Marketing para profissionais

22 Novembro 2016 // 12:14

Como usar o marketing digital para transformar o seu negócio

Escrito por | @

IbJK5etSN6dH6jAF4U0U_DSC_0280-1-192084-edited.jpgA sua empresa está totalmente integrada à era digital? Sua equipe está envolvida com transformação digital e faz algo além de atualizar seu site a cada 6 meses? Para muitas empresas, a incapacidade de se adaptar à nova tecnologia significa ficar para trás e perder o negócio. Se seus prospects e clientes estão pesquisando e comprando on-line, por que você não está vendendo para eles pelos canais digitais?

Pergunte a qualquer jovem sobre a Kodak e ele vai ter dificuldade em dizer o que ela faz. Para muitos de nós, entretanto, a Kodak foi uma marca muito conhecida e ex-líder no ramo de filme analógico. A Kodak não apenas perdeu o barco com o advento da tecnologia digital como também teve uma enorme dificuldade em compreender como os consumidores queriam se envolver, interagir com suas fotos e as tecnologias envolvidas. Como resultado disso, a Kodak declarou falência em 2012.

Para empresas como a Kodak, se quiserem permanecer no negócio, elas serão forçadas a adotar medidas desesperadas de corte de custos começando com demissões de funcionários. Muitas vezes, essas demissões começam nos centros de custo tradicionais, como recursos humanos e marketing. Durante o planejamento de demissões, a empresa examina os departamentos que são incapazes de provar o retorno sobre o investimento (ROI) e, de fato, representam custo na administração de uma empresa.

Quando o departamento de marketing é reduzido, nós, os profissionais de marketing, temos dificuldade de aceitar isso. Afinal de contas, o marketing sempre foi responsável por colocar o produto no mercado. A realidade para a maioria dos departamentos de marketing é que eles têm uma longa lista de estratégias complexas, influenciadas por uma mistura de partes interessadas dentro e fora da empresa. Estamos sobrecarregados com uma série de funções de negócio, como o aumento da consciência de marca, adoção de produto e criação de pipeline, tudo isso resultando em mais projetos do que podemos de fato lidar. Com tudo isso, provar o ROI acaba ficando em segundo plano.

Mas como você sabe o que funciona para a sua empresa se não consegue medir a eficácia das suas campanhas de marketing?

Vamos comparar esta situação com o departamento de vendas, que opera sob um constante senso de urgência, porque estão sempre trabalhando para atingir uma cota de vendas predeterminada. Este senso de urgência é agravado pelo fato de que a remuneração deles é vinculada a atender ou exceder essas cotas. Isto dá a eles um extraordinário sentido de foco em relação a medir seus resultados e revisar suas estratégias.

Não há nenhuma razão pela qual o marketing não possa trabalhar em direção a metas da mesma maneira que vendas faz.

Descubra como ajustar o foco get-distracted-prospects-to-focus.jpg

Para que o marketing seja capacitado como uma função, precisamos eliminar o ruído e a confusão que podem dificultar a concentração nos objetivos que mais importam; os que realmente impulsionam as vendas e provam o ROI. Em um nível alto, estes objetivos devem abordar o topo do funil (TOFU), o meio do funil (MOFU) e a parte inferior do funil (BOFU):

  • TOFU -- se você precisa aumentar o tráfego para seu site, utilize táticas como blog, otimização do mecanismo de pesquisa (SEO) e mídias sociais
  • MOFU -- embora os blogs consigam trazer visitantes ao seu website, eles não ajudam a qualificar prospects ou fechar uma venda. Para transformar os visitantes em leads, táticas de MOFU como ofertas de e-book e webinars ajudarão você a chegar lá
  • BOFU -- assim que um lead chega à parte inferior do funil, ele está pronto para comprar e a única pergunta é de quem ele irá comprar. Este é o momento ideal para os profissionais de marketing adicionarem oportunidades mais qualificadas ao pipeline de vendas usando táticas como lead nurturing através de e-mail marketing e estudos de caso

Quando estes objetivos forem prioritários, o departamento de marketing poderá elaborar uma estratégia que os transforme de um centro de custo em um centro de lucro, plenamente capaz de explicar os resultados e o impacto sobre o crescimento da empresa.

Definir metas de marketing inteligentes (SMART) 

Para fazer tudo isso, primeiro precisamos desenvolver metas mensuráveis que permitem mudanças de estratégia e revisões ao longo do caminho. Metas mensuráveis também nos ajudam a provar nossa eficácia e aprimorar os processos.

No entanto, as metas serão inúteis se não forem realistas. Por isso, é fundamental definir metas inteligentes. Veja como você pode fazer isso:

  • Específico -- defina números reais com prazos reais
  • Mensurável -- tenha certeza de que você consegue controlar suas metas
  • Atingível -- trabalhe em direção a uma meta que seja difícil, mas atingível
  • Realista -- seja honesto consigo mesmo, incluindo o que sua equipe pode ou não fazer Enfrente os desafios que surgirem
  • Temporal -- dê-se um prazo. "Um dia" não é específico o suficiente

Se você está ansioso para aprender mais sobre marketing digital e como construir uma estratégia de marketing digital verdadeiramente eficaz para a sua empresa, confira o Guia simples de estratégia digital em 2016.

checklist-inbound

Subscribe to HubSpot's Marketing Blog

Get the latest articles straight to your inbox.
Enter your email address below:

    Tópicos: Inbound Marketing

    Assinar

    3 Comentários

    Desculpe, mas fechamos os comentários em posts mais antigos, mas ainda queremos conversar com você. Tweet-nos @HubSpotBrasil para continuar a discussão.

    3 Comentários
    X

    Junte-se a 75.000 profissionais de marketing e vendas.

    Obtenha dicas de especialistas diretamente na sua caixa de entrada, e se torne um profissional melhor.