dicas-para-melhorar-uma-landing-page

Você fez seu trabalho de geração de conteúdo todo certinho, em um post de blog, por exemplo. Pesquisou as palavras-chave, usou títulos e subtítulos, blocos de textos em tamanho adequado, colocou imagens interessantes, otimizou o SEO e está fazendo uma oferta superbacana para os visitantes da página, que efetivamente estão sendo direcionados para sua landing page.

Agora, que tal umas dicas para melhorar uma landing page e aumentar suas conversões? Ok, você já atraiu o público, mas é preciso transformá-lo em leads ou vender!

Vamos abordar neste post 3 fatores que melhoram uma landing page e sua conversão:

  1.  Elementos de confiança
  2.  Elementos “above the fold”
  3.  Call to Action

Para cada um deles, vamos apresentar dicas para melhorar uma landing page, sempre pensando em como aumentar as conversões.

21 dicas para melhorar uma landing page

Na hora de criar uma página de conversão você sempre deve ter em mente a experiência do usuário, para que ele se sinta confortável em navegar por ali e consiga realizar suas ações sem entraves ou demoras. Por isso, ao empregar estas orientações para melhorar uma landing page, não deixe de lado as boas práticas de UX.

Dicas para landing page: elementos de confiança

Um dos fatores que mais afetam a conversão é o receio de alguns usuários de que aquela oferta não seja de qualidade, que o site tenha problemas de segurança, ou que vá usar de forma indevida seus dados. Para evitar isso, use alguns destes elementos de segurança:

  1.    Selos de segurança nas transações, como Site Seguro ou Norton.
  2.    Avaliações do produto ou oferta (links para sites como TripAdvisor também valem).
  3.    Mostre provas sociais de que o site é admirado nas redes sociais.
  4.    Depoimentos de clientes satisfeitos, com fotos e nomes.
  5.    Repercussões positivas sobre a empresa na mídia, jornais e blogs.
  6.    Principalmente para empresas B2B, uma lista com grandes clientes conhecidos,      marcas de referência no mercado, com seus logos, se possível.
  7.    Dados relevantes sobre a empresa, como grande número de clientes, de usuários,  cobertura geográfica etc.
  8.    Exibir um portfólio de cases de sucesso e projetos bem sucedidos.
  9.    Identificar quem está “por trás da empresa”, um CEO competente ou investidores de  renome.
  10. Contatos telefônicos, endereços e demais formas de achar a empresa devem ser bem claros e evidentes.

Dicas para landing page: elementos “Above the Fold”

Assim que o usuário “pousar” em sua landing page é muito importante que todas as informações relevantes sejam visualizadas de uma vez, sem que ele tenha que usar a barra de rolagem.

Em outras palavras, uma boa dica para melhorar uma landing page é manter as informações a seguir “above the fold”:

  1.    Headline: a chamada principal que identifica a oferta e a explica claramente com  poucas palavras.
  2.    Subtítulo: uma frase um pouco maior, apresentando diferenciais e vantagens da    oferta.
  3.    Formulário: para coletar os dados e transformar o visitante em lead. Sempre que  possível com poucos campos, nome, e-mail e telefone, por exemplo.
  4.    Call to Action: o CTA é o botão que confirma a vontade do usuário de adquirir a  oferta e deve ser chamativo, usar verbos no imperativo e passar senso de urgência.
  5.    Vídeo explicativo: um vídeo curto que demonstra todas as vantagens da oferta pode  ser bastante útil neste momento de conversão.
  6.   Provas sociais: não só para o usuário ter mais confiança na oferta, mas com a  possibilidade de compartilhar também em seus perfis nas mídias sociais.

Talvez nem todos esses elementos caibam “above the fold”, ou você considere outros mais importantes. Mas tenha em mente que não poderá deixar informações relevantes ficarem fora desta área.

Dicas para landing page: Call to Action

Vamos combinar que você precisa caprichar neste elemento. Porque se tudo der certo, mas o visitante não clicar no botão de call to action, na verdade nada deu certo...

As recomendações para melhorar uma landing page com um bom call to action são estas:

  1.    Senso de urgência: agora, não perca, aproveite, usufrua imediatamente... O usuário  tem que perceber que se não agir logo vai perder uma grande oportunidade.
  2.    Benefício: o visitante da página tem que ser seduzido pelo benefício que está  explícito no botão call to action, por exemplo: quero aprender mais agora!
  3.    Próximo passo: uma outra tática usada é deixar bem claro o que vai acontecer  depois de clicar no botão: receber um e-mail, baixar um e-book, ser direcionado para  um vídeo? Não deixe o usuário perdido!
  4.    Cores: sim, sempre chamativas! E contrastantes com o fundo. Não precisa ser um  carnaval. Uma saída é fazer seu teste A/B para decidir qual a melhor cor para este call  to action especificamente.
  5.    Posicionamento na landing: um call to action costuma estar sempre no topo (”above  the fold”), mas nada impede de você colocar outros ao longo da landing, inclusive  direcionando para outras ofertas e outros momentos da jornada de compra do usuário.  E varie também as frases e as cores.

Estas foram algumas dicas para melhorar uma landing page e gerar mais conversões. Uma landing page pesada e que demora para carregar também pode ser um problema. Confira: Como reduzir o peso da página em seu website.

Este post foi escrito pelos nossos parceiros da We do Logos, o maior site de concorrência criativa da América Latina. Através do site você pode solucionar qualquer demanda de design, como criação de logos online, por exemplo, ou até mesmo desenvolvimento do nome da sua empresa. 

Como-usar-landing-pages

Originalmente publicado 21/01/2016 08:47:06, atualizado Dezembro 05 2017