Inbound-marketing-brasil

Este post foi publicado originalmente por Ron Medlin no blog HubSpot

Você  talvez já ouviu isso várias vezes. É o mantra para o novo mundo de SEO e do inbound marketing: "O conteúdo é quem manda!"

Todos entendemos que o conteúdo é a base sobre a qual cada plano bem-sucedido de marketing on-line deveria ser construído -- mas isso não torna a tarefa mais fácil.

Entender o que significa "o conteúdo é quem manda" é uma coisa. Saber como construir um processo bem-sucedido de marketing de conteúdo? Bem, é uma coisa completamente diferente.

Aqui na 98toGo, nós devoramos o tônico do inbound marketing. Somos uma agência Parceira HubSpot dedicada desde quando nos ofereceram inicialmente essa oportunidade. Graças à abundância de recursos disponíveis no programa VAR da HubSpot, fomos capazes de construir um processo de marketing de conteúdo que resultou em muitos clientes satisfeitos e isso nos ajudou a tornarmo-nos uma agência VAR Gold aqui na HubSpot.

Nessa publicação, ergueremos as cortinas e mostraremos a vocês nosso processo de conteúdo em detalhes. Portanto, pegue o seu tônico de inbound marketing preferido e aproveite.

Desenvolvimento de uma estratégia de palavras-chave

O primeiro passo para o processo de inbound marketing deve ser a pesquisa de palavras-chave. Quem não tem cão, caça com gato (sem querer ofender os cães). Em outras palavras, todos têm ferramentas e estratégias diferentes para executar a pesquisa de palavras-chave e nenhuma é melhor que a outra, apenas diferente.

A primeira coisa que gostamos de fazer aqui na 98toGo é perguntar aos clientes. Conversamos com os proprietários, representantes de vendas e representantes de atendimento ao cliente para descobrir primeiro que expressões de palavras-chave acham que possíveis clientes buscam ao procurar produtos ou serviços on-line de nosso cliente. Depois, descobrimos que tipos de perguntas esses possíveis clientes estão fazendo.

A seguir, pedimos ao cliente que crie uma lista de, digamos, 25 palavras-chave. O próximo passo é fazer algumas investigações por conta própria. O primeiro lugar aonde vamos é o Google Keyword Planner (antigo Keyword Tool). Colamos a lista de palavras-chave na ferramenta e deixamos que o Google gere mais ideias para palavras-chave.

Depois disso, avaliamos essa lista, escolhendo somente palavras-chave relevantes e fornecemos o contexto correto para alguém que pesquisa o que nossos clientes têm a oferecer.

Ao concluir esse passo, temos uma lista muito maior com a qual desenvolver nossa estratégia de conteúdo.

Encontrar palavras-chave para os frutos mais fáceis

O próximo passo é encontrar as palavras-chave para o "fruto mais fácil de colher". São termos que têm alto volume de buscas e são mais fáceis de chegarem à primeira página do motor de busca. Construir conteúdo ao redor desses tipos de palavras-chave permite a nossos clientes obter o retorno mais rápido possível sobre o investimento. É aqui que uma ferramenta como o HubSpot Keyword se torna útil.

Essa ferramenta fornece alguns dados incríveis para tornar extremamente simples a localização dessas palavras-chave mais fáceis.  Vamos dar uma olhada.

HubSpot-Palavras_chave

Como você pode ver, a HubSpot Keyword Tool dá as informações exatas que procuramos: o nível mensal de buscas e a dificuldade de classificação de cada palavra-chave na nossa lista. Gostamos de manter a dificuldade abaixo de 35, mas você pode usar as próprias métricas -- será diferente para todos.

Outras métricas que analisamos são a posição atual na classificação para cada palavra-chave, o número de acessos ao site gerado por cada palavra-chave e o número de oportunidades geradas por cada palavra-chave.

Para uma análise mais fácil, gostamos de baixar todos os dados da ferramenta em uma planilha do Excel e codificar por cores as palavras-chave que se ajustam às nossas diretrizes de frutos mais fáceis de colher. As palavras-chave que têm os sinais mais positivos compõem nossa lista final de palavras-chave direcionadas.

Você deve usar esta pesquisa como ponto de partida para discussões temáticas -- se as pessoas procuram certos tipos de conteúdo, você deve criar conteúdo ao redor disso, certo? A maioria das pessoas não será capaz de lidar com cada palavra-chave na lista; isso exigiria conteúdo demais e a largura de banda pode não ser compatível. Mas selecione os tópicos mais importantes a partir dessa pesquisa sobre palavras-chave que suportem uma frequência que você pode sustentar.

Portanto, agora você tem uma lista de palavras-chave que usará como alvo para os próximos seis meses de conteúdo de blog. Contudo, surge a pergunta: Quem escreverá esse conteúdo?

Desenvolver títulos e tópicos

Depois que combinamos os escritores com as necessidades de conteúdo dos clientes, é hora de pensar nos títulos e pedir o conteúdo.

Antes de aparecer com ideias de títulos, é importante entender quais os tipos de títulos ou manchetes que direcionam a maior parte dos cliques. O título do conteúdo é a primeira e possivelmente a última oportunidade de que alguém clique na sua publicação, leia o conteúdo e compartilhe o que você escreveu. Percebemos que títulos que, em essência, são instruções combinam muito bem com títulos que têm números -- por exemplo, "5 dicas para..." e "7 estratégias excelentes para..." são ideais.

Ferramentas para discussão

Exstem diversas ferramentas ótimas que usamos para ajudar a pensar em ideias para títulos.  Queremos saber sobre as últimas tendências do setor. Sobre o que as pessoas estão falando?

Eis alguns ótimos lugares para encontrar esse tipo de informações:

  • Alltop - é um site que agrega todas as histórias mais recentes dos melhores sites e blogues que cobrem uma ampla variedade de tópicos. O Alltop não só ajuda a encontrar o que está sendo comentado, ele também ajuda a encontrar alguns recursos excelentes para seguir notícias relacionadas a um tópico específico.
  • Social Mention - essa ferramenta de busca e análise de mídia social agrega todo o conteúdo sobre qualquer tópico no cenário de mídia social da web em tempo real, incluindo Twitter, Facebook, Google+, sites Q&A e muito mais.
  • Google Suggest e Ubersuggest - o Google Suggest é uma ótima ferramenta para localizar ideias de palavras-chave duradouras de consultas reais de usuários. Essas palavras-chave podem não exibir muitos dados de busca, mas, se surgirem no Google Suggest, saberemos que pessoas as estão procurando. O Ubersuggest é uma ferramenta de palavras-chave que extrai resultados do Google Suggest, de modo que você não precisa passar manualmente por cada letra do alfabeto.

Ao pesquisar nossas palavras-chave direcionadas usando as ferramentas acima, ganhamos uma percepção excelente do que se comenta, quem são os influenciadores e quais blogues seguir -- tudo o que pode nos ajudar a chegar a alguns títulos ótimos. Também gostamos de examinar os resultados de títulos de artigos para encontrar tendências ou artigos interessantes que poderíamos desenvolver. É importante notar que nós nunca simplesmente copiamos os títulos que encontramos na ferramenta de sugestões. Eles se destinam somente a manter o fluxo e ajudar-nos a pensar em títulos melhores.

Foco na otimização de conteúdo

Agora, vamos ao passo final do nosso processo de marketing de conteúdo. Localizar as palavras-chave certas para direcionar e ter nosso time de escritores posicionados para a máquina de conteúdo de nossos clientes tem sido uma viagem árdua. As únicas coisas em que precisamos nos concentrar agora são a otimização do conteúdo e a publicação depois que o conteúdo retornar do escritor.

Temos uma lista de verificação de otimização com 27 pontos que percorremos para garantir que cada trecho do conteúdo que publicamos esteja bem otimizado para as palavras-chave direcionadas. Isso dá ao conteúdo a melhor oportunidade de se classificar nos motores de busca, direcionar o tráfego para o site dos clientes e fornecer conteúdo fácil de absorver. 

Quando o conteúdo estiver otimizado, ele estará pronto para a publicação e distribuição.

Então aí está. Descrevemos o processo exato que percorremos para cada cliente que compra os nossos serviços. Não é perfeito, e estamos ajustando e melhorando constantemente, mas a implementação desse processo dará a você uma base sólida para a continuidade do seu processo de criação de conteúdo.

Você consegue pensar em maneiras de melhorar qualquer parte do nosso processo? Adoraríamos ouvir suas sugestões. Deixe um comentário abaixo.

HubSpot Ebook 7 Coisas Uma Agencia

Originalmente publicado 04/03/2015 10:48:00, atualizado Fevereiro 01 2017

Temas:

SEO