Marketing para profissionais

30 Dezembro 2016 // 05:01

[ATUALIZAÇÃO] Doze exemplos de landing pages que você vai querer copiar

Escrito por | @

Landing Page Examples.png

As landing pages existem para uma coisa: fazer com que os visitantes de sites convertam para a próxima etapa na jornada de compra. Embora em teoria esse objetivo seja simples, na realidade, criar uma landing page de sucesso requer muito planejamento e teste criativo.

Não importa o que sua empresa venda ou a ação de conversão que você queira instigar: é muito útil se inspirar com exemplos de landing pages incríveis. Como não existe um jeito certo de fazer uma lading page, você pode conferir vários exemplos de setores diferentes para estágios distintos do processo de compra.

>> Baixe nosso guia sobre Landing Pages que convertem <<

Quer se inspirar? Confira os exemplos de excelentes landing pages abaixo.

Isenção de responsabilidade: Não tenho acesso às análises dessas landing pages, por isso não posso informar especificamente sua eficácia ao converter visitantes, contatos, leads e clientes. Entretanto, a maioria delas segue práticas recomendadas e implementa alguns experimentos novos que podem servir de ideia para suas landing pages. 

(Para se inspirar ainda mais, confira também estes 15 exemplos incríveis de landing pages).

Doze exemplos de design de landing page

1) Lyft

Adoramos a landing page da Lyft, porque eles ocultam sua principal motivação: ganhar dinheiro facilmente.

Também gostamos muito de saber que, além do formulário “Apply Now”, os motoristas podem digitar as cidade deles e o número de horas que poderiam trabalhar para a Lyft em uma semana, para calcular quanto receberiam. Quando os visitantes preenchem essas informações e clicam em “Calculate”, não são levados a uma nova página. Em vez disso, veem um valor em dólar seguido de um novo botão de call-to-action para “Apply Now” (que, quando clicado, leva os motoristas para o formulário).

Com esses dois caminhos de conversão, a empresa se direciona a dois tipos diferentes de pessoas: aquelas que estão prontas para tomar a decisão agora e aquelas que ainda precisam de mais informações para converter.

lyft-landing-page.png

2) The Professional Wingman

A ideia de ter um profissional para ajudar você a encontrar um namorado ou namorada e uma relação relevante já é bastante interessante. Mas muitas dúvidas surgem no momento de contratar um profissional desses. Como vai funcionar? Quanto custa? Ele vai me ajudar mesmo?

É por isso que adoramos essa landing page de Thomas Edwards, um Professional Wingman. Ela realça exatamente o você vai conseguir com uma sessão gratuita de orientação. Além disso, graças a um botão de call-to-action colorido acima da dobra, fica muito claro que essa sessão é gratuita.

Depois de clicar no botão, você não é levado a uma nova página. Em vez disso, um formulário intersticial é exibido logo ali. Embora ele pergunte muitas informações (algumas delas bastante pessoais), também envia a mensagem de que o Professional Wingman vai levar tudo muito a sério, desde que você também o faça.

professional wingman.gif

3) Muck Rack

O design desta landing page tem tudo. Ele é visualmente atraente e interativo, oferece cabeçalhos verificáveis, mas descritivos sobre os serviços da Muck Rack e usa testemunhos de profissionais do mercado como prova social. Além disso, a página é intuitiva e fácil de navegar.

O mais legal dessa landing page é que ela é atraente para os dois públicos da Muck Rack. A parte superior da página é dividida em duas, mostrando os dois serviços diferentes lado a lado. Quando o visitante passa o mouse sobre as CTAs “find journalists” ou “build free portfolio”, um formulário muito simples é exibido. Isso é importante, assim ele não se distrai da tarefa que precisa realizar.

muckrack.gif

4) Cigital

Algumas coisas fazem com que a landing page da Cigital funcione bem. Ela tem imagens simples e relevantes. O título é simples e a descrição do ebook informa aos leitores sobre o valor específico obtido com o download dele. Existe apenas uma call-to-action - “READ THE EBOOK” -, que se destaca na página graças a um botão de CTA amarelo.

A única coisa que mudaríamos nessa landing page é a barra de navegação superior, que poderia ser removida. Ela tende a distrair os visitantes da ação pretendida. Essa é uma prática recomendada de design de landing page. Além disso, realizamos testes A/B que mostraram que a remoção de links de navegação das landing pages aumenta as taxas de conversão.

Cigital.gif

5) Khan Academy

A parte mais difícil de usar uma homepage como landing page é que você precisa atender tipos diferentes de públicos. Mas a homepage da Khan Academy faz isso muito bem. Essa página é claramente projetada para os três tipos diferentes de visitantes: aqueles que querem aprender algo, os que querem ensinar e os pais que têm interesse em usar a Khan Academy para seus filhos. Além disso, o texto “You can learn anything” (Você pode aprender qualquer coisa), na parte superior, é muito motivacional. 

O restante da página foi feito para visitantes que não conhecem a fundo a Khan Academy. Além de ser fácil de encontrar e compreender, a página é colorida e apresenta os principais benefícios de usar a plataforma de aprendizagem. Existe ainda uma CTA recorrente: "Start learning now" (Comece a aprender agora). Quando os visitantes consideram que têm informações suficientes, podem clicar na CTA para serem levados ao formulário na parte superior da tela, sem precisar rolar.

khan academy.gif

6) Club W

A sua landing page pode ter um pouquinho de imitação. Adoramos o aviso divertido (“Dica: é vinho”) que o Club W incluiu abaixo do cabeçalho da landing page de presentes corporativos. Ele humaniza a marca e faz com que as pessoas gostem dela, o que causa um impacto positivo sobre a taxa de conversão.

As imagens abaixo do cabeçalho usam muito bem o espaço negativo, mostrando ao usuário exatamente o que a pessoa que vai presentear vai receber, caso ele escolha um presente do Club W. Evidentemente, eles ainda incluíram uma call-to-action notável, “E-mail us”.

O que mudaríamos? A CTA solicita o software de e-mail do usuário para abrir, o que retira totalmente o tráfego do site e do navegador. Aqui, talvez um formulário fosse mais eficiente, pois assim o Club W poderia determinar as informações que quer receber do cliente e mantê-lo no site.

club w.gif

7) Codecademy

Gosto desta página porque ela é simples tanto no texto quanto no design. A imagem acima da dobra é uma tela de computador mostrando um colchete de HTML com um cursor piscando, ou seja, um elemento visual claro e atraente para acompanhar o formulário à direita.

O formulário é simples e só requer um endereço de e-mail, nome de usuário, senha e uma validação de que você não é um robô para criar uma conta. Você também pode usar seu login do Facebook ou Google Plus, que reduz ainda mais o caminho de conversão.

Para visitantes que precisem de mais informações antes de criar uma conta, a landing page oferece ainda um vídeo abaixo da dobra, que explica o conceito e o valor da marca com uma história real de sucesso. Novamente, isso torna o mundo intimidador da programação mais acessível para os iniciantes.

Aqueles que precisam de ainda mais dados, podem continuar rolando a página para ver testemunhos e outras formas de prova social.

codecademy.gif

8) Poached

Acredito que estamos ficando cada dia mais obcecados por comida. A Poached transformou isso em um modelo B2B com uma plataforma para conectar proprietários e talentos culinários.

Quando você visita a homepage, não há mistérios sobre o que você foi fazer ali: as calls-to-action gigantescas “Post a job” e “Choose a city” dão o recado exato. Depois que você clica nelas, é levado a um formulário direto para se tornar um membro ou fazer login, ou a uma lista de empregos em cada cidade. Ela é colorida e abrangente, além de deixar a gente morrendo de fome.

poached.gif 

9) Breather

Este é outro exemplo de uma landing page inteligente e interessante. Assim que você entra na Breather.com, vê logo uma call-to-action instantânea: você deve indicar onde quer encontrar um local. Depois, ela usa serviços de localização para descobrir onde você está e oferecer opções por perto na mesma hora.

Adoramos a forma como a Breather usou um texto simples e direto para que o visitante soubesse o que a empresa faz, seguido imediatamente pela CTA para escolher uma cidade. Se você precisar rolar a página para baixo para encontrar mais informações, poderá ver que a Breather brincou com a microcópia com personalidade (“sem compromissos, jamais”), lembrando que existem seres humanos reais por trás do design. Isso nos aproxima mais da marca. O espaço negativo e o esquema de cores suave também estão alinhados com o produto, que essencialmente é lugar para respirar.

breather.gif

10) Startup Institute

Os visitantes do seu site não vão fornecer informações pessoais sem saber o que receberão em troca. Na sua landing page, o Startup Institute deixa muito claro o que ocorre depois que você se inscreve, colocando perguntas e respostas bem ao lado do formulário. Algumas pessoas chegam a pensar: “Eles leram meus pensamentos”.

Para evitar a hesitação no preenchimento de formulários, use sua landing page para definir logo as expectativas. Assim tudo fica mais claro e você se livra das pessoas que não levam a sério seu produto, conteúdo ou serviço.

Startup Institute.gif

11) Edupath

Quem é o público-alvo da sua landing page? Embora a maior parte do conteúdo da Edupath seja direcionada a estudantes, algumas seções são dedicadas a pais, para ajudá-los a orientar seus filhos adolescentes com a preparação para a universidade. A landing page fica abaixo de uma dessas seções.

Quando os pais preenchem os nomes dos filhos, seus endereços de e-mail e celulares, os alunos recebem na hora um link para baixar o app Edupath. O pessoal da Edupath sabe que os alunos tendem a fazer algo se seus pais pedirem, especialmente se isso significar não ficar sem seus telefones.

Além disso, esse processo é fácil e requer apenas um clique. Todo o caminho de conversão é muito inteligente e representa uma maneira de inserir os apps nos telefones dos adolescentes através de seus pais.

edupath.gif

12) Taster's Club

Se tem algo que apreciamos mais que um bom whiskey é uma homepage de um clube de whiskey que torna fácil entrar ou saber mais sobre a participação. O caso: O Taster’s Club mostra na hora essas duas CTAs em sua landing page, que por sua vez é a homepage também.

Se o usuário quiser saber mais, pode clicar na CTA para ter acesso a detalhes coloridos e cheios de imagens sobre o que está incluso na assinatura do Taster’s Club. Continue rolando a página e você vai ver os testemunhos.

Mas é ao clicar no botão “Join Now” que a diversão começa. Depois disso, você pode escolher o tipo de whiskey que prefere e ver as opções de assinatura ou presente disponíveis. Quando você acaba de escolher, é levado a uma página de checkout fácil de navegar para inserir as informações de pagamento. Design bom e facilidade de uso. Vamos brindar a isso. 

taster's club.gif

Quer mais inspiração de landing page?  Confira os exemplos favoritos de landing page da HubSpot.

Nota do editor: Este post foi publicado originalmente em julho de 2014 e foi atualizado para aumentar a precisão e a abrangência e traduzido para português.

hubspot-wedologos-landing-page

  como criar landing pages para conversão

Tópicos: Inbound Marketing Landing Pages

Assinar

2 Comentários

Desculpe, mas fechamos os comentários em posts mais antigos, mas ainda queremos conversar com você. Tweet-nos @HubSpotBrasil para continuar a discussão.

2 Comentários
X

Junte-se a 75.000 profissionais de marketing e vendas.

Obtenha dicas de especialistas diretamente na sua caixa de entrada, e se torne um profissional melhor.