Não me lembro de muitas tarefas que as pessoas odeiem mais do que escrever currículo. Há tantos detalhes que você precisa adicionar, reescrever, verificar, conferir, conferir novamente. Ainda assim, de alguma maneira, o currículo acaba saindo com o nome escrito errado. É muita pressão!

Então, eu fiz o que funciona nessas situações: preparei uma lista com todos os detalhes que você precisa considerar ao escrever e revisar um currículo.

Acesse agora 22 templates gratuitos para te ajudar a achar um novo emprego

Confira tudo isso agora. Esperamos que você tenha muita sorte com sua procura por trabalho.

A lista de verificação definitiva de currículos

Dividi todas as tarefas obrigatórias em quatro seções e fiz o possível para ordená-las cronologicamente. Algumas provavelmente poderiam existir em mais de uma seção ou podem ser concluídas em uma ordem diferente, então ordenei os itens como julguei mais adequado durante o processo de criação do currículo.

Seu currículo é profissional? Coisas para verificar:

Seu endereço de e-mail é profissional? (exemplo, sara@gmail.com ou saraursinha@gmail.com)

Seu endereço de e-mail é de um domínio profissional, como o Gmail? (Domínios ultrapassados podem ser um sinal vermelho para empresas com foco em tecnologia.)

O currículo está alinhado com seu perfil do LinkedIn? (Os gerentes de contratação provavelmente analisam ambos em conjunto.)

Você incluiu links para os seus perfis nas redes sociais, portfólio e/ou um site pessoal, se for o caso?

Você conferiu se suas redes sociais linkadas no currículo têm apenas conteúdo profissional?

Se você tiver o nome do gerente de contratação, escreveu um texto ou carta de apresentação para se dirigir a ele ou ela?

Se está enviando o currículo como Google Doc, tem certeza de que deu ao destinatário as permissões adequadas para vê-lo (ou abriu as permissões para todos)?

O currículo está bem escrito? Coisas para verificar:

Você incluiu as informações básicas de contato, como nome, endereço, endereço de e-mail e número de telefone?

Você está escrevendo em um tom adequado ao da empresa à qual está se candidatando? (Por exemplo, mesmo escrevendo profissionalmente, é possível usar um tom diferente ao se candidatar para trabalhar em uma startup de tecnologia em comparação com uma empresa convencional.)

Você personalizou o currículo para o cargo específico ao qual está se candidatando? (Destaque a experiência profissional e as competências relevantes para o cargo. Não basta escrever tudo o que você já fez profissionalmente.)

Você tem um objetivo claro no alto do currículo e ele tem o foco na empresa e não no candidato? (Se não, tudo bem. Mas, na falta disso, inclua uma seção "Principais habilidades" que resuma quem você é e o que pode oferecer à empresa.)

Você incluiu as realizações e as responsabilidades correspondentes a cada trabalho? (Ambos devem ser fáceis de identificar ao examinar o currículo.)

Você usou métricas sempre que possível para ilustrar melhor seu sucesso?

Você consegue ilustrar a evolução da sua carreira? Ficou claro que você foi promovido, recebeu mais responsabilidades ou migrou de departamento para incorporar outras habilidades?

Além dos nomes das empresas, você listou também uma descrição resumida do que cada empresa faz?

Você incluiu a sua permanência em cada empresa?

Você incluiu informações relevantes sobre sua formação acadêmica?

Você adicionou alguma coisa que dê ênfase a sua personalidade ou seus interesses fora do trabalho?

Sua proposição de valor exclusiva está em evidência? (Por exemplo, algo que o destaque de outros candidatos ou que afirme que você é mais qualificado para o cargo.)

Se for relevante para o cargo, você incluiu links para um portfólio ou amostras do seu trabalho?

Você incluiu nomes e informações de contato de referência ou apenas "referências disponíveis mediante solicitação"? (Ambos são aceitáveis, mas use pelo menos uma pra indicar que você pelo menos tem referências.)

O currículo está formatado e diagramado corretamente? Coisas para verificar:

Você usou algum tipo de modelo, de modo que o layout do currículo esteja visualmente atraente e fácil de ler?

Seu currículo é criativo demais? (Por exemplo, se estiver se candidatando para uma posição em criação e tiver formatado o currículo como um infográfico, ele é realmente fácil de ler ou é melhor guardar essa criatividade para o portfólio?)

Você selecionou uma fonte nítida e fácil de ler?

Você utilizou convenções de formatação comuns que deixam o conteúdo mais fácil de ler, como marcadores e texto de cabeçalho?

A formatação permanece regular em todos os cargos? (Por exemplo, se você colocou os títulos dos cargos em negrito, todos os títulos de cargos estão em negrito?)

As margens estão equivalentes?

Todos os itens estão alinhados corretamente? (Por exemplo, se você alinhou as datas à direita, elas estão todas alinhadas entre si?)

Todos os links que você incluiu são clicáveis?

Você converteu o currículo em um formato que pode ser lido por todos os destinatários, conforme o desejado, sem precisar baixar fontes específicas ou um software especial? (É recomendável usar formato PDF.)

O currículo foi editado e revisado? Coisas para verificar:

Você incluiu palavras-chave no currículo? (Se estiver enviando para um sistema automatizado, isso pode ser importante para passar pelos filtros. Verifique se o currículo reflete diretamente os softwares e as habilidades mencionadas na descrição do cargo.)

Você revisou para deixá-lo mais conciso? (Procure reduzir o currículo para caber em uma página para cada dez anos de experiência profissional, se for possível.)

Você removeu as experiências profissionais irrelevantes?

As seções do currículo estão na ordem que destacam melhor suas habilidades e o que você tem a oferecer para o empregador? (Por exemplo, se você for recém-formado com estágios em diferentes áreas, separe a experiência mais relevante de "outras" experiências, em vez de ordenar tudo por data.)

Você removeu verbos de ação genéricos e usou opções mais específicas?

Você utilizou uma linguagem mais dinâmica com sinônimos para evitar a monotonia?

Você utilizou alternativas mais profissionais para termos que não são tão profissionais?

Suas habilidades especiais são realmente especiais? (Embora falar um idioma estrangeiro seja realmente digno de nota, hoje em dia, pode ser redundante mencionar que você tem conhecimentos no Microsoft Word ou seja capaz de usar e-mail.)

Você conferiu se removeu todos os jargões chatos ou algum clichê de negócios? (Tudo deve ser articulado claramente para ajudar o gerente de contratação a compreender rapidamente o que você faz.)

Tudo é 100% verdadeiro? (Se você escreveu que é fluente em um idioma estrangeiro no currículo, deverá estar preparado para falar esse idioma durante a entrevista. Se disser que gosta de cozinhar, deverá estar preparado para responder quais pratos gosta de fazer.)

Você verificou a gramática e ortografia?

Por último, você pediu para um amigo que nunca leu seu currículo antes fazer uma leitura final para ver se há erros, inconsistências ou texto confuso?

Se você chegou até aqui e marcou todas as caixas, está pronto para enviar o currículo.

Atenção: Estamos contratando.

Você tem outras dicas para currículo? Compartilhe conosco nos comentários abaixo.

Encontre um novo emprego
 GET HERE

Originalmente publicado 5/abr/2022 7:00:00, atualizado Abril 05 2022

Temas:

Desenvolvimento Profissional