ti para acessar o guia

3. Tenha boas métricas

As métricas nos dão um parâmetro para entendermos a qual distância estamos do ponto aonde queremos chegar. Também nos ajudam a entender melhor o público, por exemplo, quais conteúdos foram mais acessados, e como ele é impactado com nossos conteúdos. As métricas fazem parte do monitoramento das ações, deixando-as ainda mais alinhadas aos nossos propósitos.

Cada negócio pode definir seus próprios KPIs (Key Performance Indicators). Mas alguns importantes, para você se inspirar, são:

  • alcance de leads;
  • origem do tráfego;
  • taxa de clique;
  • ticket médio;
  • taxa de conversão;
  • quantidade de backlinks;
  • taxa de churn.

4. Analise seus resultados o tempo todo

A partir da definição de KPIs, fica fácil analisar os resultados. Aliás, já fica a dica: eles precisam ser monitorados constantemente, assim, é possível sempre aprimorar sua estratégia.

Ainda que você defina um objetivo bem específico do tipo “aumentar leads qualificados em 30% nos próximos 6 meses", não deixe para conferir apenas no fim do prazo. A verificação antecipada permitirá um ajuste na estratégia e o alcance de mais otimização. O Google Analytics pode ajudar nisso!

5. Defina os tipos de conteúdo e invista na interatividade

É bem comum as pessoas associarem a expressão “produção de conteúdo” com artigos para blog. Apesar de esse tipo de conteúdo ser um dos mais frequentes, saiba que diversos outros formatos também fazem sucesso.

Vídeos já são considerados importantes estratégias para 93% dos profissionais de marketing. Plataformas como o YouTube são bons investimentos para dar início a essa produção.

Outro formato de sucesso é o podcast. Com debates com convidados ou uma breve explicação de um tema, é possível usar a voz para se aproximar ainda mais de seus seguidores. No Instagram, a bola da vez tem sido o Reels, um recurso que permite transmitir conteúdos, de forma dinâmica e leve, criando breves clipes.

Outra ideia de conteúdo interativo e que tem sido muito aceito é o quiz. Você cria pequenos questionários que, além de transmitirem um conhecimento, vão atrair leads graças aos resultados com insights.

6. Distribua os conteúdos

Faz toda a diferença saber como distribuir. Não adianta investir em criatividade e ter um ótimo planejamento se os conteúdos não chegam às pessoas certas. Sendo assim, defina seus principais canais — como redes sociais, e-mails, grupos no Telegram ou WhatsApp, links patrocinados — e crie chamadas instigantes para que o público tenha interesse em clicar.

Seguir esses passos ajudará você a fazer a diferença na sua estratégia de marketing de conteúdo, já que eles servem para estruturar melhor cada ação. Por isso, a última dica é: tenha-os sempre em mente quando precisar colocar cada detalhe da sua produção em prática, combinado?

Agora ficou mais simples potencializar suas estratégias de marketing de conteúdo, não é? Para continuar aprendendo, veja como criar uma estratégia de SEO!

Conteúdo dinâmico: o que é e como usar
 Conteúdo dinâmico: aprenda a usar

Originalmente publicado 03/05/2021 08:00:00, atualizado Maio 04 2022

Temas:

Marketing de Conteúdo