Talvez você saiba que seu conteúdo no Instagram é bom, mas imagine como seria incrível se mais 10.000 pessoas concordassem.

Você pode estar tentando se tornar uma celebridade nas redes sociais ou simplesmente tentando expandir a consciência de marca no Instagram, e comprar seus primeiros milhares de seguidores pode parecer tentador.

Existe uma série de serviços disponíveis que permitem que você compre 1.000 seguidores pelo preço de um café com leite na Starbucks. Mas é claro que, se fosse tão barato, todo mundo ia fazer. Qual é a pegadinha? Comprar seguidores no Instagram é legal e seguro para a sua empresa? Vale a pena o investimento?

Vamos falar aqui de todas as dúvidas que você pode ter sobre a compra de seguidores para que você saiba como isso funciona. Vamos falar também dos prós e contras para você decidir se é uma boa ideia para a sua marca.

Uma pesquisa rápida no Google revelará que existem vários serviços baratos de compra de seguidores. Por cerca de US$ 6, você pode comprar 500 seguidores. E por US$ 10, 1.000 seguidores.

A grande maioria desses seguidores que podem ser comprados são bots ou contas inativas.

Quando você compra seguidores, está pagando somente um número. Não é garantido nem é provável que eles vão se envolver com seus posts.

Além de comprar seguidores diretamente, você também pode pagar serviços para seguir estrategicamente outras contas e seu nome com base nas suas preferências (localização, uso de hashtags, tipo de conta e gênero). Em um mundo ideal, as contas que forem seguidas vão segui-lo de volta.

Com essa opção, é mais provável que seus seguidores sejam pessoas reais, mas ainda será difícil que eles interajam com você. Já que você não pode garantir que essas contas sigam você de volta, é um investimento arriscado. A maioria das contas não vai seguir você de volta e, mesmo que siga, não serão seguidores fieis, ativos e de longo prazo.

Se a sua prioridade for simplesmente ter uma grande contagem de seguidores, esses serviços com certeza vão ajudar. Quando o seu número de seguidores orgânicos cair, esses serviços vão aumentar a contagem com outros seguidores.

Mas lembre-se dos riscos: esses seguidores provavelmente nunca vão curtir ou comentar em um post e, se descobrirem que você tem tantos seguidores fakes, isso pode complicar sua reputação.

Pense nisso desta maneira: você continuaria seguindo uma conta se descobrisse que a maioria dos seguidores era composta de contas inativas ou bots? Acho que não, né? Parece que a conta não consegue seguidores autênticos simplesmente publicando bom conteúdo.

Você está comprando seguidores falsos.

Comprar seguidores pode ser dinheiro jogado fora porque as contas que você seguir provavelmente não serão reais.

Seguidores falsos são criados ou porque são administrados por usuários cujo único objetivo é ser seguido de volta ou porque essas contas são patrocinadas por serviços de vendas de seguidores, como falamos acima. E, embora essas contas possam oferecer envolvimento desde cedo, elas acabam se tornando um problema para as métricas da sua conta (vamos falar disso já, já).

É um envolvimento inicial que não se mantém.

Seguidores comprados também não oferecem valor no longo prazo para o conteúdo do seu perfil. Os seguidores que você compra podem render visualizações, likes e comentários assim que eles viram seguidores, mas a atenção que eles dão ao seu perfil não estará lá depois, quando você começar a fazer relatórios sobre como está o desempenho da sua conta.

E que utilidade têm 10.000 seguidores que não interagem? O envolvimento é muito importante para que o algoritmo do Instagram exiba os posts para os usuários. Sem likes e comentários, seus posts não aparecerão nos feeds de seu público nem nas páginas de exploração.

Ter muitos seguidores poderia convencer os usuários de seguirem você de forma orgânica, mas isso também não é garantido.

Os usuários podem notar que seus posts não têm muita interação e não seguir você. Se você tiver 10.000 seguidores, mas só 4 likes por post, vai ser fácil perceber que tem alguma coisa errada.

Sem seguidores reais para interagir com o seu conteúdo, seus posts serão escondidos e aparecerão só para seu público não-autêntico. Além disso, seus seguidores falsos não compartilharão seus posts em nenhum canal. E eles não discutirão sua marca na vida real com amigos porque, bem, eles não existem (sem querer ofender os bots).

Seguidores comprados podem distorcer suas métricas de desempenho.

É praticamente impossível medir como seu público-alvo está se conectando com a sua marca se uma porcentagem alta desse público não for real. Como você vai medir posts que têm bom desempenho com seu público real se os bots e contas inativas estão nessa conta?

Se você não tiver uma noção correta do desempenho de seus posts ou do que seu público real pensa, nunca converterá seguidores em clientes reais. E não é esse o objetivo?

Comprar seguidores não significa comprar seguidores reais e de qualidade. Significa comprar um número vazio. E, como o algoritmo do Instagram é muito ligado ao envolvimento, não ao número de seguidores, comprar seguidores não é uma solução boa no longo prazo. Na verdade, não é bom em nenhum prazo.

Pegue o tempo, energia e o dinheiro que você alocaria para comprar seguidores e se concentre em criar relações verdadeiras com um público real. Se o seu conteúdo for envolvente e autênticos, seus seguidores fieis vão espalhá-los por aí e se envolver com a sua marca sem precisar de subornos.

instagram para empresas

Originalmente publicado 18/12/2019 14:38:12, atualizado Dezembro 18 2019

Temas:

Marketing no Instagram