Tendencia digitais

Mesmo que não e fácil prever o futuro, sempre é interessante analisar as tendências digitais. Em 2015, no espaço de marketing digital, tudo gira em torno do cliente e dos usuários. Para os mais avançados, o objetivo será de prever suas necessidades e entregar conteúdo e produtos de valor e no tempo, lugar e plataforma certa.

Em termos de estratégia, as empresas começarão a usar ferramentas mais sofisticadas para consolidar as várias peças de uma campanha digital como website, ecommerce, redes sociais, conteúdo, SEO e vendas, a fim de construir um sistema integrado e eficiente que seja capaz de atrair clientes, aumentar as vendas e gerar evangelistas para sua marca.

Estas são algumas das tendências e previsões que veremos no próximo ano:

1) As marcas serão fontes de conteúdo valioso

Os consumidores são inteligentes. Uma das três principais razões pelas quais as pessoas seguem diferentes marcas ou produtos em redes sociais é por causa de algum conteúdo interessante. As estratégias tradicionais de marketing óbvias e intrusivas já não dão resultados. Os clientes querem produtos e serviços que darão valor, e não é suficiente promover o seu produto, os usuários querem marcas capazes de contar sua própria história e cumprir a sua proposta de valor.

Previsão: As marcas investirão em equipes de conteúdo focadas em melhorar a experiência do usuário.

2) Os motores de busca serão mais rigorosos em seu ranking de resultados

Com o aumento explosivo de conteúdo na internet, os motores de busca começarão a ser mais rigoroso em seus critérios de classificação. Os motores de busca, como o Google, valorizam acima de tudo que os usuários obtenham a melhor experiência e o melhor conteúdo ao realizar uma pesquisa. É por isso que começamos a ver exigências mais rigorosas como: que o conteúdo da sua página seja “mobile friendly”, que o conteúdo oferecido seja de qualidade e relevante e que as descrições e imagens estejam otimizadas.

Previsão: Haverá um crescimento explosivo no conteúdo “barulhento” (de baixo valor), por isso os motores de busca reagirão com mais exigências.

3) As marcas inteligentes optarão por um modelo de “qualidade antes de quantidade”

Quando se trata de conteúdo, as empresas terão uma abordagem do tipo "menos é mais". As mais estratégicas farão um investimento significativo em tempo e equipamentos para desenvolver conteúdo de qualidade. Vamos começar a ver investigações profundas, visualizações atrativas e até mesmo vídeos para melhorar a experiência do usuário.

Previsão: As marcas que diminuem sua quantidade de informação em posts de melhor qualidade verão um aumento no intercâmbio de seus conteúdos.

4) A Personalização será cada vez mais importante

Geralmente, quanto mais relevante for uma mensagem para você, haverão mais probabilidades de que você se sinta atraído por ela. Os e-mails personalizados aumentam os clicks em 14% e a conversão em 10%. Os consumidores ficam cada vez mais frustrados quando aparece uma mensagem que eles sentem que não têm nada a ver com eles, por isso é fundamental personalizar as mensagens.

Previsão: O marketing um-a-um aumentará consideravelmente à medida que as estratégias de personalização forem adaptadas.

5) Aumentará o micro targeting e a hipersegmentação

A cada dia, mais pessoas interagem na internet e entregam mais dados sobre eles e seus comportamentos. Assim, plataformas como o Facebook e Twitter são grandes fontes de informações sobre seus usuários. Os anúncios segmentados são, em média, duas vezes mais eficazes do que os não segmentados. Graças a isso, essas plataformas permitem que você faça segmentações cada vez mais específicas, incentivando a hipersegmentação.

Previsão: As formas para segmentar aumentarão, e o tamanho do público será cada vez menor em 2015.

6) O custo do PPC será maior

O investimento global em publicidade na internet aumentou em 10% a cada ano, entretanto há regiões como Estados Unidos, Europa e América Latina onde foram quase 30%. Embora os custos de PPC variem significativamente por região, campanha e objetivos, o fato é que à medida que mais empresas aumentarem seu investimento digital, será cada vez mais caro obter os mesmos resultados.

Previsão: Em resposta aos altos custos de PPC, as empresas buscarão alternativas  para melhorar sua classificação de maneira orgânica como SEO, inbound marketing e conteúdos.

7) Um aumento importante no uso de ferramentas e software de marketing

Com o objetivo de integrar e acompanhar todas as peças e plataformas de uma campanha digital em um único lugar, as empresas aumentarão seus investimentos em software e ferramentas de marketing. Estamos neste momento realizando uma pesquisa sobre o assunto, não terminamos de agregar os resultados mas já podemos ver isso realmente está acontecendo.

Previsão: A receita da indústria de automação de marketing crescerá cerca de 60%.

8) A integração de automatização nos processos de venda

A automatização dos processos de marketing levou ao conceito de Sales Automation, uma estratégia que busca integrar o CRM com os esforços de marketing, a fim de automatizar os processos de vendas e eliminar as tarefas manuais para os vendedores.

Previsão: Os processos manuais nos processos de vendas serão esquecidos. Haverá uma proliferação significativa de ferramentas, softwares e plug-in que permitirão a automatização de todos estes processos como mandar e-mails ou atualizar dados.

9) O uso de Marketing Analytics (análise) será cada dia mais comum

A disponibilidade de dados e medição de campanhas nunca foi tão fácil de obter como neste momento. Os softwares integrados de inbound marketing permitirão que as equipes de marketing façam um seguimento completo a cada interação do usuário com as plataformas digitais.

Previsão: Espera-se que o investimento em marketing analytics aumente em torno de 60%, e os departamentos de marketing terão uma orientação cada vez mais analítica.

10) Veremos uma revolução nas telas

A empresa Cisco prevê que até 2020 haverá 50 bilhões de dispositivos conectados à Internet. Isto é mais do que 7 vezes a população da Terra. As pessoas podem estar usando seu computador para trabalhar ao mesmo tempo em que conferem as redes sociais em seus telefones e utilizam um tablet para fazer compras.

Previsão: As estratégias de marketing terão uma estratégia multicanal e haverá cada vez mais ferramentas para otimizar o marketing para cada tela.

11) Um enfoque especial nos dispositivos móveis

É oficial, as pessoas passam mais tempo a fazer as suas compras através de dispositivos móveis do que em um computador. Em 2014, 55% do tempo gasto em compras online foram feitas através de um dispositivo móvel e Morgan Stanley prevê que em 2015 a web móvel será maior do que para computadores.

Previsão: espera-se que o uso de dispositivos móveis continue a aumentar em 2015, liderada por smartphones, tablets e os famosos “wearables” do tipo Google Glass.

12) Os elementos visuais mais complexos trarão maior retorno

Não é suficiente ter uma imagem de qualidade. Itens com infográficos, mapas ou mesmo livros digitais geram muito mais comentários, alcance e conversões do que uma foto tradicional.

Previsão: As ferramentas de design serão muito mais populares e as redes sociais serão os veículos para compartilhar estas imagens.

13) O uso e adoção maior dos vídeos

Só no Facebook são mais de um bilhão de vídeos por dia (e 65% são através de dispositivos móveis). O Uso e produção de vídeos têm crescido exponencialmente nos últimos anos e as empresas estão começando a ver os resultados. Por exemplo, os vídeos em sites de e-commerce aumentam o tamanho dos carrinhos em 174%!

Previsão: As Empresas começarão a procurar parceiros estratégicos (como fez Lacoste com Zack King) para produzir vídeos cada vez mais originais e de qualidade.

14) Maior presença de executivos em redes sociais

Existem estudos que demonstram que as pessoas confiam mais nas marcas cujo CEO são mais atrativos nas redes sociais. Na verdade, o Twitter promoveu uma empresa com a hashtag #TweetsFromTheTop, onde altos executivos compartilham práticas sobre como contribuir para as redes sociais.

Previsão: Cada vez mais, os executivos terão uma presença ativa nas redes sociais em 2015, dando um rosto mais humano, confiável e transparente às marcas.

15) Haverá uma redefinição do marketing em tempo real

As empresas não só procuram responder em tempo hábil as perguntas e comentários de seus visitantes, mas tentam prever suas necessidades e dar uma resposta a elas antes que elas façam o pedido. Desta forma, está agradando os usuários, a fim de que eles sejam futuros promotores de sua marca.

Previsão: haverá um aumento significativo no uso de ferramentas de previsão que agregam as informações do usuário para melhorar sua experiência.

Quais são as suas previsões para 2015? Convido-lhe a comentar quais você acha que são relevantes e sugerir novas.

Nova chamada à ação

Originalmente publicado 29/12/2014 10:00:00, atualizado Fevereiro 01 2017

Temas:

Marketing Digital